Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

CIM Efervescente - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Cimetidina

Apresentação : comprimido efervescente

Os outros componentes são a hidroxipropilcelulose, dihidrogeno de citrato de sódio, benzoato de sódio, polietilenoglicol 6000, ciclamato de sódio, aspartame, sacarina sódica, aroma a laranja 54206 AP 0551, aroma a banana 54330 AP 0551, essência de Damasco 52247 AP 0551, binário efervescente fabricado a partir de: ácido cítrico anidro, bicarbonato de sódio e água purificada (eliminados durante o processo de fabrico).

O que é CIM E para que é utilizado

O CIM É um medicamento antagonistas dos receptores H2.

Forma farmacêutica e conteúdo:

Comprimidos efervescentes doseados a 800 mg de cimetidina, em embalagens de 10 e 30 comprimidos.

Indicação :

Cim Atua reduzindo a quantidade de suco gástrico (ácido no estômago) e ajuda a proteger o tecido que reveste a parede interior do estômago.

Cim é indicado:

- No tratamento e prevenção das úlceras no estômago e duodeno e na prevenção da hemorragia provocada pela úlcera.

- No refluxo gastro esofgico, na gastrite e em sintomas como azia e dor de estômago;

- Em situações em que a secreção de ácido pelo estômago excessiva e indesejável;

-é antes da administração de um anestásico geral;

- Em doenças do Póncreas tratadas com suplementos enzimáticos;

- Em perturbações gástricas ou duodenais (úlceras ou ulcerações) associadas a medicamentos do tipo dos anti-reumatismais (anti-inflamatórios).

Antes de tomar CIM

Contra-indicações:

CIM está contra indicado caso seja alérgico à substância ativa ou a qualquer outro componente do medicamento.

Tome especial cuidado com CIM:

Deverá avisar o médico se tiver dor de estômago persistente, outras queixas, ou se tiver emagrecimento recente, especialmente os doentes idosos ou de meia idade.

Efeitos em Crianças, Idosos e Doentes com Patologias Especiais:

CIM pode ser administrado a crianças (ver Modo de Usar: CIM). No entanto, não se recomenda a utilização como rotina em crianças com idade inferior a 16 anos.

Se tiver uma doença de rins diga-o ao médico antes de tomar Cim. A dose do medicamento pode necessitar de ser ajustada.

Se está a fazer hemodilise, os comprimidos devem ser tomados após a sessão de dilise.

Os comprimidos efervescentes doseados a 800 mg contém 423 mg de sódio (sal), por comprimido, pelo que não devem ser administrados a doentes que tenham que fazer dieta com pouco sal (ex. certas doenças do fgado, hipertensão).

Os comprimidos efervescentes contém aspartame (fonte de fenilalanina) pelo que não devem ser administrados a doentes com fenilcetonria.

Gravidez:

Tal como acontece com qualquer outro medicamento, CIM só deve ser administrado durante a gravidez se prescrito pelo médico assistente.

Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.

Aleitamento:

Regra geral deve evitar-se o aleitamento durante o tratamento com CIM. Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.

Condução de veículos e utilização de máquinas:

O Cim não interfere com a condução de veículos nem com a utilização de máquinas.

Tomar CIM com outros medicamentos:

Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver tomando ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos sem receita médica.

Alguns medicamentos podem provocar efeitos indesejáveis se forem associados a Cim. Tenha a certeza de que o médico sabe todos os medicamentos que está a tomar, em especial:

  • Medicamentos com ação na coagulação do sangue (anticoagulantes)
  • Medicamentos para a epilepsia (anti-epilpticos)
  • Medicamentos para a asma tomados por via oral (anti-asmáticos)
  • Anti-reumatismais (anti-inflamatórios)
  • Medicamentos para a tensão arterial ou para o coração
  • Medicamentos com ação no sistema nervoso central
  • Se está a tomar antiácidos, deve tomá-los pelo menos 1 hora antes ou depois de tomar CIM. CIM pode reduzir a absorção de alguns medicamentos. Se está a tomar cetoconazol deve tomá-lo 2 horas antes ou depois de tomar CIM.

    COMO TOMAR CIM

    Siga sempre as instruções do seu médico sobre como e quando tomar Cim. O médico decidirá quantos comprimidos ter que tomar, e por quanto tempo.

    A posologia depende da indicação , das condições gerais do doente e da resposta ao tratamento. Os comprimidos efervescentes devem ser totalmente dissolvidos em água antes de serem tomados.

