Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Casfen - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Ácido acetilsalicílico + Paracetamol + Codena + Cafena

Classe terapêutica : Analgésico e antipirático

Apresentação : Comprimidos Embalagens de 2 e de 20

Fórmula :

Comprimidos doseados a 330 mg de ácido acetilsalicílico, 170 mg de paracetamol, 20 mg de cafena e 10 mg de fosfato de codena.

Indicação :
Casfen tem propriedades analgésicas e antipiráticas, estando indicado no tratamento da dor e da febre em geral, sobretudo nos síndromes gripais, nas cefaleias, nas odontalgias, na dor e febre da otite média aguda e outras afecções do foro O.R.L. está também indicado na dor de intensidade ligeira e moderada nas neoplasias.

Contra indicação :

Casfen está contra indicado nos casos de hipersensibilidade a um dos seus constituintes, nomeadamente nos doentes asmáticos com alergia ao Ácido acetilsalicílico e derivados, bem como nos doentes com antecedentes de úlcera péptica recente ou ativa e nos indivíduos submetidos a tratamento com anticoagulantes orais.
a administração de doses superiores a 100 mg/dia de Ácido acetilsalicílico está contra-indicada durante o terceiro trimestre de gravidez.

EFEITOS indesejáveIS CASFEN
Podem ocorrer perturbações gastrintestinais como náuseas, vômitos, azia, pirose, geralmente de pouca gravidade e que regridem com a suspensão do tratamento.
Prolongamento do tempo de hemorragia devido ao efeito antiagregante plaquetar do ácido acetilsalicílico.
são possíveis reações de hipersensibilidade que podem assumir aspectos de maior gravidade nos doentes asmáticos.

interações
O Ácido acetilsalicílico pode interferir com os anticoagulantes e trombolticos, uriocoséricos, sulfonilureias, corticosteróides e metotrexato.
A cafena poderá potenciar o efeito inotrpico dos agentes beta-adrenérgicos.

PRECAUções CASFEN
Não usar doses maiores do que as recomendadas, nem durante mais de três dias, nem durante a gravidez ou lactação ou quando haja úlcera gástrica ou duodenal ou tendência para hemorragias, a não ser por expressa indicação do médico.

utilização NA GRAVIDEZ E LACTAção
Não usar durante a gravidez ou lactação a não ser por expressa indicação do médico.

Gravidez
Administração de doses baixas de Ácido acetilsalicílico (até 100mg/dia)
Os dados dos ensaios clínicos sugerem que a administração de doses até 100mg/dia em Indicaçõesobstátricas restritas (por exemplo no caso dos abortamentos de repetição de etiologia supostamente imunológica e do hidrmnios), que requerem monitorização especializada, é aparentemente segura.
Administração de doses de Ácido acetilsalicílico entre 100 e 500mg/dia
A experiência clínica relativa ao uso de doses entre 100mg/dia e 500mg/dia insuficiente.
Consequentemente, as recomendações que em seguida se enunciam relativas é Administração de doses superiores a 500mg/dia, aplicar-se-o também a este intervalo posológico.
Administração de doses de Ácido acetilsalicílico de 500mg/dia ou superiores
A inibição da síntese das prostaglandinas pode afectar negativamente a gravidez e/ou o desenvolvimento embrio-fetal. Os dados dos estudos epidemiológicos sugerem um aumento do risco de aborto espontneo, de malformações cardíacas e de gastroschisis na sequncia da utilização de um inibidor da síntese das prostaglandinas no inicio da gravidez. O risco absoluto de malformações cardiovasculares aumentou de valores inferiores a 1% para aproximadamente 1,5%. Presume-se que o risco aumenta com a dose e duração do tratamento.
Nos animais, demonstrou-se que a administração de inibidores da síntese das prostaglandinas tem como consequncia o aumento de abortamentos peri e post-implantatérios e da mortalidade embrio-fetal.
Adicionalmente, registou-se maior Incidência de vrias malformações, incluindo malformações cardiovasculares em animais expostos a inibidores da síntese das prostaglandinas durante o perãodo organogenético.
Durante o 1 e 2 trimestres de gravidez, o Ácido acetilsalicílico não Deverá ser administrado a não ser que seja estritamente necessário. Se o Ácido acetilsalicílico for usado por mulheres que estejam a tentar engravidar, ou durante o 1 e 2 trimestre de gravidez, a dose administrada Deverá ser a menor e durante o mais curto espao de tempo possível.
Durante o 3 trimestre de gravidez, todos os inibidores da síntese das prostaglandinas podem expor o feto a:
Toxicidade cardiopulmonar (com fecho prematuro do ductus arteriosus (canal de Botal) e hipertensão pulmonar).
Disfunção renal, que pode progredir para insuficiência renal com oligohidrmnios.
Na fase final da gravidez a me e o recêm-nascido podem estar expostos a:
possível prolongamento do tempo de hemorragia, um efeito anti-agregante que pode verificar-se mesmo com doses muito baixas.
Inibição das contracções uterinas com consequente atraso ou prolongamento do trabalho de parto.
Assim, a administração de doses iguais ou superiores a 100mg/dia de Ácido acetilsalicílico está contraindicada durante o terceiro trimestre de gravidez.

EFEITOS SOBRE A CAPACIDADE DE CONDUção DE veículoS OU DE utilização DE máquinaS
Casfen, nas doses recomendadas não interfere com a capacidade de conduzir veículos ou de utilizar máquinas.

EXCIPIENTES
Comprimidos: Celulose microcristalina, amido pré-gelatinizado, etilcelulose, polividona K30, slica coloidal anidra, polividona reticulada e ácido esteárico.

POSOLOGIA E MODO DE Administração CASFEN
Comprimidos Administração por via oral.
Conforme prescrição médica. Em geral, aconselha-se:
Adultos 1 a 2 comprimidos, 1 a 3 vezes por dia
Dose máxima recomendada: 8 comprimidos por dia.

SOBREDOSAGEM
Em caso de sobredosagem acidental, deve ser ministrada uma terapia de suporte, com esvaziamento gástrico e respiração assistida.

AVISOS
A Ocorrência de efeitos indesejáveis diferentes dos descritos deve ser de imediato comunicada ao médico ou ao farmacêutico.
Antes de utilizar verificar o prazo de validade inscrito na embalagem.
Manter fora do alcance e da vista das crianças

Conservação
Conservar a temperatura inferior a 25 C e ao abrigo da humidade

responsável PELA A.I.M.
A. Menarini Portugal-farmacêutica, S.A.
R. General Ferreira Martins, 8, 7
Miraflores, 1495-137 Algés
Portugal

Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Emagrecimento e Aumento de Massa Muscular