Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Favint - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Tiotrpio sob a forma de brometo, monohidratado.

Apresentação : 18 microgramas, Pó para inalação em cápsulas duras

A substância ativa é o tiotrpio. Este está presente na forma monohidratada de brometo de tiotrpio
equivalente a 18 microgramas de tiotrpio.
O outro ingrediente lactose monohidratada. A mistura em Pó está contida em cápsulas duras de gelatina.

Fabricante :
Boehringer Ingelheim International GmbH.
Para informaçães adicionais:
Boehringer Ingelheim, Lda
Avenida Antônio Augusto de Aguiar, 104 ? 1
1069-029 Lisboa

Indicação : O FAVINT é um Pó para inalação, includo numa cápsula dura de gelatina.
O Pó das cápsulas deve ser inalado com o auxílio de um dispositivo para inalação, o HandiHaler.

As cápsulas de FAVINT são verde-claro, com o cdigo do produto e o logotipo Boehringer Ingelheim impressosna cápsula. As cápsulas contém um Pó branco ou amarelo claro-esbranquiado.

O FAVINT está disponível como uma embalagem combinada, contendo:
1 HandiHaler e 30 cápsulas (3 blisters).

O FAVINT pertence ao grupo de medicamentos conhecido como "dilatadores das vias aéreas anticolinrgicos"e Atua da forma que se descreve de seguida. Depois da inalação do Pó, a substância ativa tiotrpio contribuipara o relaxamento dos mêsculos que rodeiam as vias aéreas, provocando o alargamento destas para que possarespirar mais facilmente.

Deverá usar o FAVINT uma vez por dia como tratamento de manutenção para aliviar os sintomas da doençapulmonar obstrutiva crônica (DPOC); esta caracteriza-se por:
constrição devido ao estémulo dos mêsculos das vias aéreas (broncospasmo)
15

falta de ar ou sensação de opressão em torno do trax (dispneia).
Estes sintomas podem ser consequncia de:
inflamação prolongada das vias aéreas, caracterizada por tosse com expulsão de muco (bronquite crônica),
perda de elasticidade do tecido pulmonar (enfisema).

O FAVINT é administrado para garantir um tratamento de manutenção da Doença Pulmonar Obstrutiva crônica
(DPOC).

Antes de TomarFAVINT

Não tome FAVINT
se for hipersensível (alérgico) a
brometo de tiotrpio
atropina ou substâncias derivadas da atropina, como o Ipratrópio ou oxitrpio
lactose monohidratada (ingrediente).

Tome especial cuidado com FAVINT:
no caso de uma crise aguda de dispneia, em virtude de FAVINT não ser adequado para o alívio da dispneia
sbita devido ao aperto dos mêsculos que envolvem as vias aéreas (broncospasmo agudo), onde necessáriauma ação rápida; existem outros medicamentos disponíveis para o tratamento rpido do broncospasmoagudo, podendo aconselhar-se junto do seu médico sobre os mesmos;
quando usar o FAVINT pela primeira vez, dado que existe um risco de Ocorrência de uma reação de
hipersensibilidade imediata; neste caso Deverá informar imediatamente o seu médico.

Preste também atenção aos seguintes aspectos quando tomar o FAVINT:
A inalação de medicamentos pode, por vezes, provocar uma crise de broncospasmo com tosse; se esta crise
não passar rapidamente, ter que informar o seu médico.
Não permita que o conteúdo da cápsula de FAVINT entre em contacto com os olhos, dado que tal pode dar
origem aos seguintes sintomas:
dor ou sensação desagradável nos olhos
turvação temporria da visão
visão de anis ou imagens coloridas
dor e vermelhidão dos olhos.
Se observar algum destes sintomas Deverá informar imediatamente o seu médico.
Recorde-se que Deverá ter cuidado com o FAVINT se sofrer de:
aumento da pressão ocular (glaucoma de ângulo estreito)
aumento das dimenses da próstata (hiperplasia da próstata) ou obstrução do colo da bexiga
insuficiência renal.
Deverá advertir o seu médico assistente caso sofra de alguma destas doenças quando lhe for receitado FAVINT,ou caso se descubra que sofre de uma destas doenças quando já estiver a tomar o FAVINT.

Não Deverá tomar mais do que uma cápsula de FAVINT uma vez por dia.
Inale FAVINT apenas com o HandiHaler.

Gravidez
Não existe informação suficiente sobre a utilização deste medicamento durante a gravidez. Consulte o seumédico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.

Aleitamento
Não existe informação suficiente sobre a utilização deste medicamento durante o aleitamento. Consulte o seumédico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.
25

Condução de veículos e utilização de máquinas
Não existe qualquer prova de que FAVINT influencia a capacidade de condução de veículos e de utilização demáquinas.

