Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

B-platin - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : carboplatina

Indicação : Carboplatina está indicada no tratamento do carcinoma avançado de ovário de origem epitelial, como: a) terapia de primeira linha, b) terapia de segunda linha, após outros tratamentos haverem falhado. Está também indicada no tratamento do carcinoma de pequenas células de pulmão e no carcinoma espino-celular de cabeça e pescoço. Respostas significativas têm sido observadas quando a carboplatina é empregada no tratamento do carcinoma do colo uterino.

Efeito Colateral :

Hematológicas: A mielodepressão é toxicidade limitante da dose de carboplatina. Em pacientes com valores basais normais ocorre trombocitopenia com contagem de plaquetas inferior a 50.000/mm 3 em 25% dos pacientes, neutropenia com contagem de granulócitos inferior a 1000/mm 3 em 18% dos pacientes e leucopenia com contagem de leucócitos inferiores a 2000/mm 3 em 14% dos pacientes.
Trombocitopenia, neutropenia e leucopenia são mais graves em pacientes previamente tratados (em particular, com a cisplatina) e em pacientes com a função renal prejudicada. Pacientes em mau estado geral também apresentaram maior leucopenia e trombocitopenia. Anemia com taxa de hemoglobina abaixo de 11 g/dl tem sido observada em 71% dos pacientes com valores basais normais. A incidência de anemia aumenta com o aumento da exposição à carboplatina.
Gastrintestinais: Vômitos ocorrem em 65% dos pacientes e náuseas, em mais 15%. Cerca de um terço dos pacientes que apresentam vômitos sofrem êmese grave. Pacientes previamente tratados (em particular, com a cisplatina) estão aparentemente mais propensos ao vômito. Outros efeitos colaterais gastrintestinais consistem em dor (17% dos pacientes), diarreia (6%) e constipação (6%).

Contra indicação :

A carboplatina é contra-indicada para pacientes portadores de insuficiência renal grave. O produto não deve ser empregado em pacientes com mielodepressão severa e/ou naqueles com tumores localizados que sangram. Está também contra-indicado em pacientes com história de reações alérgicas à carboplatina e a outros compostos que contenham platina.

Interação Medicamentosa :

Não é recomendável o uso de carboplatina com outros compostos nefrotóxicos.

Modo de Usar :

Observações: Não devem ser utilizados agulhas ou equipos contendo partes de alumínio que possam estar em contato com a carboplatina na sua preparação ou Administração. O alumínio reage com a carboplatina levando à formação de precipitado e/ou perda de potência.
Devem ser considerados os procedimentos quanto à manipulação e descarte de drogas anticâncer. Vários guias sobre esse assunto já foram publicados, porém não há acordo geral de que todos os procedimentos recomendados nesses guias sejam necessários ou apropriados.
Dose: A carboplatina deve ser usada unicamente por via intravenosa. A dose recomendada a pacientes adultos não tratados previamente e com função renal normal é de 400 mg/m 2 IV, como dose única e administrada por infusão a curto prazo (15 a 60 minutos). O tratamento não deve ser repetido até que se completem 4 semanas após ciclo prévio de carboplatina.

Superdosagem :

Não há antídoto conhecido para superdose de carboplatina. as complicações precoces de superdose podem estar relacionadas à mielodepressão bem como os danos às funções hepática e renal. o uso de carboplatina em doses maiores que as recomendadas tem sido relacionado com perda de visão.
Pacientes idosos:
O produto poderá ser usado por pacientes com idade acima de 65 anos, desde que observadas as precauções referentes ao produto.

Fabricante :

Blausiegel Indústria e Comércio Ltda

Endereço: Rodovia Raposo Tavares, 2833, Cotia - SP
Telefone:(11) 4615-9400


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Curso Master O Cara da Foto