Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Cronomet - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Carbidopa e L-dopa.

Classe terapêutica : Antiparkinsonianos

Apresentação : 50/200 mg Comp CT c/ 2 Str X 10.

Indicação : Doença de Parkinson idioPótica. Parkinsonismo Pós-encefaltico. Parkinsonismo sintomático (intoxicação por mangans ou monxido de carbono). Pacientes com doença de Parkinson ou parkinsonismo que usam preparações vitamônicas contendo piridoxina. Para reduzir o tempo sem tratamento (off) em pacientes previamente tratados com preparações de levodopa/inibidor da descarboxilase, ou com levodopa apenas, que apresentam flutuações motoras caracterizadas por deterioração de final de dose, discinesias de pico, acinesia ou evidências semelhantes de distúrbios motores de curta duração.

Efeito Colateral :

Em estudos clínicos controlados com pacientes com flutuações motoras moderadas ou intensas, Cronomet não produziu efeitos colaterais que fossem prprios da formulação de liberação controlada. O efeito colateral relatado mais frequentemente foi a discinesia (uma forma de movimento anormal involuntário). Incidência um pouco maior de discinesias foi encontrada com Cronomet, em relação a Sinemet, devido à diminuição do tempo sem tratamento (off), que substituído pelo tempo com droga (on) (que algumas vezes é acompanhado por discinesias). Outros efeitos colaterais relatados frequentemente foram: náuseas, alucinações, confusão, tonturas, coria e boca seca. Efeitos colaterais que ocorreram menos frequentemente foram: alterações dos sonhos, distonia, sonolência, insônia, astenia, depressão, vômitos e anorexia. Efeitos colaterais observados raramente foram: cefaleia, fenmenos on-off, obstipação, desorientação, parestesias, dispnéia, fadiga, efeitos ortostáticos, palpitações, dispepsia, dor gastrintestinal, cãimbras musculares, distúrbios e movimentos extrapiramidais, redução da acuidade mental, dor torácica, diarreia, perda de peso, agitação, distúrbios da ansiedade, queda, anormalidades da marcha, visão embaraada. estáo listados abaixo outros efeitos colaterais relatados com levodopa ou combinações levodopa-carbidopa que são efeitos colaterais potenciais de Cronomet: sistema nervoso: ataxia, entorpecimento, aumento do tremor das mos, contrações musculares, blefarospasmo, cãimbras, trismo, ativação de síndrome de Horner latente. Psiquitricos: sonolência, euforia, ideação paranide, demncia e episódios psicóticos. Gastrintestinais: gosto amargo, sialorria, disfagia, bruxismo, soluos, sangramento gastrintestinal, flatulência, sensação de queimação na lngua e desenvolvimento de úlcera duodenal. Cardiovasculares: irregularidades cardíacas, hipertensão, flebite. Tegumentários: rubor facial, sudorese aumentada, suor escuro, erupção cutânea, queda de cabelo. Urogenitais: retenção urinária, incontinncia urinária, urina escura, priapismo. Sentidos especiais: diplopia, midrase, crises oculgiras. Vários: fraqueza, desmaios, fadiga, cefaleia, rouquidão, mal-estar, fogachos, sensação de estimulação, padres respiratérios bizarros, hipertensão, flebite, síndrome neurolptica maligna, melanoma maligno, leucopenia, anemia hemoltica e não hemoltica, trombocitopenia, agranulocitose. Ocorreram convulsões, entretanto, não foi estabelecida uma relação causal com a levodopa ou combinações carbidopa-levodopa. Testes de Laboratórios: os testes de Laboratórios relatados como anormais foram fosfatase alcalina, TGO, TGP, desidrogenase ltica, bilirrubinas, nitrognio urico e teste de Coombs.

Fórmula :

Cada comprimido contém: carbidopa 50 mg,levodopa 200 mg.

Contra indicação :

Não se deve usar simultaneamente inibidores da monoaminoxidase e Cronomet (exceto doses baixas de inibidores da MAO-B): esses inibidores devem ser interrompidos 2 semanas antes de se iniciar o tratamento com Cronomet. Cronomet É contra indicado em pacientes com notria hipersensibilidade a este medicamento e no glaucoma de ângulo estreito. Dada a possibilidade de a levodopa ativar o melanoma maligno, o produto não deve ser utilizado em pacientes com lesões cutâneas suspeitas ou não diagnosticadas, ou com história de melanoma.

Modo de Usar :

