Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Coversyl- 2,5 mg / 5 mg / 10 mg - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Perindopril

Apresentação : 2,5 mg / 5 mg / 10 mg

Comprimido revestido por película

Indicação :

COVERSYL é um inibidor da enzima de conversão da angiotensina (ECA). Estes medicamentos Atuam dilatando os vasos sanguíneos, sendo mais fcil para o coração bombear o sangue.

COVERSYL é usado:

-para tratar a pressão sanguínea elevada (hipertensão),

-para reduzir o risco de eventos cardíacos, tais como ataques de coração, em doentes com doença arterial coronária estável (uma condição em que o fornecimento de sangue para o coração está reduzido ou bloqueado) e que já sofreram um ataque cardíaco e/ou uma operação para melhorar o fornecimento de sangue ao coração por dilatação dos vasos que o fornecem.

2.ANTES DE TOMAR COVERSYL

Não tome COVERSYL

  • se tem hipersensibilidade ao perindopril, a qualquer outro inibidor da ECA ou a qualquer um dos outros componentes de COVERSYL,
  • se está grávida ou a amamentar,
  • se já teve sintomas, tais como respiração ofegante, inchao da face ou lngua, coceira intensa ou erupções cutâneas graves com um tratamento anterior com um inibidor ECA ou se teve estes sintomas em qualquer outra circunstância (uma condição chamada angioedema),
  • COVERSYL não é recomendado para uso em crianças e adolescentes.
  • Tome especial cuidado com COVERSYL

    Se algum das seguintes condições se aplicar a si fale com o seu médico antes de tomar COVERSYL:

    -se tem estenose da aorta (aperto do principal vaso que leva o sangue para o coração) ou hipertrofia cardiomioPótica (doença do mêsculo cardíaco) ou estenose da artria renal (aperto da artria que fornece o sangue aos rins),

    -se tiver outros problemas cardíacos,

    -se tiver problemas hepáticos,

    -se tiver problemas renais ou se está a fazer dilise,

    -se sofre de doença colagenovascular (doença do tecido conjuntivo) tal como lpus sistémico, eritematoso ou escleroderme, -se tem diabetes,

    -se estiver num regime dietético restritivo em sal ou usar substitutos do sal que contém potássio,

    -se tiver que receber anestesia e/ou uma cirurgia maior,

    -se tiver que receber aferese LDL (remoção do colesterol do seu sangue por uma máquina),

    -se estiver a receber tratamento para o tornar menos sensível aos efeitos duma alergia a picadas de abelhas ou vespas,

    -se sofreu recentemente de diarreia ou vômitos,

    -se foi informado pelo seu médico que tem intolerância a alguns açucares.

    Tomar COVERSYL com outros medicamentos

    Informe o seu médico ou se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica. O tratamento com COVERSYL pode ser afectado por outros medicamentos. Estes incluem:

    -outros medicamentos para a pressão sanguínea alta, incluindo diuréticos (medicamentos que aumentam a quantidade de urina produzida pelos rins) -diuréticos poupadores de potássio (espironolactona, triamtereno), suplementos de potássio ou substitutos do sal contendo potássio, -lítio para mania ou depressão,

    -medicamentos anti-inflamatórios não esteroides (ex: ibuprofeno) para alívio da dor, ou aspirina em alta dose,

    -medicamentos para tratar a diabetes (tal como insulina),

    -medicamentos para tratar perturbações mentais tal como depressão, ansiedade, esquizofrenia etc (ex: antidepressivos tricclicos, antipsicóticos),

    -imunosupressores (medicamentos que reduzem o mecanismo de defesas do organismo) usados para o tratamento de alterações auto-imunes ou em seguida a cirurgia de transplante (ex: ciclosporina),

    -alopurinol (para tratamento da gota),

    -procainamida (para o tratamento do batimento cardíaco irregular), -vasodilatadores incluindo nitratos (medicamentos que dilatam os vasos sanguíneos), -heparina (medicamento usado para tornar o sangue mais fluido), -medicamentos usados para o tratamento da pressão sanguínea baixa, choque ou asma (ex: efedrina, noradrenalina ou adrenalina).

    Tomar COVERSYL com alimentos e bebidas

    preferível tomar COVERSYL antes duma refeição.

    Gravidez e aleitamento

    Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento. Não tome COVERSYL se estiver grávida ou a planear uma gravidez ou se estiver a amamentar (ver “Não tome “COVERSYL).

    Condução de veículos e utilização de máquinas

    COVERSYL não afecta a vigilância mas, devido à descida da pressão arterial, podem ocorrer tonturas ou cansaço em alguns doentes.

    Se for afectado por estas situações, a sua capacidade para conduzir ou utilizar máquinas pode diminuir.

    Informaçães importantes sobre alguns ingredientes de COVERSYL

    COVERSYL contém lactose monohidratada. Se foi informado pelo seu médico que tem alguma intolerância a alguns açúcares, contacte-o antes de tomar este medicamento.

    3.COMO TOMAR COVERSYL

    Tome COVERSYL sempre de acordo com as instruções do médico. Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas. Tome o comprimido inteiro com um copo de água, de pReferência todos os dias mesma hora, de manhã e antes duma refeição. O seu médico decidirá da dose correcta. As doses habituais são as seguintes:

    Pressão sanguínea elevada: a dose inicial usual e de manutenção 5 mg uma vez por dia. após 1 mês de tratamento a dose pode ser aumentada, se necessário, para 10 mg uma vez por dia.10 mg por dia é a dose máxima recomendada para o tratamento da pressão sanguínea elevada.

