Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Azimax - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo: azitromicina

Apresentação: Caixa contendo 3 comprimidos revestidos de 500 mg. Caixa contendo 1 comprimido revestido de 1000 mg. Suspensão oral 900 mg: frasco contendo Pó para reconstituição com diluente a 22,5 ml (200 mg/5 ml). Suspensão oral 1500 mg: frasco contendo Pó para reconstituição a 37,5 ml (200 mg/5 ml).

Indicação: Tratamento das infecções causadas por germes sensíveis do trato respiratério superior e do ouvido, tais como, otite média, sinusite, rinossinusite, rinite, amigdalite, laringite e faringotraqueóte, como em infecções do trato respiratério inferior incluindo traqueobronquite, bronquite, broncopneumonia e pneumonia.
Pode também ser utilizada em infecções da pele e tecidos moles, tais como, os abscessos, furúnculos, flegmães, úlceras infectadas, quando causadas por organismos sensíveis é azitromicina. É indicado no tratamento das doenças sexualmente transmissíveis (DST), no homem ou na mulher. Azimax É indicado no tratamento das infecções genitais, do tipo uretrites e cervicites não complicadas, devidas a Chlamydia trachomatis, Mycoplasma hominis, Ureaplasma urealyticum intracellulare, Neisseria gonorrhoaea sem resistâncias múltiplas, devendo ser excluídas infecções concomitantes pelo Treponema pallidumi.

Efeitos Colaterais: A azitromicina é bem tolerada, apresentando baixa Incidência de efeitos colaterais. Os efeitos adversos observados foram de natureza leve ou moderada. A maioria das reações adversas foi de origem gastrintestinal, incluindo diarreia, fezes amolecidas, flatulência, desconforto abdominal (dor, célica), náusea e vômito.têm sido observadas elevações reversíveis nos níveis das transaminases hepáticas, com frequência semelhantes aos betalactémicos e aos outros macrolídeos utilizados comparativamente em estudos clínicos.têm sido ocasionalmente, observados episódios transitórios de discreta redução nas contagens de neutrófilos, embora não tenha sido estabelecida uma reação causal com a azitromicina. Raramente, tém ocorrido reações alérgicas como crash " cutâneo (erupções), fotossensibilidade, angioedema e anafilaxia.

Fórmula:

Cada comprimido revestido de 500 mg e 1 gcontém, respectivamente, azitromicina (na forma diidratada) 500 mg e 1 g.

Contra indicação: É contra indicado em indivíduos com história de hipersensibilidade (reações alérgicas) é azitromicina ou a qualquer outro componente do grupo dos macrolídeos.

Modo de Usar: Azimax deve ser administrado em dose única diária. a administração da azitromicina após uma reinfecção substancial reduz em no mínimo 50% a biodisponibilidade do antibiótico, assim sendo, cada dose Deverá ser administrada, no mínimo, uma hora antes ou duas horas após as refeições.
Adultos, uso dos comprimidos revestidos orais: para o tratamento das doenças sexualmente transmissíveis (DST) causadas por Chlamydia trachomatis, Neisseria gonorrhoeae, Mycoplasma hominis, Ureaplasma urealyticum intracellulare, Haemophilus ducreyii, Azimax deve ser administrado em dose oral única de 1000 mg.
Para as outras IndicaçõesAzimax deve ser administrado em dose única diária de 500 mg, durante 3 dias (dose total 1500 mg). Como alternativa, a mesma dose total de 1500 mg poderá ser administrada durante 5 dias; uma dose única de 500 mg no primeiro dia seguida de 250 mg do segundo ao quinto dia.

Fabricante:

EMS Indústria Farmacêutica Ltda.

Rua Comendador Carlo Mario Gardano, 450 - CEP: 09720-470 - S. Bernardo do Campo/SP

Telefone: (19) 3887.9800 SAC: 0800.191914 / 0800.191222

Medicamentos do mesmo fabricante:

Azimax, Benotrin, Cobaglobal, Dibendril, Dorical, Dorsedin, Emistin, Emsgrip, Energil_c, Micoter, Monozol, Noriderm, Norizal, Pomaderme, Quinoform, Ranitil, Sinvatrox, Sominex, Vitonico, Voltaflex


Advertências:

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos:

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma:

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.