Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Diovan - 320 mg - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Valsartan

Apresentação : Comprimidos revestidos por película

Indicação : Diovan pertence a uma classe de medicamentos conhecidos como antagonistas dos receptores da angiotensina II, que ajudam a controlar a pressão arterial elevada. A angiotensina II é uma substância produzida pelo organismo que provoca a constrição dos vasos sanguíneos, induzindo assim um aumento da pressão arterial. Diovan funciona bloqueando o efeito da angiotensina II. Consequentemente, os vasos sanguíneos dilatam e a pressão arterial sofre uma redução.

Diovan 320 mg comprimidos revestidos por película é utilizado no tratamento da pressão arterial elevada. A hipertensão arterial aumenta a sobrecarga do coração e artrias. Se mantida durante um perãodo prolongado, esta doença pode provocar lesões do crebro, coração e rins, podendo resultar em acidente vascular cerebral, insuficiência cardíaca ou insuficiência renal. A pressão arterial elevada aumenta o risco de enfartes do miocárdio. A redução da pressão arterial para valores normais reduz o risco de desenvolvimento destas patologias.

Antes de tomar DIOVAN

Não tome Diovan

se tem alergia (hipersensibilidade) ao valsartan ou a qualquer outro componente do Diovan, durante os últimos 6 meses de gravidez ou se estiver a amamentar, ver secção “Gravidez e Aleitamento”

se sofrer de doença hepática ou renal grave, ou se estiver sob dilise. Se alguma destas condições se aplicar a si, não tome Diovan.

Tome especial cuidado com DIOVAN

se sofrer de doença renal ou hepática.

se estiver a tomar medicamentos poupadores de potássio, suplementos de potássio ou substitutos salinos que contenham potássio ou outros medicamentos que aumentem a quantidade de potássio no sangue (por ex.. heparina). Pode ser necessário controlar o nível de potássio no seu sangue com regularidade, se sofrer doença cardíaca grave que não insuficiência cardíaca sintomática ou enfarte do miocárdio.

se sofrer de estenose ou estreitamento da artria renal.

se tiver sido submetido recentemente a transplante renal (recebeu um novo rim), se sofrer de aldosteronismo, uma desordem em que as glndulas supra-renais produzem a hormona aldosterona em excesso. Neste caso não se recomenda o uso de Diovan.

se perdeu muito fluido (desidratação), causado por vômitos, diarreia, ou doses elevadas de um diurético.

se estiver a receber tratamento após enfarte do miocárdio ou para insuficiência cardíaca sintomática, o seu médico pode verificar a sua função renal.

Se algum destes casos se aplicar a si, informe o seu médico antes de tomar Diovan.

Deve informar o seu médico se pensa que pode estar (ou que pode vir a estar) grávida. Diovan não é recomendado no incio da gravidez e pode causar problemas graves ao seu bebé após três meses de gravidez, ver secção “Gravidez e aleitamento”.

Ao tomar Diovan com outros medicamentos

Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver tomando ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.

O efeito do tratamento pode ser influenciado se o Diovan for tomado com alguns medicamentos. Pode ser necessário alterar a dose, tomar outras precauções, ou nalguns casos interromper o tratamento com um dos medicamentos. Esta situação aplica-se tanto aos medicamentos de venda por prescrição como aos medicamentos de venda livre, em especial: outros medicamentos utilizados para baixar a pressão arterial, nomeadamente diuréticos. Medicamentos poupadores do potássio, suplementos de potássio ou substitutos salinos contendo potássio ou outros medicamentos que aumentem a quantidade de potássio no sangue (por ex. heparina).

Medicamentos anti-inflamatórios não esteroides (AINEs), um determinado tipo de Analgésicos.

lítio, um medicamento utilizado no tratamento de certos tipos de doença mental.

Ao tomar Diovan com alimentos e bebidas Pode tomar Diovan com ou sem alimentos.

Crianças e adolescentes (com idade inferior a 18 anos)

Não se recomenda o uso de Diovan em crianças e adolescentes.

Pessoas idosas (com 65 anos ou mais)

também pode tomar Diovan se tiver 65 anos de idade ou mais.

Gravidez e aleitamento

Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.

Informe o seu médico se pensa que está (ou pode vir a estar) grávida. Geralmente, o seu médico irá aconselhá-la a tomar outro medicamento em substituição de Diovan, uma vez que Diovan não é recomendado no incio da gravidez e pode causar problemas graves ao seu beb se tomado após 3 meses de gravidez. Um medicamento anti-hipertensivo apropriado deve geralmente substituir Diovan antes do incio da gravidez. Diovan não deve ser utilizado durante o segundo e terceiro trimestres de gravidez.

