Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Deserila - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Metisergida.

Apresentação : Embalagem com 25 drágeas.

Indicação : Prevenção das crises recorrentes de enxaqueca, variantes de enxaqueca, cefaleia em salvas (cefaleia histamônica) e outras cefaleias vasculares.
síndrome carcinide: a diarreia conseqente responde de forma favorvel.

Efeito Colateral :

Nusea e vômito podem ocorrer com doses dentro das variações terapêuticas. Esses efeitos colaterais podem ser frequentemente atenuados pela ingestão do medicamento com alimentos. insônia, vertigem, alterações mentais discretas transitérias, reações cutâneas, edema e vasoconstrição afetando tanto artrias grandes como pequenas, podem ocorrer. Dependendo do vaso envolvido, essa complicação pode se apresentar como dor torácica, abdominal, ou extremidades frias, dormentes, dolorosas, com ou sem parestesias e pulso reduzido ou ausente. Com Administração contínua a longo prazo foram descritos casos de fibrose retroperitonial. Esse efeito colateral, no entanto, apareceu muito raramente quando o perãodo de Administração do medicamento foi menor que seis meses. Esse distúrbio geramente produz obstrução do trato urinário com sintomas como mal-estar geral, dor nas costas, dor na regio lombar, disria, oligúria, aumento do nitrognio sanguíneo, insuficiência vascular nas extremidades inferiores. Uma afecção semelhante, a fibrose pleuropulmonar, também tem sido relatada em pequeno nmero de pacientes. Os sintomas presentes podem ser dor torácica, dispnéia ou atrito pleural e derrame pleural.
Sopros cardíacos ou vasculares também foram descritos. Na Ocorrência de qualquer um desses sintomas a medicação deve ser interrompida e o médico responsável imediatamente informado. Geralmente esses sntomas regridem com a suspensão do medicamento.

Precauções :

O tratamento com DESERILA deve ser interrompido por um perãodo de 3 a 4 semanas, o mais tardar após 6 meses de tratamento; a posologia deve ser reduzida gradualmente durante as últimas 2 a 3 semanas de cada perãodo de tratamento, para evitar o aparecimento de cefaleia de rebote.
Aos primeiros sinais de transtorno da circulação perifrica, recomenda-se a imediata suspensão do medicamento.
Nos casos de síndrome carcinide, deve-se pesar o risco de efeitos colaterais devido às doses elevadas , contra o benefício terapêutico.

Fórmula :

Cada drágea contém: 1mg de metisergida.

Contra indicação :

Hipersensibilidade ao medicamento; gravidez, lactação; distúrbios vasculares perifricos, arteriosclerose progressiva, hipertensão severa, doença coronariana, lesões valvares cardíacas, flebite ou celulite das extremidades inferiores; fibrose pulmonar, colagenoses; doenças obstrutivas do trato urinário superior; caquexia ou afecções spticas.

Interação Medicamentosa :

O uso concomitante de DESERILA com agentes vasoconstritores pode resultar em vasoconstrição aumentada.

Modo de Usar :

Adultos
Prevenção da cefaleia:
1 ou 2 drágeas, duas a três vezes ao dia, s refeições.
O tratamento deve ser iniciado com dose baixa (1 drgea), aumentado-se progressivamente até atingir a dose tima.
síndrome carcinide:
Geralmente são necessárias doses elevadas. Na maioria dos casos relatados, a posologia variou de 12 mg a 20 mg por dia.
Crianças
Não se recomenda o uso de DESERILA em crianças.

Propriedades

DESERILA eficaz no tratamento preventivo da enxaqueca devido principalmente a duas propriedades:
acentuado antagonismo serotonina (inibição da ação desencadeante da dor e
do aumento da permeabilidade da serotonina);
efeito potencializador dos estémulos vasoconstritores.

Superdosagem :

Apenas alguns casos de intoxicação com deserila foram relatados.
Sintomas: cefaleia, agitação, hiperatividade; náusea, vômito, dor abdominal; midrase, taquicardia, cianose; vasoespasmo perifrico com pulso diminuído, extremidades frias.
Tratamento: o tratamento É essencialmente sintomático e de apoio, incluindo, possivelmente, lavagem gástrica, seguida de Administração de carvo ativado; para controlar a hiperatividade: diazepam; para o tratamento de vasoespasmo perifrico: vasodilatadores, como por exemplo, o nitroprussiato de sódio.

Fabricante :

Novartis Biociências S.A.

Novartis Pharma
0800-888-3003
8h às 17h
sic.novartis@novartis.com

Novartis Saúde Animal
0800-888-8280
seg. a sex., das 8h às 17h
nac.br@novartis.com

Novartis OTC
0800-775-8181
sic.novartis@novartis.com

CIBA Vision
0800-775-2422
sic.novartis@novartis.com

Sandoz
0800-400-9192
sac.sandoz@sandoz.com

Novartis é um grupo farmacêutico suíço criado em 1996 pela fusão de Ciba-Geigy e Sandoz com sede em Basileia, na Suíça. A Novartis está dividida em três grandes divisões: Pharma, Consumer Health e Sandoz.

Alguns medicamento do mesmo Fabricante :

Aclasta, Actigall, Afinitor, Agasten, Agrovet PS, Agrove, Anacyclin, Anafranil, Andursil, Apresolina, Aredia, Buspanil, Calsan, Cataflam D, Cedilanide, Cibacalcina, Cibalena A, Clofazimina, Comtan, Deserila, Desferal, Diocomb SI, Diovan Amlo, Diovan HCT, Doretrim, Estalis, Exelon, Faclor AP, Faclor, Flotac, Glyvenol, Hydergine, Leucomax, Lioresal, Locorten, Lopressor, Losalen, Lotensin H, Ludiomil, melleril, Mericomb, Merigest, Merimono, Methergin, Miflasona, Parlodel Sorol, Sandostatin, Trimedal Tosse, Xolair, Zaditen, Zelmac, Zometa, Zurcal,

Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Emagrecimento e Aumento de Massa Muscular