Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Calcitab - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo: Carbonato de cálcio

Apresentação: Cada comprimido para mastigar contém 1500 mg de carbonato de cálcio (equivalentea 600 mg de cálcio).

Os outros ingredientes são aspartamo, sacarina sódica, lactose, sorbitol,maltodextrinas, estearato de magnésio, essência de anis, essência de menta,essência de melaa e croscamelose sódica.

Fabricante:

ITF Farma, Produtos farmacêuticos, Lda.
Rua Consiglieri Pedroso, n. 123 ? Queluz de Baixo
2745-557 Barcarena

Indicação:

O cálcio é o quinto elemento mais abundante no organismo. A maior parte do cálcio constituinte da estrutura óssea. O cálcio desempenha importantes funçõesfisiológicas, algumas das quais estáo mal compreendidas. O cálcio é um elementoessencial para a integridade funcional dos sistemas nervoso e muscular e para afunção cardíaca. intervêm igualmente na coagulação sanguínea. Os sais de cálcio porvia oral empregam-se como terapêutica dietática suplementar em pessoas que nãoingerem uma quantidade suficiente de cálcio na sua dieta habitual. Esses casosnormalmente incluem crianças, mulheres grávidas, lactentes, mulheres na fase de prémenopausa e idosos.

CALCITAB é indicado no tratamento de situações em que é indicado um aporte

de cálcio, tais como osteoporose, tirotoxicose, hipoparatiroidismo crônico,osteomalacia e raquitismo. Tratamento dos estados de carência de cálcio.

CALCITAB encontra-se disponível em embalagens de 20 e 60 comprimidos paramastigar.

Antes de TomarCALCITAB

Não tome CALCITAB:
- se tem hipersensibilidade (alergia) à substância ativa ou a qualquer outroingrediente de CALCITAB.
- se tem quantidades elevadas de cálcio no sangue ou na urina
- se tem célculos (pedras) no rim

Tome especial cuidado com CALCITAB:
- se tem insuficiência renal, há um maior risco de hipercalcemia.
- se tem célculos renais de cálcio, a doença pode ser agravada.
Devem ser realizados controlos peridicos da calcemia em doentes que recebamconcomitantemente doses elevadas de vitamina D, tratamentos prolongados comsuplementos de cálcio ou que sofram de insuficiência renal grave.

Tomar CALCITAB com alimentos e bebidas:
Certas substâncias da dieta interferem com a absorção do cálcio. Entre estassubstâncias incluem-se o ácido oxlico, que se encontra em grandes quantidades nosespinafres, e o ácido ftico, que se encontra nos cereais.

Gravidez e aleitamento:
Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.

Condução de veículos e utilização de máquinas:
Sem interesse.

Informaçães importantes sobre alguns ingredientes de CALCITAB:
Os comprimidos para mastigar de CALCITAB contém lactose. estáo descritos casosde intolerância em crianças e adolescentes. Embora a quantidade presente nomedicamento não seja provavelmente suficiente para desencadear os sintomas deintolerância, no caso de aparecer diarreia deve consultar-se o médico.
Este medicamento tem como excipiente aspartamo. As pessoas afectadas defenilcetonria terão que ter em conta que cada comprimido contém 2,75 mg defenilalanina.

Tomar CALCITAB com outros medicamentos:
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver tomando ou tiver tomadorecentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos sem receita médica.
a administração de corticosteróides pode interferir com a absorção do cálcio.
a administração de cálcio reduz os níveis séricos de tetraciclinas.

COMO TOMAR CALCITAB

Tomar CALCITAB sempre de acordo com as instruções do médico. Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.

Administração oral. Mastigue bem os comprimidos antes de engolir, em seguida bebaum copo de água.
A dose habitual é:
Adultos: 1 ou 2 comprimidos por dia, de pReferência após as refeições.
Crianças: 1 comprimido por dia.

Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver a impressão de que CALCITAB demasiado forte ou demasiado fraco

Se tomar mais CALCITAB do que deveria:
Não se conhece sintomatologia de sobredosagem. No entanto, no caso desobredosagem ou ingestão maciça acidental consulte o médico.

Caso se tenha esquecido de tomar CALCITAB:
Não tome uma dose dobrada para compensar a dose que se esqueceu de tomar.

Efeitos secundários possíveis

Como os demais medicamentos, CALCITAB pode ter efeitos secundários.
Excepcionalmente, podem ocorrer perturbações gastrintestinais, obstipação oudiarreia. Os seguintes sintomas podem ser indicativos de hipercalcemia: náuseas,vômitos, anorexia, dores abdominais, dores ósseas, sede, poliria, fraqueza muscular,sonolência ou confusão.

Caso detecte efeitos secundários não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

5. Conservação DE CALCITAB

Manter fora do alcance e da vista das crianças.
O medicamento não necessita de quaisquer precauções especiais de Conservação
Não utilize CALCITAB após expirar o prazo de validade indicado na embalagem.

Advertências:

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos:

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma:

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.