Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Cerebrolysine - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Hidrolisado cerebral de porco

Apresentação :

Cerbon-6 apresenta-se na forma farmacêutica de comprimidos revestidos, acondicionados em Blister de PVC/Alu. Embalagens com 20 e 60 comprimidos revestidos

Embalagens de 10 ampolas de vidro de tipo I, mbar, com a capacidade de 1 ml
Embalagens de 5 ampolas de vidro de tipo I, mbar, com a capacidade de 5 ml
Embalagens de 5 ampolas de vidro de tipo I, mbar, com a capacidade de 10 ml

Indicação : Cada ml de solução aquosa de CEREBROLYSINE contém hidrolisado cerebral de porco isento de proteínas correspondente a 40 mg de substância seca e um conteúdo total em nitrognio de 5,3 mg.
CEREBRLYSINE É um medicamento complexo produzido por hidrlise controlada, que permite manter uma relação final constante entre aminoácidos e Póptidos de baixo peso molecular.
CEREBROLYSINE pertence a um grupo de medicamentos utilizados no tratamento sintomático das alterações das funções cognitivas CEREBROLYSINe é utilizado em demncia degenerativa primria, como demncia do tipo Alzheimer, demncia de origem vascular e formas mistas de demncia e em funções cerebrais alteradas após acidente vascular cerebral.
O medicamento contém Póptidos biologicamente activos com uma ação altamente especfica a nível cerebral, cujo mecanismo de ação multimodal protege e restaura a atividade cerebral.

A ação multimodal engloba uma ação de regulação do metabolismo energtico neuronial, uma modulação da plasticidade sinptica e uma ação neurotrófica especfica, do tipo Factor de Crescimento Nervoso (NGF), que se pode detectar até 8 horas após a administração. Daqui resulta uma melhoria na capacidade de aprendizagem, um aumento do crescimento dos neurônios in vitro e in vivo e um efeito neurotrófico positivo.

Foi experimentalmente demonstrado que a administração de Cerebrolysine melhora a taxa de transporte de glucose através da barreira hemato-encefólica e estimula o metabolismo da glucose, reduzindo simultaneamente a concentração de ácido lctico cerebral.

2.ANTES DE UTILIZAR CEREBROLYSINE
Não utilize CEREBROLYSINE
-Se tem alergia (hipersensibilidade) s substâncias ativas ou a qualquer outro componente de CEREBROLYSINE.
-Se tiver epilepsia. No estado epilptico e grande mal epilptico pode surgir um aumento da frequência dos ataques.
-Se tiver a função renal gravemente alterada.

Tome especial cuidado com CEREBROLYSINE
Antes do tratamento, fale com o seu médico:
Se tiver epilepsia. No estado epilptico e grande mal epilptico pode surgir um aumento da frequência dos ataques.
Se tiver problemas renais. Doentes com alterações renais graves devem ser excluídos da terapia com CEREBROLYSINE.

Utilizar CEREBROLYSINE com outros medicamentos
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver tomando ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.
- devido às propriedades farmacológicas de CEREBROLYSINE, a administração simultânea com medicamentos antidepressores ou inibidores da MAO (monoaminoxidase) pode levar a efeitos aditivos. O seu médico poderá ter necessidade de ajustar a dose destes medicamentos.
- CEREBROLYSINE não deve ser administrado simultaneamente com soluções equilibradas de aminoácidos.

Gravidez e aleitamento
Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.
O uso de CEREBROLYSINE durante a gravidez e lactação deve ser rigorosamente controlado e seguido pelo médico.

Condução de veículos e utilização de máquinas
Os efeitos de CEREBROLYSINE sobre a capacidade de conduzir e utilizar máquinas são nulos ou desprezveis.

Informaçães importantes sobre alguns componentes de CEREBROLYSINE
Este medicamento contém menos do que 1 mmol (23 mg) de sódio por ampola, ou seja, praticamente isento de sódio (informação relativa a um valor calculado com base na quantidade total de Na+ no medicamento).

