Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Calcigenol - para que serve

É utilizado no tratamento ou profilaxia dos estados de carência de cálcio, em particular quando a dieta alimentar deficiente ou quando aumentam as necessidades normais.

Princípio ativo : Fosfato tricélcico

Classe terapêutica : Nutrição.

Apresentação : Vitaminas e sais minerais cálcio, magnésio e fósforo e cálcio.

Indicação :

Não utilize:

- Se tem alergia (hipersensibilidade) ao fosfato tricélcico ou a qualquer dos outros componentes de Calcigenol,
- Em caso de situações de hipercalcemia, tais como casos de mieloma, metástases ósseas ou outra doença maligna ou hiperparatireoidismo,
- Se sofre de hipercalciúria, litíase célcica,
- Se tem calcificações tissulares (nefrocalcinoses),
- Se sofre de galactosemia,
- Se tem insuficiência renal grave,
- Se tem hiperfosfatemia.

Tome especial cuidado:

- Durante a utilização prolongada deste medicamento, os níveis séricos e urinários de cálcio, assim como a função renal devem ser monitorizados através da determinação dos níveis séricos de creatinina. A dosagem deve ser reduzida e o tratamento temporariamente suspenso se a excreção de cálcio exceder 7,5 mmol/24 horas (300 mg/dia).
- Os doentes em tratamento concomitante com digitálicos devem ser monitorizados através da realização periódica de um electrocardiograma (ver Utilizar Calcigenol com outros medicamentos). Esta associação deve ser utilizada com precaução em doentes com patologia aterosclertica.
- Este medicamento destina-se a terapêutica e/ou profilaxia a longo prazo. Situações graves de hipocalcemia devem ser corrigidas com medidas apropriadas por via endovenosa (como por exemplo: citrato de cálcio).

Utilizar com outros medicamentos:

Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver tomando ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.
A administração oral do cálcio sobretudo se associada é administração de vitamina D aumenta a toxicidade dos digitálicos;

Em caso de tratamento com tetraciclinas, preparações base de flor via oral ou bifosfonatos, recomenda-se espaçar, pelo menos 3 horas, a toma de Calcigenol (possibilidade de interferência a nível da absorção destes produtos).

Gravidez e aleitamento

Calcigenol pode ser tomado por mulheres grávidas ou a amamentar.

Na mulher grávida ou a amamentar, as preparações de cálcio devem ser tomadas com um intervalo de duas horas em relação as refeições devido é possível diminuição na absorção de ferro.

Condução de veículos e utilização de máquinas

Não foram observados efeitos sobre a capacidade de conduzir e utilizar máquinas.

Informações importantes sobre alguns componentes de Calcigenol

Calcigenol contém para-hidroxibenzoato de metilo sódico o qual pode causar reações alérgicas (possivelmente retardadas).

Calcigenol contém respectivamente 0,69 mmol (ou 15,75 mg) de sódio por dose de 15 ml e 2,07 mmol (ou 47,25 mg) por dose de 45 ml.

Esta informação deve ser tida em consideração em doentes com ingestão controlada de sódio.

Calcigenol contém pequenas quantidades de etanol (álcool), inferiores a 100 mg por dose de 15 ml.

Calcigenol contém 0,35 % (vol.) de etanol (álcool) por dose de 45 ml, ou seja, até127,56 mg por 45 ml, equivalente a 3,16 ml de cerveja, 1,32 ml de vinho.

Prejudicial para os indivíduos que sofrem de alcoolismo.

Para ter em consideração quando utilizado em mulheres grávidas ou a amamentar, crianças e em grupos de alto risco tais como doentes com problemas de fígado ou epilepsia.

Modo de Usar :

Calcigenol é administrado por via oral.

Calcigenol administra-se por períodos de 15 dias por mês. Nos lactentes e crianças recomendam-se 2 a 3 colheres de chá (10-15 ml) por dia. Pode-se misturar com qualquer líquido, incluindo o leite, que não coagula. Para os lactentes pode ser misturado no leite do biberão.

No adulto, recomendam-se 2-3 colheres de sopa (30-45 ml) por dia.

As doses devem ser individualizadas de forma a manter níveis de cálcio plasmático de 9- 10 mg/dl; o tratamento requer que o doente receba um suplemento adequado, mas não excessivo de cálcio.

Nos doentes com insuficiência renal moderada e nos idosos não existem dados que indiquem que se deva alterar a posologia; no entanto devem adotar-se precauções de modo a que não recebam uma quantidade excessiva de cálcio.

Superdosagem:

Se utilizar mais Calcigenol do que deveria os sintomas serão: sede, poliria, polidipsia, náuseas, vômitos, desidratação, hipertensão arterial, perturbações vasomotoras, obstipação.

No lactente e na criança, a paragem de crescimento estaturo-ponderal pode preceder estes sintomas.

Caso tal aconteça deverá consultar imediatamente o seu médico e o tratamento Deverá ser a paragem de todo o aporte célcico, reidratação e, em função da gravidade da intoxicação, utilização isolada ou em associação, de diuréticos, corticoides, calcitonina, diálise peritoneal.

Caso se tenha esquecido de tomar:

Não tome uma dose dobrada para compensar uma dose que se esqueceu de tomar.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico ou farmacêutico.

Efeitos secundários:

Como todos os medicamentos, Calcigenol pode causar efeitos secundários, no entanto estes não se manifestam em todas as pessoas.

Foram observadas, excepcionalmente, ligeiras perturbações gastrointestinais.

Qual o aspecto e conteúdo da embalagem:

Calcigenol apresenta-se na forma farmacêutica de suspensão oral, acondicionado em frasco de PVC opaco com tampa de rosca em polipropileno. Embalagem com um frasco com 300 ml de suspensão oral.

Fabricantes :

Korangi Produtos farmacêuticos, S.A.
Parque Empresarial Primvel, Edifício A-1, r/c
Albarraque
2635-595 Rio de Mouro
Portugal

Lecifarma Especialidades farmacêuticas e Produtos Galúnicos, Lda.
Várzea do Andrade Cabeço de Montachique
2670-741 Loures
Portugal.


Bibliografia:

_Jornal de pediatría, Volume 9 - Sociedade Brasileira de Pediatría, 1943

CAETANO, Norival., BPR - Guia de Remédios 2016/17 - 13ª Edição - Artmed Editora, 2016. Pg. 56.

SALVO, Salvatore de a Mara Teresa de Salvo. A Alquimia da Saúde, o resgate da saúde pelas transmutações biológicas de baia energia.- biblioteca24horas, 2008.

TRAJANO, José. Tijucamérica: Uma chanchada fantasmagórica - Editora Paralela, 2015.

VILLAS, Alberto. A alma do negócio: como eram as propagandas nos anos 50, 60 e 70 - Globo Estilo, 2014.

VILLAS, Alberto. O mundo acabou! - Globo Livros, 2014

Modo de Conservar:

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Não necessita precauções especiais de Conservação.

Não utilize Calcigenol após o prazo de validade impresso no rótulo do frasco e na embalagem exterior. O prazo de validade corresponde ao últim dia do mês indicado.

Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico.

Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já não necessita.

Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.

Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.


Emagrecimento e Aumento de Massa Muscular