Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Dilatol - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo :Isradipina

Apresentação : SRO 5 mg cápsulas de libertação prolongada

Indicação :

Dilatol SRO inclui-se no grupo dos anti-hipertensores, bolqueadores da entrada decálcio.
A isradipina, é um anti-hipertensor pertencente a uma família de medicamentosdesignada "bloqueadores dos canais de cálcio" ou "antagonistas do cálcio". Estesmedicamentos baixam a pressão arterial, relaxam os vasos sanguíneos, aumentam oafluxo de sangue e oxignio ao coração e reduzem o seu esforo.

Dilatol SRO é indicado no tratamento da pressão arterial alta (hipertensão).

Antes de TomarDILATOL SRO

Não tome Dilatol SRO
-se tem ou teve alergia (hipersensibilidade) substâncioa ativa, isradipina, a qualqueroutro bloqueador dos canais de cálcio ou a qualquer outro componente de Dilatol SRO
-se tem dores de peito graves ou se sofreu de enfarte de miocárdio (ataque cardíaco).

Tome especial cuidado com Dilatol SRO:
-se tem doenças cardíacas graves
-se tem problemas renais ou hepáticos
-se está ou se suspeita que pode estar grávida (ver mais detalhes frente)

-se está a amamentar (ver mais detalhes frente)

Se alguma destas situações lhe for aplicvel, avise o seu médico antes de tomar Dilatol
SRO. O seu médico pode ter que lhe reavaliar o tratamento.

Crianças
A experiência da administração de Dilatol SRO nas crianças à limitada. Como regrageral, Dilatol SRO não é recomendado nas crianças, a menos que o seu médico lheprescreva especificamente.

Idosos
Se tem mais de 65 anos, o seu médico pode ter que lhe ajustar a dose.

Ao tomar Dilatol SRO com outros medicamentos:
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver tomando ou tiver tomado recentementeoutros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.

Deve avisar o médico se toma algum dos seguintes medicamentos:
-outros medicamentos utilizados para o coração,
-anticonvulsivantes (medicamentos usados na epilepsia, tais como fenitona),
-medicamentos usados no tratamento da úlcera do estômago (tal como, cimetidina),
-antibióticos (tal como a rifampicina, eritromicina e claritromicina),
-medicamentos utilizados no tratamento de infecções causadas pelo vrus do HIV/ VIH,
-medicamentos tomados por via oral utilizados no tratamento das infecções causadaspor fungos,
-fenobarbital.

Ao tomar Dilatol SRO com alimentos e bebidas
Não beba sumo de Toranja enquanto estiver a tomar Dilatol SRO. poderá aumentar aquantidade de Dilatol SRO no sangue, possivelmente até um nível perigoso.

Gravidez e aleitamento
Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.

Gravidez
Se estiver grávida ou tencionar engravidar, informe o seu médico. Não há suficienteexperiência com Dilatol SRO na gravidez. Como regra geral, Dilatol SRO não deve serutilizado nestas situações, excepto quando o médico assim o determine. O seu médicoirá avisa-la dos potenciais riscos inerentes toma de Dilatol SRO durante a gravidez.

Aleitamento:
Não amamente durante a utilização do Dilatol SRO. Se estiver a amamentar pea ao seu médico para a aconselhar.

Condução de veículos e utilização de máquinas

semelhana do que acontece com outros bloqueadores de canais de cálcio a utilizaçãode Dilatol SRO pode induzir tonturas, especialmente no incio do tratamento. Tenhaespecial atenção ao conduzir veículos ou operar com máquinas.

Modo de Usar: DILATOL SRO

Tome Dilatol SRO sempre de acordo com as Indicaçõesdo médico. Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.
A dose habitual é de 1 cápsula de 5 mg uma vez ao dia, mas o seu médico vai informlo sobre o nmero de cápsulas que deve tomar. Não exceda a dose recomendada peloseu médico.
Dependendo da sua resposta ao tratamento, o seu médico pode sugerir-lhe uma dosemaior ou menor.

Adultos
A dose recomendada 5 mg (1 cápsula de 5 mg) uma vez ao dia.
O seu médico pode decidir por uma dosagem diferente, consoante a sua idade ou setiver problemas renais ou hepáticos.

Como e quando deve tomar Dilatol SRO
Deve tomar a sua cápsula com um copo de água e engoli-la inteira sem mastigar e mesma hora todos os dias, de manhã e/ou tarde.
Durante o tratamento com Dilatol SRO importante que o seu médico verifique a suatensão arterial regularmente, particularmente quando inicia o tratamento. O seu médicopode alterar a dosagem, dependendo do modo como Dilatol SRO está a Atuar.

Duração do tratamento mdio
Dilatol SRO geralmente administrado para tratamentos a longo prazo. Lembre-se deque este medicamento não cura a sua hipertensão arterial mas ajuda a control-la. Porisso deve continuar a tomá-lo para manter a sua pressão arterial baixa. importantepara o controlo da pressão arterial não se esquecer de o tomar. Não deve parar de tomar
Dilatol SRO repentinamente.

Caso se tenha esquecido de tomar Dilatol SRO
Não tome uma dose dobrada para compensar a dose que se esqueceu de tomar. Quandose esquecer de tomar uma ou mais doses, o doente deve continuar o tratamento deacordo com o esquema estabelecido. Mas se faltarem menos de 4 horas para a próxima administração, não o faa. Neste caso, tome a próxima dose hora habitual.

