Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Filinasma - bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípios ativos : Efedrina, Fenobarbital, Homatropina, Novatropina e Teofilina.

Classe terapêutica :Broncodilatadores

Apresentação : Embalagem com 100 comprimidos.

Indicação : Tratamento sintomático da asma brônquica, febre do feno, afecções pulmonares alérgicas.

Efeito Colateral :

têm sido relatados efeitos sobre o aparelho gastrintestinal, como anorexia, náuseas, vômitos e boca seca; efeitos sobre o sistema nervoso central, tais como, cefaleia, nervosismo, sonolência, vertigens e midrase; distúrbios do ritmo cardíaco; aumento da frequência respiratéria e urticária. Alguns pacientes podem desenvolver espasmo do esfncter vesical, o que poderá ocasionar dificuldade micção.

Precauções :

Algumas crianças podem ser anormalmente sensíveis a Filinasma. a administração de efedrina ou outras drogas simpaticomimáticas a pacientes que já estejam usando Filinasma, pode resultar em sinergismo txico. De acordo com a posologia recomendada, raramente ocorrer sonolência. Nesses casos, o paciente deve ser alertado para não dirigir veículos automotores ou operar maquinarias perigosas. A segurança de uso de Filinasma na gravidez não foi ainda estabelecida. Recomenda-se cautela quanto ao uso de Filinasma em pacientes com diabetes mellitus ou nefropatias. Usar cuidadosamente o produto em pacientes com hipertrofia prostática. a administração crônica de altas doses do produto pode ainda provocar irritação gastrintestinal. Atenção especial deve ser dispensada a pacientes com história de úlcera péptica, uma vez que tal condição poderá ser exacerbada pela ação do produto. Tendo em vista a presença de fenobarbital na fórmula, o paciente deve ser alertado sobre os efeitos aditivos de bebidas alcolicas ou de depressores do SNC. O fenobarbital estimula as enzimas do microssoma hepático e pode aumentar o metabolismo de algumas drogas, inclusive anticoagulantes. Interações Medicamentosas:: deve-se evitar o uso concomitante de drogas simpaticomimáticas, para evitar o sinergismo de ação com a efedrina. Deve-se evitar o uso simultâneo de bebidas alcolicas ou depressores do SNC para impedir potencialização do fenobarbital e o aparecimento de intensa sonolência.

Fórmula :

Cada comprimido contém: teofilina 100 mg;cloridrato de efedrina 30 mg; fenobarbital 30 mg; metilbrometo de homatropina 1 mg; excipientes: amido de milho, trietanolamina, povidone, estearato de magnésio.

Contra indicação :

Filinasma não deve ser administrado a pacientes com úlcera péptica ativa, uma vez que a teofilina pode aumentar o volume e a acidez da secreção gástrica. Pacientes com história de hipersensibilidade teofilina, efedrina ou fenobarbital não devem ser tratados com este medicamento. Filinasma não deve ser usado em pacientes com cardiopatia, hipertensão arterial, hipertireoidismo, porfiria e naqueles sob tratamento ou que tenham estado em tratamento até 10 dias antes, com inibidores da M.A.O. Não deve ser administrado a pacientes com glaucoma.

Modo de Usar :

Adultos: 1 comprimido cada 4 horas até 4 vezes ao dia. Crianças: doses proporcionalmente menores, conforme a idade e peso corPóreo. Superdosagem: cuidados gerais de suporte ao estado do paciente. Lavagem gástrica, se o intervalo entre a tomada do medicamento e o atendimento médico assim permitir.

Fabricante :

Monsanto do Brasil Ltda.

Av. Presidente Vargas, 2001
Sala 114
Ribeirão Preto - São Paulo

Andriodemo, Cronovera, Diclofen, Diltizem ap, Filinasma, Gino pletil, Gyno zalain, Hebrin, Helmiben nf, Herpex, Kabikinase, Maxaquin, Naxogin 500, Nitradisc, Olbetam, Quemicetina, Rehidrat 50, Sirben, Vodol pó, Vodol


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.