Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Dimercaprol - bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo: Dimercaprol.

Apresentação: Solução injetível. Caixas com 1 e 5 ampolas de 1 ml.

Indicação: DIMERCAPROL é indicado no tratamento de intoxicações por arsúnico, ouro e mercrio. Em intoxicações agudas por sais de mercrio, o tratamento é mais eficaz quando iniciado dentro de 1 a 2 horas após a intoxicação ; sua eficácia cessa em aproximadamente 6 horas.
também é indicado no tratamento de intoxicações por chumbo quando utilizado em conjunto com edetato dissódico de cálcio.
O uso em intoxicações por outros metais pesados como antimnio e bismuto questionível.

Efeito Colateral:

As reações mais frequentes são: taquicardia, aumento da pressão arterial, dor no local da injeção e hálito desagradável.xxx
Menos frequentemente pode ocorrer tremores, dor abdominal, dor na regio lombar, abscessos (geralmente estáreis) no local da injeção. Para evitar a formação de abscessos, deve-se administrar as injeções por via intramuscular profunda, alternando-se os locais de aplicação .

Fórmula:

Cada ampola contém:
dimercaprol .................... 100 mg

Contra indicação:

contra indicado em pessoas com insuficiência hepática (exceto nos casos de icterícia Pós-arsenical, a qual requer redução da dose).
DIMERCAPROL está contraindicado no tratamento de intoxicações por ferro, cdmio, selnio, prata ou urnio pois os complexos desses metais com dimercaprol são mais txicos que os metais isoladamente e podem causar nefrotoxicidade. também está contra indicado em intoxicações por mercrio orgânico (o dimercaprol aumenta a distribuição do mercrio no crebro) e em intoxicações por hidreto de arsnio (AsH ).
USO DURANTE A GRAVIDEZ E LACTAção
Não existem estudos de reprodução adequados e bem controlados. Não se sabe se o dimercaprol excretado no leite materno.
Portanto, DIMERCAPROL não deve ser usado durante a gravidez e lactação, a menos que, a juzo médico os benefícios potenciais superem os possíveis riscos.

Interação Medicamentosa:

Medicamentos que contém ferro não devem ser administrados conjuntamente com DIMERCAPROL, pois resultam na formação de complexo txico. a administração de ferro, quando necessária pode ser feita no mínimo 24 horas após a interrupção do tratamento com dimercaprol.

Modo de Usar:

A injeção deve ser administrada somente por via intramuscular profunda.
Para o tratamento de intoxicações leves por arsúnico ou ouro: 2,5 mg/kg, 4 vezes ao dia durante 2 dias; 2 vezes no terceiro dia e 1 vez ao dia por 10 dias.
Para o tratamento de intoxicações graves por arsúnico ou ouro: 3 mg/kg a cada 4 horas durante 2 dias; 4 vezes no terceiro dia e 2 vezes ao dia por 10 dias.
Para o tratamento de intoxicação por mercrio: 5 mg/kg inicialmente, seguido por 2,5 mg/kg, 1 ou 2 vezes ao dia durante 10 dias.
Para encefalopatia aguda causada por chumbo, administra-se uma dose de 4 mg/kg de DIMERCAPROL. após a primeira dose administra-se DIMERCAPROL e edetato dissódico de cálcio em locais diferentes a intervalos de 4 horas. Em intoxicações menos severas, a dose pode ser reduzida para 3 mg/kg após a primeira dose. O tratamento deve ser mantido por 2 a 7 dias, dependendo da resposta clínica.
O sucesso do tratamento depende do seu rpido incio, dose e intervalo de administrações adequados. Outras medidas de suporte devem sempre ser usadas em conjunto com DIMERCAPROL.

Precauções e Advertências

DIMERCAPROL deve ser usado com muito cuidado em pacientes com: hipertensão arterial, hipersensibilidade ao dimercaprol e insuficiência renal. O medicamento deve ser interrompido ou usado com extremo cuidado se, durante o tratamento, o paciente desenvolver insuficiência renal aguda.
DIMERCAPROL pode induzir hemlise em pacientes com deficiência da glicose-6 fosfato desidrogenase. Portanto, seu uso deve ser feito avaliando-se a relação risco/benefício.
A alcalinização da urina pode proteger os rins durante o tratamento pela estabilização do complexo dimercaprol-metal.

Superdosagem:

A administração de doses acima das recomendadas pode resultar nas seguintes reações, as quais são geralmente transitérias: náusea e, Às vezes, vômitos, cefaleia, sensação de queimação nos lbios, boca, garganta e Pónis, sensação de constrição ou de dor na garganta, peito ou mos, conjuntivite, lacrimejamento, espasmo palpebral, rinorria, salivação, formigamento das mos, transpiração na testa, mos e outras reas, sonolência, convulsões, dor abdominal e, ocasionalmente, abscessos estáreis dolorosos. muitos desses sintomas são geralmente acompanhados por sensação de ansiedade, fraqueza e inquietude e são geralmente aliviados pela administração de um Anti-histamínico.
Nuseas e vômitos podem ser evitados pela hidratação do paciente com líquidos por via parenteral. após melhora clínica, o paciente pode receber líquidos pela via oral.

