Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Dermonil - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Valerato de Betametasona.

Apresentações :

Creme: Caixa contendo bisnaga com 30g.
Pomada: Caixa contendo bisnaga com 30g.

Indicação : DERMONIL proporciona resposta satisfatéria e rápida nas dermatoses inflamatórias para as quais já está estabelecido o emprego da corticoterapia tópica. Dentre as Indicaçõesde DERMONIL, incluem-se: eczema, inclusive atépico, infantil, discóide, eczema de estase e prurido; psorase, exceto a psorase em placas disseminada; neurodermatoses, incluindo lquen simples, lquen plano; dermatite seborrica, intertrigo, dermatites de contato, lpus eritematoso discóide; eritroderma generalizado.
O efeito antiinflamatório do DERMONIL igualmente til para controle de picadas de inseto, queimadura solar, sudmina, prurido anovulvar, miliria rubra, e como terapêutica coadjuvante na otite externa.

Efeito Colateral :

As fórmulas de DERMONIL são geralmente bem toleradas. Caso, se revelem sinais de hipersensibilidade, interromper a aplicação imediatamente. O tratamento intenso e prolongado com preparações de corticóides potentes pode determinar alterações atróficas da pele, tais como estrias, adelgaamento da pele e dilatação dos vasos superficiais, especialmente quando se utiliza tratamento oclusico ou aplicação sobre dobras da pele.
Existem relatos de alterações na pigmentação e hipertricoses com esteroides tópicos. A exemplo de outros corticóides tópicos, o tratamento de reas extensas ou o uso de grandes quantidades pode provocar absorção sistémica suficiente para produzir sinais de hipercorticoidismo, especialmente em recêm-nascidos ou crianças, e sob tratamento oclusivo.
Nos lactentes, até a fralda pode atuar como um curativo oclusivo. DERMONIL geralmente bem tolerado, porêm se surgirem sinais de hipersensibilidade, o produto deve ser descontinuado imediatamente.

Precauções :

O uso de corticosteróides tópicos em grandes quantidades, por longo prazo e/ ou em reas extensas do corpo oferece risco de supressão adrenal, principalmente em crianças. A face, mais do que outras reas do corpo, pode mostrar alterações atróficas após o tratamento com corticosteróides tópicos potentes, fato que se deve ter em mente ao tratar condições do tipo de psorase, lpus eritematoso discóide e eczema agudo severo. Eczemas faciais brandos respondem usualmente ao tratamento com hidrocortisona tópica. Se aplicado nas Pólpebras deve-se ter cuidado para assegurar que o produto não entre em contato com os olhos, pois isto pode resultar em glaucoma. a administração tópica de corticosteróides a animais prenhes pode causar anormalidade no desenvolvimento fetal.
Embora a relevncia deste achado não tenha sido estabelecida para a esPócie humana, não é aconselhável o emprego de corticosteróides tópicos em grandes quantidades ou a longo prazo, no decorrer da gestação. Nos tratamentos oclusivos, a pele deve ser adequadamente limpa antes da aplicação de novo curativo oclusivo, a fim de evitar-se infecção bacteriana induzida pela oclusão.
Caso a mesma se desenvolva, instituir quimioterapia adequada. Qualquer disseminação infecciosa requer Administração sistémica de antimicrobianos ou interrupção da corticoterapia tópica. Os corticosteróides podem ser perigosos na psorase por uma srie de razes, que incluem recidivas-rebotes, desenvolvimento de tolerância, risco de psorase pustular generalizada e Ocorrência de toxicidade local ou sistémica devido à deficiência de barreira da pele.

Composições

Cada g de pomada contém:
Valerato de betametasona....................1mg
Excipientes: metilparabeno, propilparabeno, vaselina slida, álcool etlico.
Cada g de creme contém:
Valerato de betametasona....................1mg
Excipientes: metilparabeno, propilparabeno, polawax (uniox C), EDTA dissódico, propilenoglicol, polisorbato 80(tween 80), água deionizada.

Contra indicação :

Hipersensibilidade qualquer componente da fórmula.
Acne roscea a vulgar, dermatite perioral. Infecções cutâneas causadas por vrus.
DERMONIL não É indicado no tratamento de lesões da pele primariamente infectadas por bactrias ou fungos.
Dermatoses em crianças abaixo de um ano de idade, incluindo dermatite comum e dermatite amoniacal.

Modo de Usar :

As preparações de DERMONIL devem ser aplicadas suavemente, em pequenas quantidades, sobre a rea afetada, duas ou três vezes ao dia, até que haja melhora. A partir de então bastar, de um modo geral, uma aplicação ao dia ou em dias alternados.

Superdosagem

A superdosagem aguda muito improvável de ocorrer, entretanto, no caso de superdosagem crônica, ou pelo mau uso, pode surgir hipercorticismo e nesta situação o esteroide tópico deve ser descontinuado.

Uso em Idosos

Não existem recomendações ou cuidados especiais sobre o emprego de valerato de betametasona em pacientes idosos.

Fabricante :

Vitapan Indústria farmacêutica Ltda.

Endereço: Rua VPR 01, Quadra 02-A, Modulo 01, Daia
Anápolis - GO, 75132-020
Telefone: (62) 3902-6100
CNPJ: 30.222.814/0001-31
Industria Brasileira.

Medicamentos do mesmo fabricante :

Aceclofenaco, Alendrin, Algy Flanderil, Amlodil, Ancloric, Assedatil, Atenoclor, Baczin, Beritin BC, Binafin, Bronquil, Butacid, Cecoflan, Celoxin, Cifloxan, Cinazin, Clarivit, Clordilon, Cloridrato de Amilorida Hidroclorotiazida, Clotigen, Dermitrat, Dermonil, Descoflan, Dexamex, Dibetam, Digoxan, Dimedril, Dimenidrin, Diureclor, Doralex, Dorfenol, Doxilina, Dnergrip-C, Feldran, Ferrison, Flamalgen, Flamatrat, Fluconid, Fungitrin, Gellat, Ginecol,
  • Glicomet, Hemodase, Ivermectina, Katrizan, Lisinoprid, Lorasc, Lorasliv, Losacoron, Mebendathil, Meloflan, Micotrin, Miocardil, Mucovit, Nimelid, Nimelit, Nistagen, Panvermin, Peptovit, Permitrat, Predcort, Pressomet, Pulmotrat, Quadrineo, Renapril, Resfriol, Reumotec, Ritroxim, Secdazol, Sivastin, Soripan, Suavebaby, Sulfato de Salbutamol, Tenolon, Ulcevit, Vertizan, Vitaglos, Vital Colírio, Vitromicin,

    Advertências :

    Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

    Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

    Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

    Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

    Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

    O ministério da saúde adverte:

    A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

    Como descartar os medicamentos :

    Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

    Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

    Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

    Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

    Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

    As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

    Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

    Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

    No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

    Mantenha-o longe do alcance de crianças.

    Manuseie-o com as mãos limpas.

    Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

    O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

    Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

    Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

    Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

    Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.