Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Cefalotil - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Cefalotina.

Apresentação : Pó para Solução injetável: caixa com 50 frascos-ampola de 1g + 50 ampolas de diluente.

Indicação : O produto É indicado no tratamento de infecções graves causadas por microrganismos sensíveis a este antibiótico, nas doenças acima mencionadas. Devem ser realizados cultura e testes de sensibilidade. O tratamento pode ser iniciado antes que sejam obtidos os resultados desses testes. a administração do produto como medida preventiva nos perãodos pré-operatérios, intra-operatérios e Pós-operatérios pode reduzir significativamente a Incidência de infecções Pós-operatérias em pacientes submetidos a processos cirúrgicos em reas do corpo contaminadas ou potencialmente contaminadas. Este uso preventivo pode ser também eficaz em pacientes cirúrgicos, nos quais a infecção no local da operação apresenta um grave risco. a administração Pós-operatéria deve ser suspensa após 24 horas, a menos que sinais de infecção estejam presentes. Neste caso, devem ser realizadas culturas e instituição de terapêutica adequada. Sries mais prolongadas de terapêutica com antibiótico preventivo podem ser consideradas necessárias quando os processos cirúrgicos envolvem o implante de prtese.

Efeito Colateral :

Foi relatado o aparecimento de erupções cutâneas maculopapulosas, urticária, reações semelhantes s da doença do soro e anafilaxia. Eosinofilia e febre medicamentosa foram observadas associadas à outras reações alérgicas. há maior probabilidade dessas reações ocorrerem em pacientes com história de alergia, particularmente penicilina.
têm sido observadas neutropenia, trombocitopenia e anemia hemoltica. Foram relatados resultados positivos nos testes de Coombs diretos, realizados durante a terapêutica com antibióticos cefalosporúnicos. Foi notada uma elevação transitéria da transaminase glutémico-oxalactica no soro e na fosfatase alcalina. Foram observadas elevação de nitrognio urico no sangue (BUN) e diminuição do clearance de creatinina, particularmente em pacientes que apresentaram insuficiência renal anterior. O papel da Cefalotina Sódica nas alterações renais difcil de ser estabelecido, em vista de ter sido geralmente notada a presença de outros fatores que predisPóem uremia pré-renal ou insuficiência renal aguda. Dor, enduração, sensibilidade e elevação da temperatura tém sido relatadas após injeções intramusculares repetidas. Houve casos de tromboflebite, geralmente associados doses diárias acima de 6 gramas, administradas por infusão contínua por mais de 3 dias.
Podem aparecer sintomas de colites pseudomembranosas durante ou após tratamento. Nuseas e vômitos tém sido relatados raramente.

Fórmula :

Pó Para Solução Injetível
Cada frasco-ampola contém:
Cefalotina 1g
(na forma sódica)
Excipiente: bicarbonato de sódio
Cada ampola de diluente contém:
água para injeção 4 ml

Contra indicação :

O produto é contra indicado a pacientes com alergia conhecida aos antibióticos do grupo das Cefalosporinas.

Interação Medicamentosa :

Um aumento na Incidência de nefrotoxidade foi relatado após Administração concomitante de antibióticos cefalosporúnicos e aminoglicosdeos.

Modo de Usar :

Para adultos, a variação da dose de 500 mg a 1 g de Cefalotina, a cada 4 ou 6 horas.
A dose de 500 mg a cada 6 horas é adequada na pneumonia não-complicada, furunculose com celulite e na maioria das infecções das vias urinárias. Nas infecções graves, esta dose poderá ser aumentada, administrando-se injeções a cada 4 horas ou quando a resposta desejada não for obtida, elevando-se a dose para 1g.
Nas infecções com mau prognstico, doses de até 2g a cada 4 horas poderão ser necessárias. Na profilaxia pré-operatéria para prevenir infecção Pós-operatéria em cirurgias contaminadas ou potencialmente contaminadas, em adultos, recomendado 1 a 2 gramas durante a cirurgia e 1 a 2 gramas a cada 6 horas nas 24 horas após a cirurgia. Em crianças devem ser administrados 20-30 mg/kg no mesmo esquema utilizado em adultos.
Quando a função renal estiver reduzida poderá ser dada uma dose inicial de 1 a 2 gramas por via intravenosa. O esquema de dose a ser continuado ser determinado de acordo com o grau de insuficiência renal, gravidade da infecção e sensibilidade do microrganismo causador.

Pacientes Idosos

Pacientes idosos possuem sensibilidade maior ao produto do que pessoas mais jovens. é aconselhável que o médico observe o paciente e ajuste a dosagem conforme a reação obtida.

Superdosagem :

A administração inadequada de altas doses de Cefalosporinas de uso parenteral pode causar convulsão, particularmente em pacientes com insuficiência renal. Redução da dose necessária quando a função renal estiver reduzida. Se ocorrer convulsão, a droga Deverá ser imediatamente descontinuada; uma terapia anticonvulsivante Deverá ser administrada se clinicamente indicada. Hemodilise pode ser considerada em casos de superdosagem exagerada.

Fabricante :

União Química Farmacêutica Nacional S.A.
Endereço: Avenida do Café, 277
São Paulo - SP, 04311-000
Telefone:(11) 5586-2000
SAC : 0800 11 15 59

Remédios do mesmo fabricante :


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.