Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Ferrotúnico B12 - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : sulfato ferros

Apresentação : Caixa com 3 blisters de 10 drágeas. Caixa contendo frasco de vidro mbar com 100, 250 e 500 ml de solução oral.

Indicação : Profilaxia e tratamento de anemias ferroprivas desenvolvidas após grandes perdas sanguíneas, dieta inadequada, mé absorção, durante a gravidez e lactação.

Efeito Colateral :

As mais comuns são náuseas, vômitos e dores epigástricas que aparecem em um pequeno nmero de pacientes. reações mais graves podem incluir crises hemolticas perigosas, porêm estáo diretamente relacionadas com altas doses.

Precauções :

Recomenda-se ingerir o medicamento com o estômago vazio, porêm quando os pacientes apresentarem distúrbios gástricos intensos o médico pode ajustar a posologia e recomendar ingerir com o estômago cheio. é aconselhável ingerir o medicamento com água ou suco de frutas para evitar o aparecimento de manchas nos dentes. Durante o tratamento é normal o escurecimento das fezes, sendo este mais intenso nas gestantes. O uso em pacientes idosos (acima de 65 anos) requer prescrição e acompanhamento médico. Os pacientes devem ser orientados para evitar o uso de bebidas alcolicas durante o tratamento. - Interações Medicamentosas:: o uso concomitante de álcool, café e antiácidos contendo carbonatos ou trissilicato de magnésio pode diminuir a absorção do ferro devido à formação de complexos menos solveis ou até insolveis. O medicamento pode diminuir a absorção e o efeito terapêutico das tetraciclinas orais.

Fórmula :

Cada drágea contém: sulfato ferroso 400 mg;ácido ascórbico 100 mg; ácido fólico 2 mg; cianocobalamina (vit. B12) 25 mcg; mononitrato de tiamina (vit. B1) 4 mg; riboflavina (vit. B2) 1 mg; cloridrato de piridoxina (vit. B6) 1 mg; nicotinamida 10 mg; pantotenato de cálcio 2 mg; excipientes: amido de milho, manitol, povidona, estearato de magnésio, slica precipitada amorfa, gomas laca e arbica, talco, carbonato de cálcio, açúcar, gelatina, polietilenoglicol, dióxido de titânio, corante rosa, ceras de abelha e carnaba. Cada colher das de sobremesa (10 ml) contém: sulfato ferroso 260 mg; ascorbato de sódio 50 mg; cianocobalamina (vit. B12) 25 mcg; cloridrato de tiamina (vit. B1) 4 mg; riboflavina-5-fosfato (vit. B2) 1 mg; nicotinamida 10 mg; dexpantenol 1 mg; excipientes: metilparabeno, propilparabeno, sacarina sódica, álcool etlico, sorbitol, essências de laranja e tangerina, corante caramelo e água purificada.

Contra indicação :

Hemocromatose, hemossiderose, pancreatite crônica, cirrose hepática, tuberculose pulmonar ativa, hipervitaminoses do complexo B e hipersensibilidade a quaisquer dos componentes da fórmula.

Modo de Usar :

Para evitar os riscos de altas doses, a posologia adequada deve ser determinada pelo médico de acordo com a necessidade de cada paciente. As dose usuais recomendadas são: adultos: 1 drágea ou 1 colher das de sobremesa (10 ml) 2 vezes ao dia ou a critério médico. Crianças acima de 12 anos: 1 colher das de chá (5 ml) 2 vezes ao dia, ou a critério médico. Crianças menores de 12 anos: 1 colher das de chá (5 ml) 1 vez ao dia, ou a critério médico. Superdosagem: a ingestão acidental de altas doses pode ser fatal especialmente em crianças ou se não houver socorro rpido. O tratamento deve ser imediato com indução de vômito através de Administração de xarope de ipeca; se o indivíduo apresentar convulsões ou entrar em estado comatoso recomenda-se a lavagem intestinal usando bicarbonato de sódio.

Fabricante :

Fabricante : Neo Química Comércio e Indústria Ltda.

Rua Rangel Pestana, 1171 - Sapiranga,
Fortaleza, CE - CEP: 60833-012

Medicamentos do mesmo fabricante :

Asmapen, Ateneo, Atenoric, Boldopeptan, Bontoss, Butazil, Digesprid, Doralgina, Doxiciclina, Ductopan, Estomagel, Eucaliptol, Ferrotonico b12, Fungimax, Gerivix, Glipizida, Gonol, Histamin, Ibufran, Magnostase, Massageol, Metformina, Mucocistein, Neoflogin, Neossolvan, Neosulida, Neotoss, Neotrin, Neovermin, Nifedipina, Ouvidonal, Quadrilon, Resfry, Rifamp, Sulfiram, Ulcinax, Verapamil


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Curso Master O Cara da Foto