Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Fosfoetanolamina - Bula

Não temos certeza dos efeitos benéficos da fosfoetanolamina, mais devido a grande procura estamos divulgando a bula desse medicamento.

Classe Terapêutica :

Formas de apresentação:

Indicações

Posologia: Liberada como suplemento alimentas pela Anvisa, pelo decreto lei nº 13.269, de 13 de abril de 2016, mediante a livre escolha de pacientes diagnosticados com neoplasia maligna, contanto que haja um laudo médico atestanto o diagnóstico e a assinatura de termo de consentimento e responsabilidade pelo paciente ou seu representante legal. (1)

Contra-indicações:

Efeitos colaterais:

Interações medicamentosas:

Precauções e cuidados:

Farmacocinética : Composto orgânico com presença natural em muitos mamíferos, que ajuda a formar uma classe especial de lipídeos, os esfingolipídeos, moléculas que participam da composição estrutural das membranas das células e das mitocôndrias. Trata-se de uma amina primária envolvida na biossíntese de lipídeos.

Segundo os Professores Gilberto Orivaldo Chierice, Salvador Claro Neto, Antônio José Reimer, Sandra Vasconcellos Al-Asfour, Renato Meneguelo e Marcos Vinicius de Almeida, a fosfoetanolamina capaz de marcar células tumorais, permitindo ao organismo humano detectar e combater estes tumores. Alegando ter a fosfoetanolamina, função antitumoral, ou seja, ação antiproliferativa, e estimula a apoptose. (2)

A Fosfoetanolamina foi estudada em ratos com leucemia e apresentou resultados satisfatórios. Estudos em humanos ainda estão sendo realizados para assegurar o uso da droga.(3)


Fonte :

1 - Diário oficial da união., Imprensa Nacional, edição de 14 de abril de 2016.

2 - Dhakshinamoorthy, Suganthagunthalam; Nha-Truc Dinh, Jeffrey Skolnick, Mark P. Styczynski. (2015). "Metabolomics identifies the intersection of phosphoethanolamine with menaquinone-triggered apoptosis in an in vitro model of leukemia" (em inglês). Molecular BioSystems 11 (9): 2406-2416.

3 - Ferreira, A K; B A A Santana-Lemos, E M. Rego, O. M. R Filho, G O Chierice, D A Maria. (2013). "Synthetic phosphoethanolamine has in vitro and in vivo anti-leukemia effects" (em inglês). British Journal of Cancer 109 (11): 2819-2828.

Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha o longe do alcance de crianças.

Manuseie o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.