Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Ecasil - bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Ácido Acetilsalicilico.

Apresentação : Embalagens com 20 comprimidos.

Indicação : Analgésico, antipirático e antiinflamatório.

Efeito Colateral :

Sintomas como náusea, gastralgia e distúrbios gastrintestinais podem ocorrer com toda medicação que contenha o ácido acetilsalicílico. Tem sido relatada a Ocorrência de sangramento gastrintestinal com ou sem ulceração, assim como de erupções cutâneas com uso do ácido acetilsalicílico. Pode ocorrer irritação da mucosa gástrica mesmo com baixas doses, podendo ocorrer erosões, hematémese e melena. Pode ocorrer hipersensibilidade manifestada principalmente como asma, como broncospasmo paroxstico, dispnéia e edema angioneurtico. Salientamos o aparecimento de reações cutâneas, urticária e rash cutâneo.

Precauções :

Caso os sintomas persistam por mais de 5 dias e/ou ocorra o aparecimento de outros sintomas, consultar o médico. Casos de dores de cabeça, garganta, náusea ou vômito severos e persistentes podem indicar doença mais grave. Não ocorrendo uma melhora destes sintomas no perãodo de 24 horas, consultar imediatamente o médico. Chamamos atenção especial para o uso do Ácido acetilsalicílico em portadores de viroses especficas ou de causa desconhecida, devendo seu uso ser suspenso imediatamente caso ocorram sintomas digestivos, lesões cutâneas ou de hipersensibilidade. - Advertência: a síndrome de Reye é uma doença rara e sria que poderá se manifestar após complicação de gripes ou varicelas em crianças ou adolescentes. A causa desta síndrome desconhecida. Alguns relatos tém correlacionado o seu aparecimento com o uso de salicilatos. Embora não haja uma definida relação de causa e efeito, seu uso em crianças ou adolescentes com gripe ou varicela Deverá ser indicado pelo médico. - Interações Medicamentosas:: de uma maneira geral, os derivados salicílicos apresentam interação medicamentosa com as seguintes drogas: acetazolamida, álcool, anticoagulantes orais, heparina, hipoglicemiantes, metotrexato e probenecida.

Fórmula :

Cada comprimido contém ácido acetilsalicílico500 mg (em microgrnulos revestidos).

Contra indicação :

O Ácido acetilsalicílico não deve ser empregado em pacientes predispostos a dispepsias ou portadores de alguma lesão da mucosa gástrica. Não deve ser empregado em pacientes que tenham hipersensibilidade ao Ácido acetilsalicílico ou que sejam portadores de lesões hepáticas ou renais, assim como nos hemofólicos. Deve-se tomar cuidado especial com crianças desidratadas. É contra-indicado em qualquer fase da gestação. O Ácido acetilsalicílico aumenta o tempo de coagulação e seu uso deve ser suspenso uma semana antes de qualquer cirurgia. É contra-indicado em crianças e adultos com hipersensibilidade aos salicilatos.

Modo de Usar :

Doena reumática: adultos: 6 a 8 g ao dia em doses fracionadas. Crianças: 100 a 125 mg/kg/dia em doses fracionadas durante uma semana, a seguir diminuir a dose diária conforme critério médico.(O nível timo de salicilato no soro e de 0,25 a 0,30 mg/ml). Analgésico e antipirático: adultos: 2 comprimidos (1 g) cada 8 ou 12 horas até no máximo 8 comprimidos (4 g) no perãodo de 24 horas. Crianças: 10 a 20 mg/kg cada 8 ou 12 horas sem exceder a dose diária total de 3,6 g. A fim de manter intactas suas propriedades de tolerância gástrica e absorção gradativa, os comprimidos devem ser deglutidos inteiros ou partidos em poucos fragmentos, mas não mastigados nem acompanhados de líquido quente. Superdosagem: em casos de superdosagem acidental, consultar o médico imediatamente.

Fabricante :

Biolab Sanus Farmacêutica

Endereço: Avenida Paulo Ayres, 280, Taboão da Serra - SP, 06767-220
Telefone:(11) 3573-6000

Medicamentos do mesmo fabricante :

Alergolon, Amiretic, Aradois h, Aradois, Benzitrat, Ciclovular, Coronar, Ecasil, Elamax, Eritos, Fastium, Gestrelan, Itrazol, Lipless, Lovelle, Nipride, Norestin, Novatropina, Pantogar, Plaket, Pressat, Quinoflox, Serenus, Suxar, Virustat, Wassertrat, Xefo


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Curso Master O Cara da Foto