Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Garasone - Colírio

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípios ativos : Fosfato Dissódico de Betametasona e Sulfato de Gentamicina.

Classe terapêutica : Antibióticos Tópicos Oral e Colírios Antibióticos

Apresentação : Cada ml de GARASONE Solução Oto/Oftlmica contém sulfato de gentamicina (equivalente a 3 mg de gentamicina) e fosfato dissódico de betametasona (equivalente a 1 mg de betametasona).

Excipientes: cloreto de benzalcnio, metabissulfito de sódio, fosfato de sódio monobásico, fosfato de sódio dibásico, citrato de sódio, borato de sódio, EDTA dissódico, cloreto de sódio, água para injetíveis.
Frasco com 10 ml.

Indicação : GARASONE Solução Oto/Oftlmica é indicado para o tratamento de inflamação ocular, quando necessário o uso concomitante de um agente antimicrobiano.
GARASONE também é indicado no tratamento de lesões do conduto auditivo externo, como otite externa aguda ou crônica, dermatite eczematosa, dermatite seborrica e dermatite por contato com infecção secundária produzida por microorganismos sensíveis gentamicina.

Efeito Colateral :

As preparações oto/oftlmicas podem produzir ardor temporrio após a aplicação .
Os efeitos adversos relatados com o uso de corticosteróides oftálmicos incluem: aumento da pressão intra-ocular, glaucoma, dano infrequente do nervo ptico, alterações do campo e da acuidade visuais, formação de catarata subcapsular posterior, retardo na cicatrização de lesões; infecção ocular secundária causada por patégenos que incluem herpes simples; ampola filtrante posterior a cirurgia de catarata, uvete anterior aguda e perfuração do globo ocular. Ocasionalmente, podem ocorrer midrase, perda da acomodação e ptose, após o tratamento com corticosteróides. Pode ocorrer hipersensibilidade alérgica com o uso de antibióticos por via oftlmica. há relatos de casos de irritação ocular transitéria com a aplicação oftlmica de sulfato de gentamicina.

Precauções :

GARASONE Solução Oto/Oftlmica só deve ser usado topicamente. Não deve ser injetado por via subconjuntival ou aplicado diretamente dentro da cmara ocular.
Se a resposta clínica imediata não for obtida com o uso de GARASONE Solução Oto/Oftlmica, Deverá ser realizada nova avaliação.
Cultivo das Pólpebras e provas de sensibilidade patogênica poderão ser necessários se os sinais e sintomas persistirem ou retornarem após o tratamento recomendado.
Quando GARASONE Solução Oto/Oftlmica for aplicado no olho por 10 dias ou mais, a pressão intra-ocular Deverá ser monitorada, recomendando-se exame com lmpada de fenda e tonometria. Pacientes suscetíveis ao aumento da pressão intra-ocular, conseqente ao uso de corticosteróides tópicos, incluem os que possuem antecedentes familiares, os portadores de glaucoma do ângulo estreito, miopia de alto grau e diabetes.
Nas patologias que causam adelgaamento da crnea ou esclera, pode haver perfuração com o uso de corticosteróides tópicos, razo pela qual não é recomendável o tratamento inicial de úlceras da crnea de origem bacteriana, que podem ter como agente etiológico Pseudomona aeruginosa, com uma associação de antibiótico/antiinflamatório. prudente usar, no incio, apenas o agente antiinfeccioso. Se a infecção responder terapia antiinfecciosa, sugerir-se- então a adição de agente antiinflamatório para reduzir a reação fibrosa e cicatricial da crnea.
As preparações que contém corticosteróides devem ser usadas com extrema cautela no tratamento de herpes simples.
Deve-se considerar o potencial de toxicidade para o oitavo par craniano, durante o uso de GARASONE Solução Oto/Oftlmica no conduto auditivo externo.
No decurso das lesões purulentas, os corticosteróides poderão mascarar a infecção ou increment-las.
Estudos experimentais em animais tém demonstrado que pode ocorrer absorção sistémica com a gentamicina, em aplicação tópica no canal auditivo externo, uma vez que se tém detectado restos do fármaco no plasma e na urina depois de sua administração por esta via.
O uso tópico prolongado de antibióticos ou corticosteróides pode propiciar o desenvolvimento de microorganismos não sensíveis e de fungos. Caso isto ocorra, ou mesmo em presença de irritação ou hipersensibilidade a GARASONE Solução Oto/Oftlmica, deve-se descontinuar o seu uso e instituir terapia adequada.
Demonstrou-se reação alérgica cruzada entre aminoglicosdeos e corticosteróides. Para evitar contaminação e infecção cruzada, não se deve usar o mesmo frasco para o tratamento de infecções oftlmicas e otológicas. Pode ocorrer contaminação da solução se a ponta do conta-gotas tocar qualquer superfcie. O uso do mesmo frasco por mais de uma pessoa pode contribuir para a propagação da infecção.
GARASONE Solução Oto/Oftlmica contém sulfitos, os quais podem causar reações do tipo alérgico, incluindo sintomas anafilticos e episódios asmáticos potencialmente fatais, ou menos graves, em indivíduos sensíveis.
Uso durante gravidez e lactação
GARASONE Solução Oto/Oftlmica não deve ser usado em mulheres grávidas, a menos que o benefício potencial para a me justifique o risco para o feto.
Não se sabe se os componentes de GARASONE Solução Oto/Oftlmica são excretados no leite materno. A amamentação Deverá ser descontinuada quando o produto estiver sendo utilizado. Dever-se- ter cuidado quando GARASONE Solução Oto/Oftlmica for administrado para lactantes.
Uso pediátrico
A segurança e eficácia de GARASONE Solução Oto/Oftlmica em crianças menores de 8 anos de idade ainda não estáo estabelecidas.

