Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Edhanol - medicamento

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Fenobarbital.

Apresentação : Caixa com 20 comprimidos.

Indicação : Tratamento das convulsões, inclusive epilticas, dos estados ansiosos e insônia rebelde. Usado nas síndromes de abstinncia de outros hipnéticos.

Efeito Colateral :

Bastante raras nas doses recomendadas. Podem ocorrer e são atribuveis ao fenobarbital: sonolência, diminuição da potncia sexual, tonturas, ataxia e alterações do comportamento, como dificuldade de adaptação (ou reação inversa, como euforia, mais rara).
reações alérgicas cutâneas ao fenobarbital são muito raras, tendo sido relatada dermatite esfoliativa. também tem sido muito raramente mencionada, anemia megaloblstica, que responde muito bem ao ácido fólico.
Como os demais barbitúricos, pode causar dependência fsica medicamentosa, não devendo ser suprimido bruscamente, o que pode precipitar uma crise ou levar a um estado de mal epiltico.

Fórmula :

Cada comprimido contém:
Fenobarbital .................... 100 mg
Excipientes: amido de milho, lactose monoidratada, celulose microcristalina, goma arbica,
polivinilpirrolidona, estearato de magnésio, croscarmelose sódica, dióxido de silício coloidal,
talco, corante azul ndigo (azul FD&C n 2), corante tartrazina (amarelo FD&C n 5): vide
item "Precauções e Advertências", q.s.p. .................... 1 comprimido

Contra indicação :

Idiossincrasias, doença renal e hepática, psiconeurose e parkinsonismo, uso concomitante com o álcool, gravidez e lactação. Porfiria aguda intermitente.

Interação Medicamentosa :

EDHANOLé aumenta o efeito sedativo dos benzodiazepúnicos e dos Analgésicos e diminui a ação dos antidepressivos, corticosteróides, digitoxina, quinidina, tetraciclina e anticoagulantes.

Modo de Usar :

Um a três comprimidos por dia, a critério médico.
recomendável ajustar a dose em casos de pacientes geritricos e debilitados.

Pacientes Idosos

Os pacientes idosos e debilitados podem reagir s doses usuais com excitação, confusão ou depressão mental.

Precauções e Advertências

Pode ocorrer sonolência com o uso de EDHANOL, por isso os pacientes devem ser alertados para o perigo que representa dirigir automáveis, trabalhar com máquinas ou aparelhos que necessitem atenção e reflexos rpidos.
Como os demais barbitúricos, EDHANOL em doses excessivas tem ação muito evidente sobre diversos rgos e sistemas orgânicos, exigindo controle e cuidados do médico assistente.
Pode induzir tolerância (sobretudo da eficácia ansioltica, que se perde em 2 semanas) crônica e também dependência fsica ou psquica com o uso continuado. A atividade anticonvulsivante preservada. Raramente, pode causar intoxicação fatal. A medida profiltica consiste em não prescrever doses crescentes e quando possível, reduzir a dose ou suspender a medicação to logo os sintomas desapaream. A suspensão aguda pode induzir sintomas de abstinncia cuja gravidade depende da dose e duração do tratamento; portanto,
retirar a medicação de forma progressiva e lenta.
Uso cuidadoso na insuficiência renal e respiratéria.
Os pacientes geritricos e debilitados podem reagir s doses usuais com excitação, confusão ou depressão mental. são recomendadas doses menores nestes pacientes.

Superdosagem :

Os antídotos específicos na depressão barbitérica são os analpticos e os estimulantes do Sistema Nervoso Central, como as anfetaminas, que não prejudicam o efeito anticonvulsivante. Em casos mais graves, na intoxicação barbitérica, deve-se fazer acompanhamento em unidade de terapia intensiva.

Fabricante :

Solvay Farma Ltda.

Rua Salvador Branco de Andrade, 93 Taboão da Serra - SP

Indústria Brasileira CNPJ: 60.499.639/0001-95 SAC: 0800141500

Medicamentos do mesmo fabricante :

Alfasin, Burinax, Cetrizin, Cobavital, Creon, Cynt, Deltacid, Duspatalin, Edhanol, Endronax, Famoset, Floxid, Geriavite, Menotensil, Neurium, Pankreoflat, Piascledine_300, Piroxene, Poliginax, Sintalgin, Sintozima, Valmane, Vibral



Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Curso Master O Cara da Foto