Os comprimidos de Cronomet contém uma relação de 1:4 de carbidopa para levodopa (carbidopa 50 mg/levodopa 200 mg por comprimido). A posologia diária de Cronomet deve ser determinada através da titulação cuidadosa. Os pacientes devem ser monitorizados rigorosamente durante o perãodo de ajuste das doses, particularmente em relação ao aparecimento ou piora de náuseas ou movimentos involuntários anormais, incluindo discinesias, coria e distonia. Cronomet pode ser administrado inteiro ou em metades. Para que as propriedades de liberação controlada do produto sejam mantidas, os comprimidos não devem ser mastigados ou esmagados. As drogas antiparkinsonianas padres, que não a levodopa isoladamente, podem ser continuadas durante Cronomet apesar de a posologia poder necessitar de algum ajuste. Como a carbidopa previne a reversão dos efeitos da levodopa causados pela piridoxina, Cronomet pode ser dado a pacientes que recebam suplementos de piridoxina (vitamina B6). Posologia inicial: pacientes em tratamento com combinações convencionais de levodopa e inibidores da descarboxilase. A posologia de Cronomet deve ser ajustada para fornecer aproximadamente 10% a mais de levodopa por dia, embora possa ser preciso aument-la para até 30% a mais de levodopa, dependendo da resposta clínica. O intervalo entre as doses de Cronomet deve ser de 4 a 8 horas, durante o dia. Segue abaixo um guia para se iniciar o tratamento com Cronomet: diretrizes para conversão inicial de um inibidor da descarboxilase + levodopa para Cronomet: inibidor da descaboxilase/levodopa (dose diária toral* de levodopa em mg) x Cronomet 50/200 (esquema sugerido): 300-400: 1 comprimido 2 vezes/dia. 500-600: 11/2 comprimido 2 vezes/dia ou 1 comprimido 3 vezes/dia. 700-800: 4 comprimidos no total divididos em 3 tomadas (+). 900-1000: 5 comprimidos no total divididos em 3 ou mais tomadas (++). (*) Para outras posologias não apresentadas na tabela, veja acima Posologia Inicial - Pacientes em tratamento com combinações convencionais de levodopa e inibidores da descarboxilase. (+) Por exemplo: 1 1/2 - 1 1/2 - 1. (++) Por exemplo: 2 - 2 - 1. Pacientes em tratamento com levodopa isoladamente: a levodopa deve ser descontinuada pelo menos 8 horas antes do incio da terapia com Cronomet. Em pacientes com doença leve a moderada, a dose inicial recomendada é de 1 comprimido de Cronomet 2 a 3 vezes ao dia. Pacientes que não recebem levodopa: em pacientes com doença leve a moderada, a dose inicial recomendada é de 1 comprimido de Cronomet 2 a 3 vezes ao dia. Posologias iniciais não devem exceder a 600 mg por dia de levodopa, nem serem dadas em intervalos menores de 6 horas. Titulação: após o incio da terapia, as doses e o intervalo podem ser aumentados ou diminuídos, dependendo da resposta terapêutica. A maioria dos pacientes é adequadamente tratada com 2 a 8 comprimidos por dia, administrados em doses divididas a intervalos variando de 4 a 12 horas, durante o dia. Doses maiores (até 12 comprimidos) e a intervalos mais curtos (menores do que 4 horas) foram utilizadas, mas não são geralmente recomendadas. Quando as doses de Cronomet são dadas em intervalos menores do que 4 horas, ou quando as doses divididas não forem iguais, recomenda-se que as doses menores sejam dadas no final do dia. Em alguns pacientes, o incio do efeito da primeira dose da manhã pode ser retardado por até uma hora, em comparação com a resposta individualmente obtida com a primeira dose matinal de Sinemet. recomendado o intervalo de pelo menos 3 dias entre os ajustes das doses. Manutenção: como a doença de Parkinson progressiva, avaliações periódicas são recomendadas e ajustes do regime posológico de Cronomet podem ser necessários. Adição de outras medicações antiparkinsonianas: agentes anticolinrgicos, antagonistas da dopamina e amantadina podem ser dados com Cronomet. Ajustes posológicos de Cronomet podem ser necessários, quando estes agentes são adicionados a um tratamento preexistente com Cronomet. Interrupção da terapia: os pacientes devem ser observados cuidadosamente se for necessária redução abrupta ou descontinuação de Cronomet, especialmente naqueles que recebem neurolpticos. Se for necessária anestesia geral, Cronomet pode ser continuado enquanto for permitido ao paciente tomar medicações orais. Se a terapia for interrompida temporariamente, a posologia usual deve ser administrada to logo o paciente possa tomar medicação oral.

Fabricante :

Merck S.A. Indústrias Químicas

Estrada dos Bandeirantes, 1099
Jacarepaguá – Rio de Janeiro - RJ - Brasil
Tel.: +55 (21) 2444-2000
Fax: + 55 (21) 2444-2060

SAC Farmacêutica - 0800 727 7293
contato.merck@merck.com.br
SAC Química - 0800 727 7292
quimica@merck.com.br

Medicamentos do mesmo fabricante :

Aciclovir, Adronat 70 mg, Adronat, Alergomed, Alginac, Arcoxia, Asalit, Asmalergin, Biconcor, Bionorm, Cebion 500 mg, Cebion, Cestox, Cetirizina Mylan, Chibroxin, Cisticid, Clinfar, Co Renitec, Concor, Cronodipin, Cronomet, Dancor, Denapril, Diclin, Droptison, Elas, Emecort, Endrox, Euthyrox, Eutirox, Fem 7, Flaxin, Flogan AI, Flogan, Floratil, Floxacin, Fosamax 5, Fosamax, Glifage 850 mg, Glifage, Glucophage, Gludon, Hyzaar, Iloban, Kiadon 80 mg, Kiadon, Laxtam, Lipril 5, lipril 20, Lisinopril Mylan, Lisinopril, Loratadina, Lortaan 100, Lortaan, Maxalt 2, Maxalt, Mefoxin, Metformed, Mevacor, Midecamin, Mucoflux, Neobar, Nutrizim, Olfen Gel, Omcilon A M, Pan Emecort, Paracetamol, Pinapaz, Piroxicam, Plenax, Propecia, Proscar, Psiquial, Renitec, Roxflan, Septopal, Singulair, Tornassol, Vaqta, Vioxx, Zocor,

Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Emagrecimento e Aumento de Massa Muscular