Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Dol-U-Ron - Forte - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo: paracetamol e o fosfato de codena.

Classe terapêutica: analgésico.

Apresentação: Supositórios

1 supositório contém: Substâncias ativas: 1000 mg de paracetamol + 60 mg de fosfato de codena
Outros ingredientes: Massa estearinica, lecitina de soj.

Fabricante:

Neo-farmacêutica, Lda.
Avenida D. João II, Lote 1.02.2.1 D-2
1990-090 Lisboa

Fabricante
Bene Arzneimittel GmbH, Munique ? Alemanha

Indicação:

Dol-u-ron Forte supositório é uma associação de paracetamol com fosfato de codena, utilizada nassituações dolorosas de média a grande intensidade, pelo que pertence ao grupo farmacoterapêuticodos Analgésicos e antipiráticos.

Dol-u-ron Forte supositório está disponível em embalagens de 10 supositórios.

Classe terapêutica: II-9: Analgésicos e antipiráticos

Indicação: Situações dolorosas de média e grande intensidade.

2. ANTES DE UTILIZAR DOL-U-RON FORTE SUPOsitório

Não tome Dol-u-ron Forte supositórios no caso de:
- hipersensibilidade ao paracetamol, codena ou a qualquer outro ingrediente do Dol-u-ron xarope,
- insuficiência renal ou hepática agudas,
- deficiência em desidrogenase da glucose-6-fosfato,
- insuficiência respiratéria,
- casos de condição associada a pressão intracraneal aumentada,
- doentes com alterações de consciência ou dependência de derivados peoides.

Tome especial cuidado com o medicamento em casos de:
Dol-u-ron Forte supositório quando administrado por longos perãodos de tempo, poderá induzirdependência ao fosfato de codena.

Dol-u-ron Forte supositório não deve ser utilizado durante longos perãodos ou em doses elevadassem prvia consulta médica.

Dol-u-ron Forte supositório não Deverá ser tomado continuamente por doentes com obstipaçãocrônica.

Caso sofra de:
- problemas no fgado (p.ex. devido ao abuso crônico de álcool ou inflamação do fgado),
- aumento dos níveis de bilirrubina no sangue (síndrome de Gilbert),
- problemas no rim, hemodialisadosconsulte o seu médico que irá ajustar adequadamente a dose e o intervalo das administrações.

No caso de abuso prolongado e em doses excessivas de Analgésicos poderão aparecer dores decabeça, não devendo este sintoma ser tratado com um aumento da dose.
O uso regular de Analgésicos, em especial com outros medicamentos da mesma classe terapêutica,poderão provocar lesão renal permanente o que poderá resultar em falência renal (nefropatiaresultante do uso de Analgésicos).

Tomar Dol-u-ron com alimentos e bebidas:
Durante o tratamento com Dol-u-ron Forte supositório, o doente deve abster-se de consumir
álcool.

Efeito em crianças
Os supositórios Dol-u-ron Forte estáo contra indicados em crianças.

Gravidez e aleitamento
Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.

só deverá tomar Dol-u-ron Forte supositório nestas situações após recomendação médica e sobvigilância clínica.

Condução de veículos e utilização de máquinas
Não conduza nem utilize máquinas porque o medicamento Dol-u-ron Forte supositório podealterar a sua capacidade para estas funções, sendo o seu efeito intensificado pela associação com o

álcool.

Tomar Dol-u-ron Forte supositório com outros medicamentos
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver tomando ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos sem receita médica.

Os efeitos sedativo e depressor do centro respiratério exercidos pelo Dol-u-ron Forte supositóriopodem ser potenciados pela utilização simultânea de outros medicamentos depressores do sistemanervoso central como sedativos, hipnéticos, Analgésicos, Anti-histamínicos (medicamentos usadosno tratamento de alergias ou constipação), psicotrpicos (medicamentos usados no tratamento deproblemas mentais ou emocionais) e álcool.

O uso simultâneo de medicamentos indutores do metabolismo do paracetamol (um dos doiscomponentes activos do Dol-u-ron Forte supositório), tais como hipnéticos contendo barbitúricos,antiepilpticos (ex. fenobarbital, fenitona e carbamazepina) ou rifampicina (medicamento usado notratamento da tuberculose), poderá induzir lesões hepáticas mesmo com doses terapêuticas deparacetamol. O mesmo se aplica relativamente ao abuso de álcool.

Quando usado simultaneamente com o cloranfenicol, a semi-vida deste poderá ser prolongada,aumentando o risco de toxicidade. a administração concomitante de paracetamol e zidovudina
(AZT) pode aumentar a tendência para a redução do nmero de leuccitos (neutroPónia), pelo que,apenas Deverá fazer o tratamento mediante aconselhamento médico.

3. COMO UTILIZAR DOL-U-RON FORTE SUPOsitório

Tome Dol-u-ron Forte supositório sempre de acordo com as instruções do médico. Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.

A dose habitual é 1 supositório até 3 vezes por dia.

Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver a impressão de que Dol-u-ron Forte supositório demasiado Forte supositório ou demasiado fraco.

A dose máxima diária não Deverá ultrapassar os 4 supositórios por dia.