O seu médico irá aconselhá-la a interromper o tratamento com Diovan assim que saiba que está grávida.

Se ficar grávida durante a terapêutica com Diovan, por favor, informe e consulte o seu médico imediatamente.

Não tome Diovan durante o aleitamento. Informe o seu médico assistente caso se encontre a amamentar.

Condução de veículos e utilização de máquinas

Tal como com outros medicamentos utilizados no tratamento da pressão arterial elevada, Diovan pode, em casos raros, provocar tonturas e afectar a capacidade de concentração. Deste modo, antes de conduzir, manusear máquinas ou desempenhar outras tarefas que requeiram concentração, certifique-se de que sabe como reage aos efeitos de Diovan.

COMO TOMAR DIOVAN

Tome DIOVAN sempre de acordo com as Indicaçõesdo médico de modo a obter os melhores resultados e reduzir o risco de efeitos secundários. Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas. Frequentemente, os doentes com hipertensão arterial não notam quaisquer sinais deste problema. Muitos sentem-se perfeitamente saudveis. Torna-se assim fundamental que cumpra o calendrio de consultas com o seu médico, mesmo quando se sente bem.

Que quantidade de Diovan tomar:

O seu médico dir-lhe-é a dose de Diovan adequada a si. A dose normal de 80 mg uma vez por dia. Nalguns casos, o seu médico poderá prescrever-lhe uma dose mais elevada (por ex. 160 mg ou 320 mg) ou um medicamento adicional (por ex. um diurético).

O medicamento deve ser tomado mesma hora de cada dia.

Pode tomar Diovan com ou sem alimentos. Tome o comprimido com um copo de água.

Se tomar Diovan mais do que deveria

Se sentir tonturas graves e/ou desmaio, deite-se e contacte imediatamente o seu médico. Se acidentalmente tomou demasiados comprimidos, contacte o seu médico, farmacêutico ou hospital.

Caso se tenha esquecido de tomar DIOVAN

Não tome uma dose dobrada para compensar uma dose que se esqueceu de tomar. Se se esquecer de tomar uma dose, tome-a assim que se lembrar. No entanto, se estiver quase na hora da próxima toma, não tome a dose de que se esqueceu.

Se parar de tomar DIOVAN

Interromper o tratamento com Diovan pode agravar a sua doença. Não interrompa o tratamento, a menos que seja o seu médico a dizer-lhe que o faa.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico ou farmacêutico.

Efeitos secundários DIOVAN

Como todos os medicamentos, DIOVAN pode causar efeitos secundários, no entanto estes não se manifestam em todas as pessoas. Algumas destas reações adversas poderão ser semelhantes a sintomas causados pela sua situação médica especfica; outras poderão não corresponder sequer a reações, não tendo qualquer relação com o seu tratamento.

Alguns sintomas que requerem assistência médica imediata:

Deve consultar imediatamente o seu médico se tiver sintomas de angioedema, tais como: inchao da face, lngua ou garganta, dificuldade em engolir, urticária e dificuldade em respirar.

Outros efeitos secundários incluem:

Efeitos secundários frequentes (que afectam menos de 1 em 10 pacientes):

Infecções virais.

Efeitos secundários pouco frequentes (que afectam menos de 1 em 100 pacientes): perda sbita de consciência ou desmaio, infecção das vias respiratórias superiores, tosse, dor de garganta e desconforto ao engolir, sinusite, níveis altos de potássio no sangue, perturbações do sono, sensação de tontura, pressão arterial baixa, diarreia, dor nas costas ou no estômago, cansaço, fraqueza, mau humor (depressão), olhos lacrimejantes, com comicháo, vermelhos ou inchados (conjuntivite), perda de sangue pelo nariz (epistaxis), cãibras musculares, dores musculares, rigidez das articulações (artrite).

Efeitos secundários raros (que afectam menos de 1 em 1000 pacientes):

Inchao da face, lbios, boca, lngua ou garganta que pode causar dificuldade em engolir, respirar ou falar. Geralmente associada a erupção cutânea e prurido (reação alérgica, ver também “Alguns sintomas que requerem assistência médica imediata”), inflamação dos vasos sanguíneos, tonturas, nevralgias (dor intensa, penetrante ou latejante, num determinado nervo), reações de hipersensibilidade, que podem incluir febre, erupção cutânea, dor nas articulações e cansaço, prurido.