    Deve tomar os comprimidos mesma hora todos os dias. Os alimentos não interferem com a administração de Cim.

    Adultos:

    A dose usual nos adultos de 800 mg (um comprimido efervescente) por dia. Em certos casos a dose recomendada varia entre 800 e 1600 mg diários ou pode até ser bastante superior, de acordo com a indicação e as necessidades de cada doente. O seu médico poderá indicar uma dose diferente.

    Siga sempre as instruções do seu médico.

    Crianças:

    Cim pode ser administrado por via oral a crianças. No entanto, nas crianças cujo peso corporal não permita a administração de Cim por via oral, Deverá ser utilizado Cim por via Injetável. Na eventualidade de ser necessário utilizar CIM recomendado uma toma de 4 em 4 ou de 6 em 6 horas num total de:

    - 20-25 mg/Kg/dia em crianças de 1 12 anos;

    - 20 mg/Kg/dia em crianças de Idade inferior a 1 ano;

    - 10-15 mg/Kg/dia em recêm-nascidos.

    Outros:

    Em doentes com problemas de fgado ou rins a posologia deve ser sempre a indicada pelo médico. O médico poderá ter necessidade de reduzir a dose habitualmente recomendada.

    Duração média da terapêutica:

    A duração da terapêutica com Cim deve ser sempre fixada pelo médico assistente. Nas situações agudas, a duração média do tratamento varia entre 4 e 8 semanas, sendo frequente, na esofagite de refluxo, prolongar-se por 12 semanas.

    Nas situações que requerem terapêutica de manutenção, a sua duração estabelecida em função da patologia e das condições individuais do doente.

    Se tomar mais CIM do que deveria:

    Com doses até 20 g não foram referidos efeitos secundários significativos. Nas situações de sobredosagem deve fazer-se a indução do vômito e/ou lavagem gástrica, juntamente com uma terapêutica sintomática e de suporte. Não há antídoto específico.

    No caso de ter tomado de uma s vez uma grande quantidade de comprimidos deve procurar assistência médica de imediato. Mostre ao médico a embalagem de comprimidos.

    Caso se tenha esquecido de tomar CIM:

    Se se esqueceu de tomar um comprimido de Cim tome-o logo que se lembre.

    Tome a dose seguinte no horrio habitual e depois continue normalmente o tratamento.

    Efeitos secundários possíveis

    Como os demais medicamentos, CIM pode ter efeitos secundários.

    têm sido referidos, ainda que raramente, diarreia, cansaço, dor de cabeça, dores musculares e tonturas. Se estes sintomas se agravarem ou se ficar preocupado com qualquer outro sintoma enquanto estiver a tomar o medicamento, deve procurar o médico.

    Raramente, Cim pode ser associado a efeitos secundários mais graves tais como erupções (manchas) extensas na pele, sensações de queimadura, picada ou formigueiro ou ainda alterações do ritmo cardíaco e certas alterações sanguíneas, como por exemplo anemia.

    Raramente podem surgir outros efeitos secundários graves, tais como erupção da pele com prurido (comicháo), edema (inchao) da face ou dificuldade em respirar. Se qualquer destes sintomas ocorrer procure imediatamente assistência médica.

    Raramente também poderão ocorrer febre, queda de cabelo, confusão (geralmente em doentes mais idosos ou mais debilitados) e alterações no funcionamento dos rins e fgado ou no Póncreas. Estas situações são normalmente transitérias e tendem a normalizar quando se interrompe o medicamento.

    Em alguns doentes do sexo masculino a fazer Cim pode ocorrer aumento das glndulas mamrias e foram referidos casos raros de problemas sexuais. Estes efeitos desaparecem com a suspensão do medicamento.

    Caso detecte efeitos secundários não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

    Conservação DE CIM

    Manter fora do alcance e da vista das crianças.

    Não conservar acima de 25ºC.

    Conservar na embalagem de origem para proteger da luz. Não utilize CIM após expirar o prazo de validade indicado na embalagem.

    Fabricante :

    Decomed farmacêutica, S.A.

    Rua Sebastio e Silva, n 56 2745-838 Massam

    Advertências :

    Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

    Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

    Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

    Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

    Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

    O ministério da saúde adverte:

    A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

    Como descartar os medicamentos :

    Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

    Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

    Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

    Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

    Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

    As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

    Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

    Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

    No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

    Mantenha-o longe do alcance de crianças.

    Manuseie-o com as mãos limpas.

    Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

    O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

    Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

    Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

    Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

    Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

    Emagrecimento e Aumento de Massa Muscular