Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Dilum Retard - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo: Isoxsuprina

Classe terapêutica: Aparelho geniturinário. Medicamentos que Atuam no étero. Simpaticomimáticos.

Apresentação: 30mg Comprimidos de libertação prolongada

Indicação:

Dilum Retard é indicado em:
Ameaa de aborto e ameaa de parto pré-termo.

Antes de tomar Dilum Retard

Em que casos não deve tomar Dilum Retard
- se tem alergia (hipersensibilidade) Isoxsuprina cloridrato ou a qualquer outrocomponente de Dilum Retard;
- se tem sndroma hemorrágico agudo.

Ao tomar Dilum Retard com outros medicamentos
Não são conhecidas interações com outros medicamentos.

Gravidez e aleitamento
Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.
Registaram-se concentrações do fármaco no plasma fetal na ordem de 90% daconcentração plasmática da me. A Incidência de hipotensão e hipocalcemia nos recêm

nascidos foi de 89%e 100%, respectivamente, quando a concentração no sangueumbilical excedeu os 10 ng/ml. Os efeitos secundários observados no feto foram contudomuito raros quando a concentração no sangue umbilical foi inferior a 2 ng/ml, o quecorresponde a um tratamento com 5 horas de intervalo entre as administraçõesparentéricas I.V. ou a um tratamento oral com administrações com 12 horas de intervalo,antes do parto.
A probabilidade e a gravidade dos efeitos secundários na me parecem estar directamenterelacionadas com a dosagem e a duração do tratamento.
A isoxsuprina está indicada no tratamento da ameaa de parto pré-termo e da ameaa deaborto. Desaconselha-se a sua utilização por mulheres que amamentam.

Condução de veículos e utilização de máquinas
Não foram observados efeitos sobre a capacidade de conduzir e utilizar máquinas.

Informaçães importantes sobre alguns componentes de Dilum Retard
Dilui Retard contém lactose. Se foi informado pelo seu médico que tem intolerância aalguns açúcares, contacte-o antes de tomar este medicamento

Modo de Usar: Dilum Retard

Administrar por via oral.
Tomar Dilum Retard sempre de acordo com as Indicaçõesdo médico. Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas. A dose habitual é de 1 a 2 comprimidos de 12em 12 horas consoante a prescrição médica.

Se tomar mais Dilum Retard do que deveria
A intoxicação por dose excessiva do Dilum Retard manifesta-se com o aparecimento detaquicardia e quedas sbitas sensíveis de tensão em hipertensos.
Se tiver ingerido uma dose excessiva e verificar algum destes sintomas, deve dirigir-seimediatamente a um médico.
No caso da ingestão da dose excessiva ter ocorrido há menos de 2 horas e o doenteestiver consciente, deve induzir-se o vômito.

Centro de Informação Antivenenos do INEM (CIAV): tel. 808 250 143

Caso se tenha esquecido de tomar Dilum Retard
No caso de se esquecer de tomar uma dose, poderá tomá-la se o esquecimento for de umaou duas horas. Se tiverem passado mais de três horas, salte a dose esquecida e continue atomar a dose normal na próxima toma.
Não tome uma dose dobrada para compensar uma dose que se esqueceu de tomar.

Se parar de tomar Dilum Retard
Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médicoou farmacêutico.

Efeitos secundários possíveis

Como os demais medicamentos, Dilum Retard pode causar efeitos secundários, no entanto estes não se manifestam em todas as pessoas.

O Dilum Retard muito bem tolerado pelo trato digestivo. Poderão surgir efeitosindesejáveis, embora pouco frequentes, tais como: sensação de rubefação e calor,aumento da pulsação cardíaca.

Pode manifestar-se erupção cutânea grave. Em tal caso, deve interromper-se o tratamentoe instituir-se, se for o caso, uma terapêutica adequada.

COMO CONSERVAR Dilum Retard

Conservar a temperatura inferior a 25ºC. Conservar em local seco.

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Não utilize Dilum Retard após o prazo de validade impresso na embalagem exterior. Oprazo de validade corresponde ao últim dia do mês indicado.

Não utilize Dilum Retard se observar sinais de deterioração nos comprimidos.

Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico. Oscomprimidos não utilizados ou fora do prazo de validade devem ser devolvidos farmcia, para serem destrudos em segurança. Devolva farmcia também a embalageme os blisters vazios.
Estas medidas vo ajudar a proteger o ambiente.

Outras informações

Qual a composição de Dilum Retard
- A substância ativa é: Cloridrato de Isoxsuprina. Cada comprimido de libertaçãoprolongada contém 30 mg de cloridrato de isoxsuprina.
- Os outros componentes são: metilcelulose E4M Premium EP, lactose mono-hidratada,povidona K30 e estearato de magnésio.

Qual o aspecto de Dilum Retard e conteúdo da embalagem

Dilum Retard apresenta-se na forma farmacêutica de comprimidos de libertaçãoprolongada, brancos, redondos, cncavos e sem ranhuras, acondicionados em blister de
PVC/Alumínio. Embalagens com 20 e 60 comprimidos de libertação prolongada.

Fabricante:
Tecnifar Indústria Técnica farmacêutica, S.A.
Rua Tierno Galvan Amoreiras Torre 3 12
1099-036 Lisboa
Portugal
Tel.: 210 330 700 ? Fax: 210 330 709 ? Linha Farmacovigilância: 213 860 929
E-mail: farmalerta@tecnifar.ptwww.tecnifar.pt

Fabricante
Lusomedicamenta Sociedade Técnica farmacêutica, S.A. (Fab.)
Estrada Consiglieri Pedroso, 69 B Queluz de Baixo
2730-055 Barcarena
Portugal


Advertências:

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos:

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma:

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.