/losartan-sigma-losartan-
Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Cardura - Gits - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo: Doxazosina

Apresentação: 4 mg comprimidos de libertação modificada

Indicação:

CARDURA GITS é indicado no tratamento dos sintomas clínicos da hiperplasia benigna da próstata (HBP) e na redução do fluxo urinário associado HBP. CARDURA GITS pode ser usado nestes doentes quer sejam hipertensos ou normotensos.

O efeito deste medicamento deve-se é ação selectiva que exerce sobre o tecido muscular da próstata com consequente melhoria das perturbações urinárias (nas situações da hiperplasia benigna da próstata) e dos seus sintomas.

Antes de tomar CARDURA GITS

Não tome CARDURA GITS:

Tome especial cuidado com CARDURA GITS:

Tomar CARDURA GITS com outros medicamentos:

Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver tomando ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.

A administração simultânea de doxazosina e inibidores da fosfodiesterase tipo 5 (fármacos utilizados no tratamento da disfunção erctil) pode provocar hipotensão sintomática em alguns doentes.

A doxazosina tem sido administrada na prtica clínica sem qualquer interação medicamentosa adversa com as tiazidas, a furosemida, os bloqueadores beta, os anti-inflamatórios não esteroides, os antibióticos, os hipoglicemiantes orais, os agentes uricoséricos ou os anticoagulantes.

Tomar CARDURA GITS com alimentos e bebidas:

CARDURA GITS pode ser administrado com ou sem alimentos.

Gravidez e aleitamento
Não aplicvel.

CARDURA GITS destina-se a homens com hiperplasia benigna da próstata.

Condução de veículos e utilização de máquinas:

No incio do tratamento, CARDURA GITS pode interferir com a capacidade de condução de veículos (automáveis, motociclos, etc.) ou de utilização de máquinas.

Crianças

A segurança e a eficácia de CARDURA GITS em crianças não foram ainda estabelecidas.

Insuficiência Renal

Em doentes com insuficiência renal pode usar-se a dose habitual recomendada.

Doentes idosos

recomendada a dose habitualmente utilizada em doentes adultos.

Outros cuidados:

Os comprimidos de libertação modificada de CARDURA GITS apresentam na sua constituição um invlucro não absorvvel, que contém que envolve a substância ativa contida no medicamento, e que foi especialmente desenvolvido no sentido de libertar lentamente o fármaco obtendo-se, assim, um efeito prolongado. Quando este processo está completo, este invlucro, eliminado pelas fezes.

COMO TOMAR CARDURA GITS

Tomar CARDURA GITS sempre de acordo com as Indicaçõesdo médico. Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.

Posologia Usual

Uma única dose diária de 4 mg (um comprimido de 4 mg). Poderão decorrer até 4 semanas para que o efeito ptimo de CARDURA GITS seja obtido. Se necessário, a dose pode ser aumentada até uma dose diária de 8 mg, de acordo com a resposta terapêutica e a indicação do seu médico.

A dose máxima recomendada é de 8 mg uma vez ao dia.

Não altere a dose nem a frequência de Administração recomendadas pelo seu médico, a menos que este lhe d Indicaçõesnesse sentido.

Modo e Via de Administração

Deverá tomar CARDURA GITS com uma quantidade suficiente de líquido, com ou sem alimentos.

Os comprimidos de libertação modificada não devem ser mastigados, divididos ou esmagados.

Tal como já anteriormente referido na secção 2 “ANTES DE TOMAR CARDURA GITS” poderá observar a presença de um invlucro do comprimido nas suas fezes, pelo que não Deverá ficar preocupado.

Duração média do Tratamento

Sé o seu médico lhe poderá fornecer instruções relativas duração de tratamento adequada ao seu caso.

Não Deverá alterar a duração do tratamento estabelecida pelo seu médico, a menos que este lhe d Indicaçõesnesse sentido.

Se tomar mais CARDURA GITS do que deveria:

Se, acidentalmente, algum (por ex.: uma criança) tomar Vários comprimidos de libertação modificada de CARDURA GITS de uma s vez Deverá contactar imediatamente um médico ou dirigir-se ao hospital mais próximo.