Nota: Caso sofra de:
- problemas no fgado,
- aumento dos níveis de bilirrubina no sangue (síndrome de Gilbert),
- problemas no rim.consulte o seu médico que irá ajustar adequadamente a dose e o intervalo das administrações.

Modo e via de Administração
Dol-u-ron Forte supositório destina-se exclusivamente ao uso por via rectal.

Inserir os supositórios Dol-u-ron Forte profundamente no recto.

Indicação do momento mais favorvel é Administração de Dol-u-ron Forte supositório

Os supositórios Dol-u-ron Forte devem ser administrados de pReferência após uma defecação .

Duração do tratamento mdio
A duração da administração de Dol-u-ron Forte Deverá ser prescrita pelo médico. Salvo indicação em contrrio, a duração não deve exceder alguns dias.

Se tomar mais Dol-u-ron Forte supositório do que deveria
A sobredosagem com Dol-u-ron Forte supositório poderá causar lesões graves no fgado.

Contacte imediatamente o seu médico ou dirija-se ao hospital ou centro de Saúde mais próximo nocaso de toma de uma dose excessiva de Dol-u-ron Forte supositório.

As medidas que o seu médico Deverá adoptar em caso de intoxicação são:
- dilise, de modo a reduzir a concentração de paracetamol no sangue;
- Administração intravenosa de antídotos do paracetamol, tais como, a cistamina ou N-acetilcisteína,sempre que possível, nas primeiras 8 horas após intoxicação , de modo a neutralizar os metabolitosresponsveis pelas lesões das células do fgado;
- Administração do antídoto da codena, naloxona;
- respiração artificial com oxignio e terapia de choque, quando necessário.

Caso se tenha esquecido de tomar Dol-u-ron Forte supositório
Retome o esquema posológico recomendado.
Não tome uma dose dobrada para compensar a dose que se esqueceu de tomar.

Efeitos da interrupção do tratamento com Dol-u-ron Forte supositório
Não são necessárias precauções especiais no caso da correcta administração de Dol-u-ron Fortesupositório. após interrupção abrupta de Analgésicos usados incorrectamente ou em doses elevadase por longos perãodos de tempo poderão aparecer dores de cabeça, cansaço, dor muscular,nervosismo e alguns sintomas vegetativos. Não deverão ser tomados outros Analgésicos enquantosubsistirem os sintomas, os quais desaparecem normalmente, após alguns dias.

Efeitos secundários possíveis

Como os demais medicamentos, Dol-u-ron Forte supositório pode causar efeitos secundários:

Foram descritos os seguintes efeitos indesejáveis:
- náusea e/ou vômito (frequente no incio do tratamento),
- prisão de ventre,
- cansaço,
- dor de cabeça moderada,
- boca seca,
- distúrbios do sono,
- depressão respiratéria (após doses elevadas e em doentes com pressão intracranial elevada outraumatismo craniano),
- sensação extrema de bem-estar (euforia) (doses elevadas),
- deficiência visual (descoordenação visuomotora) (doses elevadas),
- risco de dependência (doses elevadas e uso prolongado),
- comicháo,
- vermelhidão da pele (rubor),

- erupção cutânea de origem alérgica,
- urticária,
- respiração ofegante,
- excesso de muco nos pulmães (edema pulmonar) (doses elevadas, principalmente em doentes comdisfunção pulmonar pré-existente),
- queda brusca da tensão arterial,
- inconsciência temporria (doses elevadas),
- zumbido nos ouvidos,
- alteração da visão (doses elevadas),
- contração espasmédica dos mêsculos das vias aéreas superiores associado a dificuldaderespiratéria (asma induzida por Analgésicos),
- diminuição do nmero de plaquetas,
- diminuição do nmero de glbulos brancos,
- diminuição do nmero de granulcitos,
- intensa redução de granulcitos neutrófilos no sangue,
- diminuição do nmero de todos os elementos celulares do sangue.
- reações de hipersensibilidade tais como inchao facial (edema de Quincke), dificuldade emrespirar, sudação, enjoo, queda brusca da tensão arterial incluindo choque.

Nota: Se tem hipersensibilidade ao paracetamol, fosfato de codena ou a qualquer outro ingredientedo Dol-u-ron Deverá interromper de imediato a administração do medicamento e consultar o seu médico.

Caso detecte efeitos secundários não mencionados nesta bula, informe o seu médico oufarmacêutico.

5. Conservação DE DOL-U-RON FORTE SUPOsitório

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Não conservar acima de 25ºC.

Não utilize Dol-u-ron Forte supositório após expirar o prazo de validade indicado no rótulo e na embalagem.

6. Outras informações

Para qualquer informação adicional sobre este medicamento contacte, por favor, o responsável pelaautorização de introdução no mercado:

Fabricante:

Neo-farmacêutica Ltda.
Av. D. João II, lote 1.02.2.1 D 2
1990-090 Lisboa

Ben U Ron, Dol U Ron Forte, Dol U Ron Paracetamol, Formodual Beclometasona, Foster, Levotuss


Advertências:

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos:

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma:

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.