Tomar FAVINT com outros medicamentos
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos,incluindo medicamentos sem receita médica.

Modo de Usar: FAVINT

O Pó contido na cápsula de FAVINT deve ser inalado com auxílio do inalador HandiHaler. Por conseguinte, ascápsulas de FAVINT não deverão ser engolidas. Inale o conteúdo de uma cápsula uma vez por dia com o auxíliodo HandiHaler (consulte as instruções de utilização do HandiHaler). Tenha em atenção os seguintes aspectos:
Depois de ter inalado uma vez com o auxílio do HandiHaler, a cápsula ainda não fica completamente vazia.
Deverá, portanto, inalar novamente a mesma cápsula. O efeito surge decorridos alguns minutos e mantém-sedurante mais de 24 horas.
Tome FAVINT todos os dias, sempre mesma hora, para que inale uma dose em cada 24 horas. Assim serpossível obter os melhores efeitos. A hora fixa ajuda-o especialmente a recordar-se quando tiver que inalar umacápsula.

O FAVINT é usado no tratamento de doenças crônicas das vias aéreas, pelo que deve ser tomado durante muitotempo.
FAVINT não é adequado para crianças.
Se tiver a impressão de que o efeito de FAVINT é demasiado forte ou demasiado fraco, consulte o seu médico oufarmacêutico.

Se tomar mais FAVINT do que deveria
Se tomar FAVINT em demasia ou engolir uma cápsula acidentalmente, contacte imediatamente o seu médico oufarmacêutico. Se tomar mais do que deveria, não se prevé a Ocorrência de qualquer efeito secundário, excepçãode secura da boca.

Caso se tenha esquecido de tomar FAVINT
Se se tiver esquecido de uma inalação, ainda a poderá tomar. Contudo, se for quase altura da inalação seguinte,poderá omitir a inalação esquecida e passar próxima. Não tome uma dose dupla para compensar as dosesindividuais esquecidas.

Efeitos da interrupção do tratamento com FAVINT
Não deixe de tomar o FAVINT por sua própria iniciativa. Consulte sempre o seu médico quando pensarinterromper o tratamento. Mesmo que interrompa o tratamento em concordncia com o seu médico, as queixasque tinha antes de iniciar o tratamento com FAVINT poderão reaparecer.

4. Efeitos secundários POSSVEIs

Como todos os medicamentos, o FAVINT pode ter efeitos secundários.

O efeito secundário mais frequente após a inalação de FAVINT é a secura da boca. Trata-se de um efeitosecundário ligeiro de FAVINT, que desaparece com a continuação do tratamento. Não é necessário consultar oseu médico sobre este efeito.

Outros efeitos secundários apresentados pelos doentes consistem em:
35

obstipação (dificuldade em expelir as fezes)
hipersensibilidade, em particular uma acumulação sbita de líquido (inchao) na pele e membranas mucosas
(como, por exemplo, garganta ou lngua)
dificuldade respiratéria e / ou comicháo e erupção na pele, por vezes na forma de reação alérgica
(angioedema, rash, urticária e prurido).
Se estes efeitos secundários ocorrerem, ter que consultar o seu médico.
Entre outros possveis efeitos secundários que poderão ocorrer como consequncia das propriedades de FAVINTincluem-se garganta seca, inflamação dos seios paranasais e da faringe, infecção das membranas mucosas
(monilase), aumento do ritmo cardíaco, palpitações, visão turva, aumento da pressão ocular (glaucoma),dificuldade em urinar, náusea, rouquidão e tonturas. Pode ocorrer irritação local das vias aéreas superiores e hemorragia nasal (epistaxis). Tal como É comum com todas as terapêuticas inaladas, o tiotrpio pode causarbroncospasmo induzido por inalação. Se ficar preocupado quando ocorrer algum destes efeitos secundáriospoderá consultar o seu médico.

Em casos pouco frequentes, é observado um efeito secundário grave.
Retenção de urina na bexiga no idoso que apresenta alto risco para a Ocorrência deste efeito secundário; este
efeito secundário grave e, neste caso, precisa de assistência médica.

Caso detecte efeitos secundários não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

5. CONSERVAção DE FAVINT

Manter FAVINT fora do alcance e da vista das crianças.
Não conservar acima de 25 C.
Não congelar.

Prazo de validade
Não utilize FAVINT após expirar o prazo de validade indicado no rótulo.
após primeira abertura do blister o prazo de validade desse mesmo blister de 9 dias.

Esta bula foi revisto pela última vez em
Maro 2005


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.


Jesus a Chave Hermenêutica, Curso exclussivo com o Pastor Caio Fábio