Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Ciclo 21 - Bula

Bula do contraceptivo utilizado por muitas mulheres, indicado para a prevenção da gravideze e controle de insuficiência ovariana.

Princípios ativos : Etinilestradiol e Norgestrel.

Classe Terapêutica: Anticoncepcional

Apresentação : Comprimidos: Cartucho com 3 blisters de 21 comprimidos.

Indicação : Na prevenção de gravidez e no controle de irregularidades menstruais (nas insuficiências ovarianas, hemorragia uterina disfuncional, amenorreias de causa funcional, esterilidade por anovulação, distúrbio do ciclo menstrual e dismenorreia)

Efeito Colateral :

Náuseas e(ou) vômitos, que são usualmente as reações adversas mais comuns. distúrbios gastrintestinais, como empachamento e célicas abdominais; alterações no fluxo menstrual; dismenorreia; cloasma ou melasma, que podem ser persistentes; alterações mamárias, incluindo sensibilidade, aumento ou secreção; alteração de peso; erupção cutânea (alérgica); candidíase vaginal; alterações de curvatura de córnea; intolerância a lentes de contato.

Fórmula :

Cada comprimido de CICLO 21 contém: Levonorgestrel 0,15 mg; Etinilestradiol 0,03 mg.

Contra indicação :

Não deve ser utilizado em mulheres que apresentam: tromboflebite ou distúrbios tromboembólicos, ou antecedentes de tromboflebite; doença vascular cerebral ou coronariana; carcinoma mamário ou dos genitais confirmado ou suspeito; neoplasia estrognio-dependente; sangramento genital anormal de causa indeterminada; gravidez confirmada ou suspeita; antecedente de tumor hepático benigno ou maligno; distúrbios da função hepática intensos; distúrbio do metabolismo lipóidico; antecedente; da herpes gestacional; diabetes com alterações vasculares; otosclerose agravada durante a gravidez; e anemia falsiforme.

O uso do CICLO 21 deve ser interrompido imediatamente quando ocorrerem: Instalação de enxaqueca ou agravamento das cefaleias já preexistentes; distúrbios agudos da visão, audição ou outras disfunções perceptivas; primeiros sintomas de tromboflebite ou tromboembolismo; desenvolvimento de icterícia (colestase), hepatite ou prurido generalizado; aumento de frequência da ataques epiléticos; elevação significativa da pressão arterial; gravidez.

Modo de Usar :

Para obter-se o máximo de eficácia contraceptiva, CICLO 21 deve ser administrado conforme as instruções, a intervalos diários que não excedam 24 horas. As pacientes devem ser instruídas a tomar os comprimidos sempre mesma hora do dia, preferencialmente após o jantar ou ao deitar.

Primeiro ciclo: Durante o primeiro ciclo de tratamento, a paciente deve ser instruída para tomar um comprimido de CICLO 21 diariamente, durante 21 dias consecutivos, iniciando no 5 dia do ciclo menstrual (o primeiro dia do sangramento é considerado o 1 dia da menstruação). Passado este período, a administração deve ser suspensa durante 7 dias. A hemorragia por supressão deve ocorrer dentro de 3 dias após a ingestão do último comprimido.

Ciclos seguintes: A paciente deve reiniciar a medicação no oitavo dia após ter tomado o último comprimido, procedimento este que Deverá ser repetido em todos os ciclos subsequentes, mesmo que a hemorragia por supressão esteja em curso. Desta maneira, cada ciclo de 21 dias de tratamento com CICLO 21 inicia-se sempre no mesmo dia da semana. CICLO 21 eficaz somente se administrado conforme as instruções. Quando se inicia tratamento após o dia recomendado ou no período Pós-parto, deve-se adicionalmente recorrer a um método mecânico (de barreira) de contracepção até que se tenha tomado CICLO 21 durante 14 dias consecutivos. Nestas situações deve ser considerada a possibilidade de ovulação e concepção antes do incio da tomada dos comprimidos.

A paciente que está mudando de outro contraceptivo para CICLO 21 deve iniciar o tratamento no mesmo dia em que iniciaria a próxima cartela do outro contraceptivo oral. No primeiro ciclo de tratamento, deve-se utilizar adicionalmente um método mecânico (de barreira) de contracepção até que se tenha administrado CICLO 21 durante 14 dias.

Caso ocorra sangramento intermenstrual transitório, a paciente deve ser instruída para continuar a medicação , uma vez que tal sangramento geralmente carece de importância clínica. Se a hemorragia for recorrente, persistente ou prolongada, o médico deve ser informado. Quando a paciente esquecer de tomar um ou dois comprimidos consecutivos, deve tomá-lo (s) to logo se lembre, tomando o seguinte no horário habitual. Nestes casos deve a paciente utilizar adicionalmente um método mecânico de contracepção até que tenha tomado CICLO 21 por 14 dias consecutivos, ou até concluir o tratamento daquele mês, caso existam menos de 14 comprimidos a serem tomados. Caso a paciente esqueça de tomar três comprimidos consecutivos, deve-se interromper o tratamento com CICLO 21 e descartar os comprimidos restantes.

Novo tratamento deve ser iniciado no 8 dia após ter sido administrado o último comprimido. Deve-se usar método mecânico de contracepção até que se tenham tomado 14 comprimidos consecutivos.

No caso de não ocorrer hemorragia por supressão e os comprimidos terem sido administrados corretamente, pouco provável que tenha havido concepção, mesmo assim CICLO 21 não Deverá ser reiniciado até que procedimentos diagnósticos excluam a possibilidade de gravidez. Caso a paciente não tenha utilizado CICLO 21 corretamente (esquecimento, inicio do tratamento após o dia recomendado), a possibilidade de gravidez deve ser considerada antes de reiniciar o tratamento.

Fabricante :

União Química Farmacêutica Nacional S.A.
Endereço: Avenida do Café, 277
São Paulo - SP, 04311-000
Telefone:(11) 5586-2000
SAC : 0800 11 15 59

Remédios do mesmo fabricante :


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada.

Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.