3.COMO UTILIZAR CEREBROLYSINE
Utilizar CEREBROLYSINE sempre de acordo com as Indicaçõesdo médico. Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.
As ampolas que contém o medicamento só devem ser abertas imediatamente antes da sua administração.
A terapêutica com Cerebrolysine deve ser criteriosamente aplicada. Dosagens, frequência de aplicação e duração do tratamento vo depender da idade, peso do paciente e grau de severidade da doença.
Recomenda-se a administração de uma injecção diária, de acordo com um plano de tratamento de pelo menos 10 20 dias no total.
Doses de 1 a 2 ml diários são utilizadas nos casos mais leves, até 5 ml em casos moderados e, de 10 a 30 ml diários nos casos mais graves.
Estes planos terapêuticos podem ser repetidos vrias vezes, de acordo com o estado clínico.
Em alguns casos há convenincia de uma terapia de ataque com doses mais elevadas, a que se segue uma terapia de manutenção com doses mais baixas, até porque nos casos mais graves não se recomenda a interrupção abrupta da terapia, mas sim a sua continuação com uma injecção em dias alternados ou 2 a 3 injecções por semana.
a administração IM preferida nas doses mais baixas até 5 ml e a administração IV para as doses mais altas até 10 ml. também pode ser administrada na forma de perfusão de 10 a 30 ml de Cerebrolysine em 250 ml de solução salina fisiológica, que se injecta lentamente (60 120 min.).

Se utilizar mais CEREBROLYSINE do que deveria
Não existem registos de intoxicação por dosagem excessiva com CEREBROLYSINE nem de medidas de urgência ou antídotos específicos, uma vez que se trata de um medicamento cuja matéria-prima de origem natural. Em caso de eventual sobredosagem Deverá contactar o seu médico ou ir ao servio de urgências do hospital mais próximo. O tratamento Deverá ser o geral para este tipo de medicamento, tendo em conta a sintomatologia apresentada.

Caso se tenha esquecido de utilizar CEREBROLYSINE
Tome-o assim que se lembrar e em seguida continue o tratamento como antes. Não tome uma dose dobrada para compensar uma dose que se esqueceu de tomar.
Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico ou farmacêutico.

4.EFEITOS secundários DE CEREBROLYSINE
Como todos os medicamentos, CEREBROLYSINE pode causar efeitos secundários, no entanto estes não se manifestam em todas as pessoas.
Cerebrolysine geralmente bem tolerado. Se for rapidamente injectado pode causar uma leve sensação de calor.
Em casos muito raros, ocorreu reação de hipersensibilidade, que se manifestou por arrepios, dor de cabeça ou um ligeiro aumento da temperatura corporal e febre. Em caso algum os efeitos indesejáveis persistiram ou se mostraram nocivos para o doente.

COMO CONSERVAR CEREBROLYSINE
Manter fora do alcance e da vista das crianças.
Não utilize CEREBROLYSINE após o prazo de validade impresso no rótulo das ampolas e na embalagem exterior, após VAL. O prazo de validade corresponde ao últim dia do mês indicado.
Conservar a temperatura inferior a 25ºC.
Conservar na embalagem de origem para proteger da luz e da humidade.
Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já não necessita. Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.

6.Outras informações
Qual a composição de CEREBROLYSINE
1ml de solução aquosa contém hidrolisado cerebral de porco isento de proteínas correspondente a 40 mg de substância seca e um conteúdo total em nitrognio de 5,3 mg.

Conteúdo em aminoácidos por ml de solução Injetável:
c. L-AsPórtico 3,0 mg/ml
c. L-Glutémico 4,5 mg/ml
Glicina 1,5 mg/ml
L-Alanina 3,0 mg/ml
L-Arginina 0,3 mg/ml
L-Histidina 1,3 mg/ml
L-Isoleucina 2,0 mg/ml
L-Leucina 6,0 mg/ml
L-Lisina 6,0 mg/ml
L-Metionina 0,5 mg/ml
L-Fenilalanina 2,0 mg/ml
L-Prolina 2,0 mg/ml
L-Serina 0,3 mg/ml
L-Treonina 0,3 mg/ml
L-Triptofano 0,5 mg/ml
L-Valina 2,0 mg/ml

Os outros componentes são:
Hidróxido de sódio, 2,1 mg/ml
água para injetáveis

Qual o aspecto de CEREBROLYSINE e conteúdo da embalagem
CEREBROLYSINE é uma solução Injetável mbar, transparente para injecção intramuscular ou intravenosa.


Fabricante :

BIOPORTUGAL químico-farmacêutica, Lda.
Alameda Fernão Lopes, 19-E, Miraflores, 1495-135 Algés
Telefone: 214139750
Fax: 214108928

Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.