    Se tem 65 anos ou mais, a dose inicial usual 2,5 mg uma vez por dia. após 1 mês de tratamento pode ser aumentada para 5 mg uma vez por dia e, se necessário para 10 mg uma vez por dia.

    Doena arterial coronária estável: a dose inicial usual 5 mg uma vez por dia. após duas semanas, pode ser aumentada para 10 mg uma vez por dia, que é a dose máxima recomendada para esta indicação .

    Se tem 65 anos ou mais, a dose inicial usual 2,5 mg uma vez por dia. após uma semana de tratamento pode ser aumentada para 5 mg uma vez por dia e mais tarde para 10 mg uma vez por dia.

    Se tomar mais COVERSYL do que deveria

    No caso de ter tomado mais comprimidos deve contactar o servio de urgência mais próximo ou falar imediatamente com o seu médico. O sintoma mais associado a uma sobredosagem é uma descida da pressão sanguínea que pode causar sensação de vertigem ou de desmaio. Se isto acontecer, deitar-se com as pernas elevadas pode ajudar.

    Caso se tenha esquecido de tomar COVERSYL

    importante tomar o seu medicamento diariamente. No entanto se se esqueceu de tomar uma dose de COVERSYL, tome a próxima dose hora habitual. Não tome nunca o dobro da dose para compensar a dose que se esqueceu de tomar.

    Se parar de tomar COVERSYL

    Como o tratamento com COVERSYL é normalmente um tratamento prolongado, deve falar com o seu médico antes de parar a toma deste medicamento. Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico ou farmacêutico.

    4.EFEITOS secundários COVERSYL

    Como os demais medicamentos, COVERSYL pode causar efeitos secundários, no entanto estes não se manifestam em todas as pessoas. Estes podem incluir:

    -Frequentes (ocorrem em menos de 1 em cada 10 doentes, mas em mais de 1 em cada 100 doentes): dor de cabeça, tontura, vertigem, picadas e formigueiro, distúrbios de visão, zumbidos, atordoamento devido à descida da pressão arterial, tosse, falta de ar, alterações gastrointestinais (náuseas, vômitos, desconforto abdominal, alteração do paladar, dispepsia ou dificuldade de digestáo, diarreia, obstipação), reações alérgicas (tais como erupções cutâneas, comicháo) cãibras, sensação de cansaço, -Pouco frequentes (ocorrem em menos de 1 em cada 100 doentes, mas em mais de 1 em cada 1000 doentes): alteração do humor ou perturbações do sono, broncoespasmo (aperto do peito, respiração ofegante e falta de ar), secura de boca, angioedema, urticária, problemas renais, impotncia, sudação,

    -Muito raros (ocorrem em menos de 1 em cada 10000 doentes): confusão, alterações cardiovasculares (batimento cardíaco irregular, angina, ataque cardíaco e acidente cardio-vascular), pneumonia eosinfila (um tipo muito raro de pneumonia), rinite (nariz entupido ou a pingar), eritema multiforme, alterações sanguíneas, do Póncreas ou do fgado.

    Pare imediatamente a toma do medicamento e fale com o seu médico se sentir algum dos seguintes efeitos: inchao da face, lbios, boca, lngua ou garganta, dificuldade em respirar, graves vertigens ou desmaio, batimentos cardíacos rpidos ou irregulares.

    Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar efeitos secundários não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

    COMO CONSERVAR COVERSYL

    Manter fora do alcance e da vista das crianças.

    Não utilize COVERSYL após o prazo de validade impresso na embalagem exterior. O prazo de validade corresponde ao últim dia do mês indicado. Mantenha o recipiente bem fechado para proteger da humidade.

    Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já não necessita. Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.

    6.Outras informações

    Qual a composição de COVERSYL

    -A substância ativa é perindopril arginina.

    -Os outros componentes no Núcleo do comprimido são: lactose monohidrato, estearato de magnésio (E470B), slica coloidal hidrofoba, maltodextrina, amido glicolato de sódio (tipo A) e no revestimento por película: glicerol (E422a), hipromelose (E464), cobre clorifilina (E141 ii), macrogol , estearato de magnésio (E470B), dióxido de titânio (E171).

    Qual o aspecto de COVERSYL e conteúdo da embalagem

    Os comprimidos são verdes, redondos, biconvexos, revestidos por película, gravados com v numa face e ^ na outra.

    Os comprimidos estáo disponíveis em recipientes de 5, 10, 14, 20, 30, 50, 60, 90, 100, 120 ou 500 comprimidos.

    É possível que não sejam comercializadas todas as Apresentações.

    Fabricante :

    Servier Portugal Especialidades farmacêuticas, Lda.

    Avenida Antônio Augusto de Aguiar, 128

    Lisboa

    Tel: 21 312 20 00 Fax: 21 312 20 91

    E-mail:servier.portugal@pt.netgrs.com Fabricantes


    Advertências :

    Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

    Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

    Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

    Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

    Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

    O ministério da saúde adverte:

    A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

    Como descartar os medicamentos :

    Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

    Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

    Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

    Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

    Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

    As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

    Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

    Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

    No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

    Mantenha-o longe do alcance de crianças.

    Manuseie-o com as mãos limpas.

    Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

    O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

    Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

    Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

    Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

    Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.