Efeitos secundários muito raros (que afectam menos de 1 em 10000 pacientes): redução do nmero de plaquetas, manifestando-se por hemorragia ou formação fcil de hematomas ou ndoas negras, compromisso da função renal, diminuição marcada ou ausência da produção de urina, sonolência, náuseas, vômitos, falta de ar, rinite, dor de cabeça, dores articulares, dor na regio do estômago, náuseas (gastrite/inflamação do estômago), hemorragia grave.

É coMO CONSERVAR DIOVAN

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Não utilize DIOVAN após o prazo de validade impresso na embalagem exterior. O prazo de validade corresponde ao últim dia do mês indicado.

Não conservar acima de 30ºC. Conservar na embalagem de origem para proteger da humidade.

Não utilize Diovan se verificar que a embalagem se encontra danificada ou com sinais visíveis de adulteração.

Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que não necessita. Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.

6.é outras informações
Qual a composição de DIOVAN

A substância ativa é o valsartan. Cada comprimido contém 320 mg de valsartan. Os outros ingredientes são celulose microcristalina, crospovidona, slica coloidal anidra, estearato de magnésio.

O revestimento do comprimido contém hipromelose, dióxido de titânio (E171), macrogol 8000, xido de ferro vermelho (E172), xido de ferro amarelo (E172), xido de ferro negro (E172).

Qual o aspecto de Diovan e conteúdo da embalagem

Os comprimidos revestidos por película Diovan 320 mg são violeta-acinzentado, ovalides com bordos biselados e ranhura numa das faces.têm as letras “DC” num lado da ranhura e “NVR” na outra face do comprimido. A ranhura serve apenas para facilitar a divisão do comprimido para a sua deglutição ser mais fcil, e não para dividi-lo em doses iguais. Os comprimidos são apresentados em embalagens com blisters de 7, 14, 28, 56, 98, ou 280 comprimidos. também estáo disponíveis embalagens com blisters destacveis para dose unitéria de 56×1, 98×1, 280×1 comprimidos.

É possível que não sejam comercializadas todas as Apresentações.

Fabricante :

Generis farmacêutica S.A.
Endereço: Office
Sintra, Lisboa, 2710, Portugal
Telefone: 21 924 82 10
Telefone 2: 21 496 71 20
Fax Geral: 21 496 71 29
Fax Hospitalar: 21 924 82 14
E-mail Geral:generis@generis.pt
E-mail WebMaster: webmaster@generis.pt
E-mail Unidade Hospitalar: Hospitalar@generis.pt
E-mail Apoio a cliente Farmácias e Armazenistas: apoiocliente@generis.pt

Medicamentos do mesmo fabricante :

Acetilcisteina Generis, Acetilcisteina Linha de Frente, Acetilcisteina Normal, Ácido Alendronico Generis, Adt, Amoxicilina Ácido Clavulanico Generis 50 mgml, Amoxicilina Ácido Clavulanico Generis 80 mgml, Amoxicilina Ácido Clavulanico Generis 500 mg, Amoxicilina Ácido Clavulanico Generis 875 mg, Anastrozol Inventis Anastrozol, Atorvastatina Generis, Azitromicina Generis, Bromocriptina, Captopril Hidroclorotiazida, Carvedilol Generis, Cataflam, Cetirizina Generi, Ciproterona Etinilestradiol Generis, Ciproterona Inventis, Co Diovan, Diovan 320, Diovan, Domperidona Mer, Ebastina Generis, Enalapril Generis-5, Femara, Fluoxetina Generis, Fluvoxamina Generis, Foradil Certihaler, Foradil, Fosinopril Generis 10, Fosinopril Generis 20, Gabapentina Generis 60, Gliclazida Generis, Isotretinoina Generis-20, Isotretinoina Generis, Lamotrigina Generis 200, Lamotrigina Lamotril, Leponex, Lescol XL, Lescol, Lioresal 10, Lioresal Intratecal, Lisinopril Generis 5, Lisinopril Generis 20, Lisinopril Hidroclorotiazida Generis, Naltrexona, Nimesulida Mer, Pergolida Generis, Riamet, Sintrom, Valsartan, Voltaren Colírio, Voltaren solução,

Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Emagrecimento e Aumento de Massa Muscular