Contra indicação :

GARASONE Solução Oftlmica está contra indicado em casos de ceratite epitelial causada por herpes simples (ceratite dendrtica), vacnia, varicela e afecções viráticas da crnea e conjuntiva, infecções fngicas ou microbacterianas dos olhos ou do ouvido, tracoma ou hipersensibilidade a quaisquer dos componentes de sua fórmula. É contra indicado o uso de combinações de corticosteróides/antibióticos após remoção de corpo estranho da crnea.
GARASONE Solução Oto/Oftlmica está contra indicado em pacientes com ausência ou perfuração das membranas timPónicas.
Como com todos os produtos oftálmicos que contém cloreto benzalcnio, os pacientes devem ser aconselhados a não utilizar lentes de contato flexveis durante o tratamento com GARASONE Solução Oto/Oftlmica.

Modo de Usar :

Uso oftálmico:
A posologia de GARASONE Solução Oto/Oftlmica deve ajustar-se s necessidades de cada caso e de acordo com a orientação médica. A duração do tratamento tópico Deverá variar de acordo com o tipo e a gravidade da lesão ocular. De um modo geral, recomenda-se aplicar 1 a 2 gotas de GARASONE Solução Oto/Oftlmica no fundo do saco conjuntival do olho afetado, 3 a 4 vezes por dia. Nos casos agudos, esta frequência poderá ser aumentada para até 2 gotas de hora em hora ou de 2 em 2 horas, reduzindo-se a dose to logo se obtenha o controle da afecção.
Uso otológico:
Limpe cuidadosamente o cerume e a descamação do conduto auditivo externo. A posologia inicial de GARASONE Solução Oto/Oftlmica de 3 a 4 gotas, 2 a 4 vezes por dia. O paciente Deverá deitar-se com o ouvido afetado para cima e permanecer nesta posição por alguns minutos após ter sido pingada a solução, a fim de assegurar a penetração da medicação no conduto auditivo. Reduzir a posologia gradativamente assim que houver resposta favorvel, e interromper o tratamento quando a cura for obtida.Pode-se introduzir uma mecha de algodão embebida com a solução no conduto auditivo. Esta mecha Deverá ser mantida mida, adicionando-se mais solução a cada 4 horas. A mecha Deverá ser trocada no mínimo a cada 24 horas.
Em casos crônicos oftálmicos ou otológicos, a retirada do medicamento deve ser realizada gradativamente (reduzindo-se a frequência da aplicação ).

Superdosagem :

O uso excessivo e prolongado de corticosteróides tópicos pode suprimir a função hiPófise/supra-renal, resultando em insuficiência crticossupra-renal secundária. Uma s superdose de gentamicina não Deverá produzir sintomas.
Tratamento
O tratamento adequado para a superdose sintomático. Os sintomas hipercorticóides agudos são reversíveis. Se necessário, deve-se restabelecer o equilíbrio eletrolítico. Em caso de toxicidade crônica, recomenda-se a supressão gradual da corticoterapia.
Apesar de apenas uma superdose com gentamicina não requerer tratamento, a depuração do fármaco pode ser efetuada por hemodilise ou dilise peritoneal, com o que cerca de 80% a 90% ser eliminado da circulação durante 12 horas (hemodilise). A dilise peritoneal parece ser menos eficaz.

Fabricante :

Indústria Química e Farmacêutica Schering-Plough S/A.

Rua Antônio das Chagas 1623
São Paulo Sp, 04714-002, Brasil

FONE: (11) 5188-5150
SAC SCHERING-PLOUGH: 0800 770 2477

Bazoton, Cedrin, Claritin, Clopixol, Coristina d, Coristina r, Daivonex, Diprogenta, Diprospan, Disofrol, Elocom, Episol fps 15, Fareston, Fluir, Furacin, Garasone, Gets it, Lioram, Nujol, Octelmin


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Emagrecimento e Aumento de Massa Muscular