Fabricante:

Sanofi Aventis Farmacêutica Ltda.

Rua Conde Domingos Papaiz, 413 – Suzano – SP

Serviço de Atendimento ao Consumidor:
sac.brasil@sanofi.com

Produtos Sanofi
Fone: 0800 703 00 14
(2ª à 6ª feira, das 9 às 17h)

CNPJ 02.685.377/0008 23
Indústria Brasileira

Medicamentos do mesmo fabricante:

Aas protect, Actiprofen, Actonel, Aderogil, Agreal, Allegra 60 mg, Allegra d, Allegra d, Allegra pediatrico, Allegra, Amaryl, Amitrex, Amplictil gotas, Amplictil, Anandron nilutamida, Anandron, Antigripine, Apidra solostar, Apidra, Aprovel, Aprozide, Arava, Arelix, Asafen, Asilone, Atlansil, Auditol, Avaxim, Benoflex, Besaprin, Beserol, Bgstar, Buclina, Buclivit, Cefamezin, Cefrom, Celsior, Cepacaina, Cepacol fluor, Cepacol menta, Cepacol plus advanced, Cepacol, Cepacolplus advanced, Cewin efervescente, Cewin gotas, Cewin, Ciprofibrato, Citrovit 1 g, Citrovit 2 g, Claforan, Claripex al, Clikstar, Clorana, Colestase, Colirio moura brasil, Coltrax injetavel, Coltrax, Confiare prevent, Conmel, Corastorva, Corediol, Dactil, Danatrol, Daonil, Depakine chrono 300, Depakine chrono 500, Depakine chronosphere, Depakine solucao, Depakine xarope, Depura kids, Depura, Dermacyd breeze, Dermacyd delicata, Dermacyd femina, Dermacyd infantil, Dermacyd neutralize, Dermacyd pocket delicata, Dermacyd teen fresh, Dermacyd teen sweet flower, Dermacyd, Dermatop creme, Dermatop pomada, Dermatop, Dicinone, Dienpax, Dientrin, Digesan, Dimercaprol, Diurana, Dogmatil 50 mg, Dogmatil 200 mg, Dogmatil capsulas, Dogmatil forte, Dogmatil Solução oral, Dogmatil, Dolantina, Dorico, Eloxatin, Enterogermina, Equilid 50 mg, Equilid, Eradacil, Esperson n, Esperson, Euvax, Expolid, Falmonox, Fasturtec, Franol, Fraxiparina, Frisium, Gama venina, Gino loprox, GinoLoprox, Glimepirida andissa, Glimepirida, Glucantime, Haemaccel, Halotano, Hidrastar, Hidroclorotiazida, Hidromed, Hypaque 50, Hypaque m 75, Hypaque m 76, Ibgstar, Id Flu, Immucyst, Inocor, Istivac, Jevtana, Ladogal, Lantus, Lasilactona, Lasix long, Lasix retard, Lasix solucao, Lasix, Ledopsan, Lesterol, Loprox nl, Loprox creme, Loprox, Lovenox, Lyxumia, Maalox, Matergam, Maxilase, Meloxicam winthrop 15, Meloxicam winthrop 75, Metronidazol, Miocacin, Mioflex, Mobility, Mozobil, Mucolisil, Nasacort, Novalfem, Novalgina, Oenobiol, Omeprasec, Omnipaque, Omniscan, Orastina, Oroxadin, Os cal, Pan fungex, Par, Pastilhas cepacol, Pediacel, Pentavac, Pergalen, Pertacel, Plastenan, Plavix, Plavom, Pneumo, Pneumovax 23, Prednisolon, Primacor iv, Primacor, Primeral, Primperan comprimidos, Primperan, Profenid, Protectina, Psicoglut, Puran t4, Puran, Redrate, Renagel, Rifaldin, Rifocina, Rulid 300 mg, Rulid d, Rulid, Sanofi ventis, Sculptra, Semi, Seprafilm, Seprefact depot, Skelid, Socian, Sulpan, Suprefact e, Suprefact, Sureptil, Sylador, Tamcore, Targifor c, Targifor, Targocid, Taxotere, Tetavax, Tetraxim, Thymoglobuline, Ticlid, Toplexil pediatrico, Toplexil, Trental injetavel, Trental, Triatec, Trimovax, Typhim, Ulcedine, Utrim, Valpakine, Varicela, Verorab, Vincagil, Vitawin 2, Vitawin kids, Vitawin, wintomylon, Xatral, Youtube, Zolben, Zolbenl,


Advertências:

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos:

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma:

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.