Caso se tenha esquecido de tomar CARDURA GITS:

Se se esqueceu de tomar uma dose, tome o medicamento logo que se lembrar e continue o tratamento conforme estava previsto. No entanto, se estiver quase no momento de tomar a próxima dose, não tome a dose esquecida e continue com o esquema de tratamento estabelecido. Não tome uma dose dobrada para compensar um comprimido que se esqueceu de tomar.

Se parar de tomar CARDURA GITS:

Não aplicvel.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico ou farmacêutico.

Efeitos secundários possíveis

Como todos os medicamentos, CARDURA GITS pode causar efeitos secundários, no entanto estes não se manifestam em todas as pessoas.

Perãodo pré-comercialização:

Durante os ensaios clínicos realizados no perãodo pré-comercialização foram descritos os seguintes efeitos adversos mais comuns (> boca seca, astenia (falta de foras), dor lombar, dor torácica, edema perifrico (inchao dos membros), hipotensão, hipotensão postural, tonturas, cefaleias (dores de cabeça), vertigens, dor abdominal, náuseas, dispepsia (digestáo difcil), palpitação, taquicardia (aumento da frequência cardíaca), mialgia (dor muscular), bronquite, tosse, dispneia (falta de ar), infecção do trato respiratério, rinite (inflamação da mucosa nasal), prurido, cistite (inflamação da bexiga), incontinncia urinária (perda involuntária de urina), infecção urinária, sintomas gripais, sonolência.

De salientar que os efeitos adversos atrês referidos podem não ter sido necessariamente provocados pela terapêutica.

Perãodo Pós-comercialização:

Durante a experiência Pós-comercialização foram descritos os seguintes efeitos adversos: boca seca, priapismo (erecção prolongada), reações alérgicas, cansaço, rubor e sensação de calor, mal-estar geral, dores, aumento de peso, tonturas, hipotensão, sncope (perda de consciência), hipostesia (diminuição da sensibilidade tctil), parestesia (sensação de formigueiro ou adormecimento dos membros), tremor, ginecomastia, prisão de ventre, diarreia, disPópsia (dificuldades na digestáo), flatulência (gases), vômitos, alterações dos parâmetros laboratoriais (sanguíneos e hepáticos), dores nas articulações, dores e fraqueza muscular, agitação, anorexia, ansiedade, depressão, impotncia, insônia, nervosismo, broncospasmo, tosse, dispneia (dificuldade em respirar), epistaxis (hemorragia nasal), alopécia, prurido, erupção cutânea, urticária, visão turva, zumbidos. Foram descritos casos, extremamente raros, de incontinncia urinária que poderão estar relacionados com a ação farmacológica da doxazosina, hematéria (sangue na urina), disria (ardor/dor ao urinar), alterações na micção e noctúria (vontade de urinar durante a noite).

COMO CONSERVAR CARDURA GITS

Manter fora do alcance e da vista das crianças. Não conservar acima de 30ºC.

Conservar na embalagem de origem para proteger da humidade.

Não utilize CARDURA GITS após o prazo de validade impresso na embalagem exterior. O prazo de validade corresponde ao últim dia do mês indicado.

Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já não necessita. Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.

Outras informações
Qual a composição de Cardura Gits

Revestimento: Opadry YS-2-7063 branco (contém dióxido de titânio (E171)), acetato de celulose e macrogol 3350.

Tinta de impressão: tinta preta S-1-8106 (contém pharmaceutical glaze e xido de ferro preto (E172)).

Qual o aspecto de Cardura Gits e conteúdo da embalagem

Embalagens de 10, 20, 30 e 56 comprimidos de libertação modificada. É possível que não sejam comercializadas todas as Apresentações.

Fabricante:

Fabricante: s Pfizer Ltda.

Rua Alexandre Dumas, 1860 - Santo Amaro
São Paulo - SP
(11) 5185-8500

Medicamentos do mesmo fabricante:

Aricept, Arthrotec, Cardura, Dalacin t, Depo medrol, Depo provera 1000, Detrusitol comprimidos, Detrusitol retard, Diflucan solução, Diflucan, Discotrine, Fasigyn, Feldene gel, Genotropin 53, Genotropin miniquick, Genotropin mixer, Macugen 3, Provera, Sortis, Zeldox solução, Zithromax

Advertências:

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos:

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma:

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.