Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Blaubimax - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Albumina Humana

Apresentação : Solução injetável Endovenosa. Cartucho contendo frasco-ampola com 10, 20, 50 ou 100 ml, acompanhado de equipo para infusão.

Indicação : Blaubimax - Albumina Humana 20% é indicado especialmente para aplicação em situações clínicas onde grandes quantidades de proteínas plasmáticas com baixos níveis de sódio devem ser administradas.
após a diluição em uma solução iso-onctica, Blaubimax - Albumina Humana 20% pode ser aplicado em casos de dficit de volume. Blaubimax - Albumina Humana 20% é indicado nas seguintes situações:
casos iminentes ou existentes de choque, como por exemplo, durante grave hemorragia e queimaduras;
circulação extracorPórea;
sepse ou infecções graves acompanhadas de grande perda de proteína (perionite, mediastinite);
hipotensão arterial temporria durante a hemodilise;
plasmaferese ou troca de plasma;
ascite combinada com paracentese;
como coadjuvante no tratamento de hiperbilirrubinemia em bebs prematuros ou recêm-nascidos;
síndrome nefrtica, caso os diuréticos sozinhos apresentem um resultado insatisfatério
insuficiência hepática aguda;
hipoalbuminemia Pós-operatéria grave;
hipoalbuminemia grave em bebs prematuros ou recêm nascidos.

Precauções :

Para a administração de Blaubimax - Albumina Humana 20%, Não é necessário a determinação prvia do tipo sanguíneo. O produto pode ser utilizado em pacientes submetidos a dilise e em bebs prematuros, pois o produto tem baixa concentração de alumínio.

Fórmula :

Cada ml contém:
Albumina Humana 0,2 g
Excipientes q.s.p. 1 ml
Componentes não ativos: caprilato de sódio, ácido mandlico, cloreto de sódio e água para injetíveis.

Contra indicação :

O produto não é indicado nas seguintes situações:
hipersensibilidade comprovada a preparações de albumina;
em situações onde a hipervolemia ou hemodiluição podem apresentar um risco em especial; nessas circunstâncias, cada caso deve ser avaliado individualmente. Exemplos de tais condições são: insuficiência cardíaca, hipertensão, varizes esofgicas, edema pulmonar, diátese hemorrágica, anemia grave, anúria renal e Pós-renal;
pacientes desidratados, a menos que, ao mesmo tempo, seja administrado fluido suficiente ao paciente por via oral ou por infusão.

Interação Medicamentosa :

Interações indesejáveis e clinicamente relevantes de Blaubimax - Albumina Humana 20% com outros medicamentos são desconhecidas.
reações adversas/colaterais e alterações de exames laboratoriais:
Os efeitos colaterais são raros durante ou após a infusão de preparações de albumina. reações brandas, como por exemplo rubor, urticária, febre e náusea, geralmente desaparecem rapidamente se a infusão for temporariamente interrompida. Graves reações de hipersensibilidade acompanhadas de choque são muito raras. Nesses casos, a administração deve ser interrompida e as devidas providncias devem ser tomadas.

Modo de Usar :

A dosagem e a duração do tratamento dependem da gravidade da situação clínica do paciente e do tipo de doença.
Recomenda-se que a preparação não diluda seja administrada a uma taxa de 120 ml/h. Diluda em uma solução iso-onctica, a preparação deve ser administrada a uma taxa de 200-250 ml/h. Blaubimax - Albumina Humana 20% deve ser administrado por via endovenosa. Durante a administração de Blaubimax - Albumina Humana 20%, a pressão venosa central deve ser monitorada.

Superdosagem :

Blaubimax - Albumina Humana 20% deve ser administrado juntamente com monitoramento da pressão venosa central em uma dose que depender da situação clínica do paciente e do tipo fundamental de doença. Desta forma, a superdosagem pode ser evitada.
A superdosagem com fluidos de substituição de plasma identificada pela hipervolemia. Nesse caso, podem ser observados os seguintes sintomas: cefaleia, dispnéia, aumento da pressão venosa central, aumento da pressão sanguínea e edema pulmonar.
Nessas situações, a administração de Blaubimax - Albumina Humana 20% deve ser imediatamente interrompida. Dependendo da situação clínica, o tratamento consiste, entre outras coisas, na restrição de fluido, aumento do dbito cardíaco e a indução de maior diurese.

Fabricante :

Blasiegel Indústria e Comércio Ltda.

Rodovia Raposo Tavares, 2833 Km 30,5
Barro Branco - Cotia/SP - Cep: 06705-030
Pabx: (11) 4615-9400
Fax: (11) 4615-9401

Medicamento do mesmo fabricante :

Anfugine, Anfugitak, Anfugitarin, Blaubimax, Blaubumin, Blauferon a, Blauferon b, Blauppsb, Dextasona, Duozol, Eritromax, Interleukin, Leucocitim, Novasutin, Ribavirin, Vudirax


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.