Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Eufilin Ap - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Aminofilina.

Classe terapêutica :Antiasmáticos.

Apresentação : Embalagens com 21 cápsulas

Indicação : Asma brônquica, bronquite obstrutiva crônica e enfisema pulmonar obstrutivo.
Sobrecarga do ventrculo direito em conseqncia de pneumopatia obstrutiva progressiva (cor pulmonale).

Efeito Colateral :

De maneira geral, o Eufilin AP de boa tolerabilidade. a administração oral em altas doses por tempo prolongado pode causar distúrbios gastrintestinais.
Em casos de alta sensibilidade individual, podem ocorrer para-efeitos por parte do aparelho gastrintestinal (náusea, vômito, gastralgia, hematémese, diarreia, reativação de úlcera péptica), fenmenos cardiovasculares (palpitações, taquicardia, extrasstoles, dor precordial, arritmia, hipotensão, rubor facial) ou por parte do SNC (inquietação, insônia, excitação, espasmos, tontura, cefaleia, taquipnia), bem como tremedeiras, urticária e erupções cutâneas.
Estes efeitos colaterais podem ocorrer devido a uma relativa superdosagem (uma reação mais forte em relação à substância ativa) ou superdosagem absoluta (concentração plasmática de teofilina acima de 20 mg/l). Caso hajam níveis plasmáticos de teofilina acima de 20 mg/l, podem ocorrer efeitos colaterais txicos, como convulsões, arritmias ventriculares e distúrbios gastrintestinais graves.

Precauções :

Recomendam-se cuidados especiais em pacientes portadores de hiperfunção tireodea (hipertireoidismo), epilepsia, úlcera péptica ativa, insuficiência hepática ou renal severa, após infarto do miocárdio recente, hipertensão grave, bem como portadores de cardiomiopatia hipertrófica obstrutiva ou de arritmia taquicárdica. Por medida de precaução, usar o preparado durante a gravidez apenas sob expressa indicação médica e prestar obedincia estrita s instruções médicas referentes medicação . Durante o perãodo de amamentação, a terapia deve ocorrer somente após avaliação médica.

Fórmula :

Cada cápsula de ação retardada contém:
EUFILIN AP 150 EUFILIN AP 250 EUFILIN AP 350
Aminofilina 150 mg* 250 mg** 350 mg***
Excipiente q.s.p. 1 Cápsula 1 Cápsula 1 Cápsula
* correspondente a 129 mg de teofilina anidra
** correspondente a 214 mg de teofilina anidra
*** correspondente a 300 mg de teofilina anidra

Contra indicação :

Crianças com peso abaixo de 20 Kg.
Hipersensibilidade teofilina ou aminofilina (e, eventualmente, outras xantinas).

Interação Medicamentosa :

Pela possibilidade de um incremento de efeitos adversos, deve-se evitar a administração concomitante de outras substâncias xantúnicas (cafena, teobromina, difilina, oxtrifilina) bem como ingestão excessiva de bebidas que as contenham (café, chá chocolate, cola).
Efeitos sinrgicos observam-se na administração simultânea de furosemida, reserpina, efedrina, preparados contendo efedrina e outros simpaticomimáticos, particularmente em doses elevadas (fato a ser considerado particularmente em uso pediátrico).
Em fumantes, a administração concomitante de fenobarbital, rifampicina, isoniazida, fenitoina, carbamazepina ou sulfimpirazona provoca uma excreção mais rápida da teofilina e diminuição de seu efeito. Por este motivo indica-se aumento de sua dosagem.
A medicação concomitante com antibióticos macrolídeos (p.ex.: eritromicina, oleandomicina, troleandomicina, lincomicina, carbomicina), cimetidina, alopurinol, betabloqueadores, isoprenalina, contraceptivos orais, pode causar diminuição do "clearance" hepático da teofilina e, conseqentemente, aumento de seus níveis séricos. Torna-se, portanto, necessário ajustar a posologia do produto durante e logo após o tratamento com estas substâncias.
No uso concomitante com enoxacina, a dose de teofilina deve ser reduzida a um quarto da dose regular.
O efeito terapêutico do lítio sofre diminuição pela teofilina, devido ao aumento da excreção renal proporcionada pela mesma.
Existe antagonização mtua entre teofilina e propranolol.
Os betabloqueadores (p.ex. propranolol) anulam a propriedade broncodilatadora da teofilina, podendo desencadear um broncoespasmo, sendo igualmente contra indicados na asma.

Modo de Usar :

Em geral, Eufilin AP deve ser administrado em duas tomadas ao dia (1 cápsula pela manhã e 2 cápsulas à noite).
A posologia, a critério médico, pode ser adaptada conforme as necessidades individuais de cada paciente.
Recomenda-se o seguinte esquema posológico:
pela manhã, após o café
Adultos (com peso acima de 50 Kg) com função cardíaca, hepática ou renal reduzidas e crianças de 20 a 35/Kg
1 cápsula Eufilin AP 150
Adultos (com peso acima de 50 Kg) com função cardíaca, hepática ou renal normais e adolescentes (de 35 a 50/Kg)
1 cápsula Eufilin AP 250
Adultos com clearance de teofilina (p.ex. fumantes)
1 cápsula Eufilin AP 350
à noite (aproximadamente s 20:00 horas)
Adultos (com peso acima de 50 Kg) com função cardíaca, hepática ou renal reduzidas e crianças de 20 a 35/Kg
2 cápsulas Eufilin AP 150
Adultos (com peso acima de 50 Kg) com função cardíaca, hepática ou renal normais e adolescentes (de 35 a 50/Kg)
2 cápsulas Eufilin AP 250
Adultos com clearance de teofilina (p.ex. fumantes)
2 cápsulas Eufilin AP 350
A terapia deve ser iniciada com a dose matutina de 1 cápsula.
Em pacientes obesos, o célculo da dose deve basear-se no peso corporal ideal (altura em cm, menos 100, menos 10% = Kg).
Em "pacientes problemáticos" que reagem ao esquema posológico com efeito terapêutico insuficiente ou com alta Incidência de efeitos colaterais deve-se aplicar uma posologia individual, determinada de acordo com os respectivos níveis séricos de teofilina.

Superdosagem :

Nas intoxicações, podem ocorrer vômitos contínuos, agitação, convulsões ocasionais e arritmias. em casos de intoxicação grave (geralmente com níveis séricos acima de 40 mg de teofilina/litro de soro), pode-se instalar coma.
Na superdosagem, os seguintes procedimentos devem ser considerados: Administração repetida de carvo ativado; controle das funções vitais, estabilização da pressão arterial e hidratação adequada ao paciente; oxignio (eventualmente entubação); diazepan i.v. ou i.m.; não utilizar barbitúricos. a teofilina geralmente metabolizada pelo paciente com rapidez. quando o nível srico estiver acima de 50 mg de teofilina/litro de soro, existe a suspeita de uma metabolização insuficiente de teofilina.

Fabricante :

BYK Química e Farmácia Ltda.

Rua do Estilo Barroco, 721
04709-011 - São Paulo - SP
Tel: 55 (011) 451-9000
Fax: 55 (011) 533-4361

Medicamentos do mesmo fabricante :

Dramin b6 dl, Ebrantil, Emoform, Estreva, Eufilin AP, Eufilin, Eumotol 220, Fontol 650, Hipofagin S 75, Lactipan, Laitan, Legalon, Lutenil, Nene Dent, Panfugan, Pantozol, Panvitrop, Parodontax, Proctyl, Reparil Gel, Riopan Plus, Tebonin, Xantinon B12, Xantinon B12,

Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Emagrecimento e Aumento de Massa Muscular