Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Cefazol - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo: cefazolina sódica1

Apresentação: Pó para solução injetável intravenoso. Caixa com 25 frascos-ampola contendo 1,0 g.

Indicação: Tratamento de todas as infecções causadas por microorganismos sensíveis a este antibiótico.

Efeito Colateral:

Hipersensibilidade: tem ocorrido febre medicamentosa, erupções cutâneas, prurido vulvar, eosinofilia e anafilaxia. Sangue: tem ocorrido neutropenia, leucopenia, trombocitemia e testes de Coombs diretos e indiretos positivos. Renal: aumento transitório dos níveis de uria no sangue (Bun) tém sido observado sem evidência clínica de insuficiência renal. Nefrite intersticial e outros distúrbios renais foram relatados raramente. A maioria dos pacientes que teve essas reações estava seriamente doente e recebendo terapias com vrias drogas. O papel da cefazolina no desenvolvimento de nefropatias não foi determinado. Hepatite: tém sido observadas raramente elevações transitérias dos níveis das transaminases glutémico-oxalactica (TGO), glutémico-pirávica (TGP) e fosfatase alcalina. Como acontece com algumas penicilinas e algumas outras cefalosporinas, tém sido raramente relatadas hepatite e icterícia colestática transitérias. Gastrintestinal: sintomas de colite pseudomembranosa podem aparecer durante ou após o tratamento com antibiótico. Nuseas e vômitos tém sido relatados raramente. Anorexia, diarreia e candidase oral tém sido relatadas. Outras: tem-se notado flebite no local da injeção. Outras reações adversas incluram prurido anal e genital, monilase genital e vaginite.

Precauções:

Antes de ser instituída a terapêutica com a cefazolina, deve-se pesquisar antecedentes de reações de hipersensibilidade às cefalosporinas e penicilina. Os derivados da cefalosporina C devem ser administrados com cautela a pacientes sensíveis penicilina. reações agudas e graves da hipersensibilidade podem requerer Administração de adrenalina e outras medidas de emergência. há alguma evidência de alergenicidade cruzada parcial entre as penicilinas e as cefalosporinas.

Fórmula:

Cada frasco-ampola contém cefazolina sódica1,0508 g (equivalente a 1 g de cefazolina).

Contra indicação:

Pacientes com alergias cefazolina e a outras cefalosporinas. Uma alergia ocasional na regio sacra com outros antibióticos betalactémicos (entre outros, penicilina) precisa ser observado. Recomenda-se não utiliz-lo em pacientes reconhecidamente alérgicos.

Modo de Usar:

Após a reconstituição, a cefazolina pode ser administrada por via intravenosa direta ou por infusão contínua ou intermitente. Injeção intravenosa direta (administrar a solução diretamente na veia ou através de tubo): diluir a solução de 1 g de cefazolina em uma quantidade de no mínimo 10 ml de água esterilizada para injeção. Injetar a solução lentamente no prazo de 3 a 5 minutos. Não injetar em menos de 3 minutos.
Infusão intravenosa intermitente: a cefazolina pode ser administrada junto com líquidos intravenosos, por meio de um dispositivo para controle de volume (infusão contínua) ou separadamente com um frasco secundário para administração (infusão intermitente).
As soluções reconstituídas de 1 g de cefazolina podem ser diludas em 50 a 100 ml das seguintes soluções intravenosas: cloreto de sódio a 0,9%; glicose a 5% ou 10%; glicose a 5% em lactato de Ringer; glicose a 5% em cloreto de sódio a 0,9% ( também pode ser usado com glicose a 5% em cloreto de sódio a 0,45% ou 0,2%) em lactato de Ringer; frutose a 5% ou 10% Solução de Ringer.
Posologia adultos: pneumonia pneumoccica 500 mg a cada 12 horas; infecções leves causadas por cocos gram-positivos sensíveis 250 mg a 500 mg a cada 8 horas; infecções do trato urinário agudas e não complicada 1 g a cada 12 horas; infecções moderadas e graves: 500 mg a 1 g a cada 6 a 8 horas; infecções com risco de vida (por ex.: endocardite e septicemia) 1 g a 1,5 g; cada 6 horas. Em raras situações, doses de até 12 gramas de cafazolina por dia foram usadas. Dosagem em insuficiência renal: para pacientes com insuficiência renal a dose inicial é a mesma que em pacientes com o rim sadio. O intervalo de dosagem deve ser aumentado, pois pode haver um acmulo de cefazolina.

Fabricante:

EUROFARMA LABORATÓRIOS LTDA.
Av. Ver. José Diniz, 3.465
São Paulo – SP
SAC 0800-704-3876
euroatende@eurofarma.com.br
CNPJ: 61.190.096/0001-92
Indústria Brasileira

Medicamentos do mesmo fabricante:

Acetilcisteina, Aciclovir, Aires, Algiprofen, Amoxicilina, Amplacilina, Anastrozol, Andolba, Anginorub, Benzetaci, Bromazepam, Calfolin, Cefadroxil, Cefalexina, Cefazol, Cefotax, Ceftazidima, Cetoprofeno, Ciprocin, Cisplatex, Citab, Citavir, Closecs, Debei, Dexalgen, Digestbem, Diupress, Diurisa, Doxina, Equitam, Etopos, Fisiofer, Flusan, Fluxene, Helmiben, Hiperex, Inotam, Lamivudina, Lento C, Locoid, Lorium, Mantidan, Mecacin, Mepraz, Micotrizol, Minilax, Mucodestrol, Mud, Nistatina, Norelbin, Omnic 04, Paclitax, Paracetamol, Pipurol, Pondera, Proflan Comprimidos, Proflan Creme, Rubina, Selene, Siludrox, Simeco Plus, Stimulance Multi Fiber, Subitan, Superhist, Vagitrene, Vagivit, Vasativ, Wycillin, Zart 50 mg, Zart H, Zart, Zidix, Zina 5 mg, Zina,

Advertências:

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos:

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma:

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.