Se tomar mais Dilatol SRO do que deveria
Em caso de sobredosagem, chame o seu médico imediatamente ou v urgência maispróxima. Uma situação de sobredosagem requer observação no hospital porque podeocorrer uma baixa anormal de pressão arterial.

Se parar de tomar Dilatol SRO
Se tiver que suspender o tratamento com Dilatol SRO, aconselhe-se com o seu médico,pois não deve parar, repentinamente, de tomar Dilatol SRO.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médicoou farmacêutico

Efeitos secundários possíveis

Como todos os medicamentos, Dilatol SRO pode causar efeitos secundários, no entantoestes não se manifestam em todas as pessoas. Estes são geralmente ligeiros amoderados.

Alguns efeitos podem ser graves

-erupção cutânea, comicháo, urticária, aparecimento de protuberncias na face, lnguaou outras partes do corpo, respiração ofegante ou problemas na respiração (sinais dealergia)
-dor no peito sbita e opressiva, falta de ar, dificuldade em respirar quando deitado,inchao dos Pós ou pernas, batimento cardíaco irregular (sinais de doença cardíaca)
-sangramento espontneo ou equimoses (sinais de um baixo nível de plaquetas)
-febre, irritação da garganta ou úlceras na boca devido a infecções (sinais de um baixonível de glbulos brancos)
-tonturas, tonturas severas (sinais de baixa pressão arterial)
-baixo nível de glbulos vermelhos (anemia)
-depressão

Alguns doentes experimentam fraqueza ou paralisia dos membros ou face, dificuldadeem falar, perda sbita de consciência (sinais de distúrbios do sistema nervoso, acidentevascular cerebral) durante o tratamento com Dilatol SRO.

Se apresenta algum destes efeitos, avise imediatamente o seu médico.

Alguns efeitos secundários são muito frequentes

Estes efeitos secundários podem afectar mais do que 1 em 10 doentes.
-rubor
-dores de cabeça
-edema (inchao resultante da acumulação de fluidos sobretudo nas ancas, Pós epernas).

Alguns efeitos secundários são frequentes

Estes efeitos secundários podem afectar entre 1 a 10 em cada 100 doentes.

-palpitações cardíacas (sensação de batimento cardíaco acelerado)
-tonturas
-cansaço
-desconforto abdominal.

Alguns efeitos secundários são pouco ferquentes

Estes efeitos secundários podem afectar entre 1 a 10 em cada 1000 doentes.
-aumento de peso

Alguns efeitos secundários são muito raros
Estes efeitos secundários podem afectar menos do que 1 em cada 10000 doentes.

-náuseas, vômitos
-perda de apetite
-sensibilidade cutânea diminuída
-formigueiro ou entorpecimento
-ansiedade, nervosismo
-sonolência
-afecções da visão, visão desfocada
-tosse
-sangramento, dor ou aumento das gengivas (sinais de inflamação das gengivas)
-dor de costas, cãibras musculares, dor nas articulações, dor nos membros
-incapacidade de atingir ou manter uma erecção
-aumento da glndula mamria masculina
-indisposição, fraqueza
-pele e olhos amarelecidos, náuseas, perda de apetite, urina clara (sinais de doençashepáticas)

Alguns doentes experimentam dor torácica, insônia, boca seca, obstipação, diarreia,falta de energia durante o tratamento com Dilatol SRO.

Avise o seu médico, se algum destes efeitos for grave.

5. COMO CONSERVAR DILATOL SRO

Não conservar acima de 25ºC.

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Não se esquea de verificar se o medicamento está dentro do prazo de validade inscritona embalagem.
Não utilize Dilatol SRO após o prazo de validade impresso na embalagem exterior,após ?VAL?. O prazo de validade corresponde ao últim dia do mês indicado.

Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico.
Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já não necessita.
Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.

6. Outras informações

Qual a composição de Dilatol SRO
-A substância ativa é a isradipina (uma cápsula contém 5 mg de isradipina).
-Os outros componentes são: Celulose microcristalina, palmitato de cetilo, gelatina,estearato de magnésio, metil-hidroxipropilcelulose, slica coloidal anidra, xido de ferroamarelo (E 172), dióxido de titânio, xido de ferro preto (E 172), shellac.

Qual o aspecto de Dilatol SRO e conteúdo da embalagem
A forma farmacêutica deste medicamento em cápsulas duras de libertação prolongada.
Dilatol SRO apresenta-se venda nas farmcias em embalagens contendo 10, 30 ou 60cápsulas duras de libertação prolongada.

Fabricante :

Jaba farmacêutica S/A
Rua da Tapada Grande n. 2, Abrunheira 2710-089 Sintra
Portugal

Medicamentos do mesmo fabricante :

acetilsalicilato de lisina labesfal 900, acetilsalicilato de lisina labesfal-po, acetilsalicilato de lisina labesfal, almigripe, cartivix, carvedilol jaba 625, cefuroxima jaba, ciclosporina jaba 25-mg, ciclosporina jaba 50-mg, ciclosporina jaba 100-mg, davicrome, davilose, dek, dilatol, dolomate, dormonoct loprazolam, euphon, indapamida ratiopharm, intrastigmina, lamotrigina jaba 5, lamotrigina jaba 25, lamotrigina jaba 50, lamotrigina jaba 100, lamotrigina jaba 200, lisinopril hidroclorotiazida basi, lisinopril hidroclorotiazida mepha, losartan hidroclorotiazida hipara, losartan hipara, mucocetil, nisalgen, ohb12, olfen solução, omep, pyr pam, risperidona Ratiopharm, utrogestan, virazole


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.