Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Atorvastatina - APS - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Atorvastatina célcica

Classe terapêutica: Colesterol

Apresentação :

Atorvastatina APS 20 mg Comprimidos revestidos por película
Atorvastatina APS 40 mg Comprimidos revestidos por película
Atorvastatina APS 80 mg Comprimidos revestidos por película

Indicação :

A Atorvastatina APS pertence a um grupo de medicamentos chamado estatinas,que se destinam a regular a concentração de lpidos (gorduras).

A Atorvastatina APS é usada na redução de níveis elevados de colesterol etriglicridos, quando a resposta dieta e a alterações do estilo de vida nãoresultaram. Se tem um risco aumentado de doença cardíaca, Atorvastatina APS também pode ser utilizado para reduzir este risco, mesmo que os seus níveis decolesterol sejam normais. Durante o tratamento deve ser seguida uma dietapobre em colesterol.

O colesterol é uma substância que necessária para o crescimento normal doseu organismo. No entanto, quando existe demasiado colesterol no seuorganismo, este pode-se depositar nas paredes dos vasos sanguíneos, quepodem ficar bloqueados. Esta é uma das causas mais comuns de doençacardíaca. reconhecido que níveis elevados de colesterol aumentam o risco dedoença cardíaca. Outros factores que aumentam o risco de doença cardíaca sãoa pressão arterial alta, diabetes, excesso de peso, atividade fsica reduzida,hábitos tabgicos ou história familiar de doença cardíaca.

Antes de TomarATORVASTATINA APS

Não tome Atorvastatina APS

se tem hipersensibilidade (alergia) é atorvastatina APS ou a qualquer outromedicamento similar utilizado para diminuir os lpidos no sangue ou a qualqueroutro componente deste medicamento;
se sofre ou sofreu de doença hepática;
se já teve níveis dos testes da função hepática alterados por motivosindeterminados;
se é uma mulher em idade frtil e não está a utilizar métodos contraceptivosadequados;
se está grávida, a tentar engravidar ou se está a amamentar;
se sofre de uma doença dos mêsculos denominada miopatia (doresmusculares repetidas ou sem explicação aparente).

Tome especial cuidado com Atorvastatina APS

Existem algumas razes pelas quais Atorvastatina APS pode não ser indicadapara si:
se tem problemas renais;
se a sua tiráide não muito ativa (hipotiroidismo);
se tem antecedentes pessoais ou familiares de alterações musculares, doresmusculares repetidas ou sem explicação aparente;
se teve antecedentes de toxicidade muscular com outros medicamentos quebaixam o colesterol (por exemplo, outras estatinas ou fibratos);
se consome regularmente quantidades considerveis de bebidas alcolicas;
se tem uma história de doença hepática;
se tem mais de 70 anos;
se o seu médico lhe disse que tem uma intolerância a alguns açúcares,contacte o seu médico antes de tomar este medicamento.

Se alguma destas situações se aplicar a si, o seu médico irá fazer-lhe umaanálise ao sangue antes, e provavelmente durante o tratamento com

Atorvastatina APS, por forma a determinar o seu risco de efeitos indesejáveisrelacionados com os mêsculos

Tomar Atorvastatina APS com outros medicamentos

Existem alguns medicamentos que podem interagir com Atorvastatina APS:
Medicamentos utilizados para alterar a forma como seu Sistema Imunológicofunciona, por exemplo, ciclosporina;
Alguns medicamentos antibióticos ou antifúngicos, por exemplo, eritromicina,claritromicina, cetoconazol, itraconazol, rifampicina;
Outros medicamentos utilizados para regular o nível liPódico, por exemplo,gemfibrozil, outros fibratos, derivados do ácido nicotúnico, colestipol;
Alguns bloquedores dos canais de cálcio utilizados para a angina ou tensãoarterial elevada, por exemplo, nifedipina; medicamentos utilizados para controlaro seu ritmo cardíaco, por exemplo, digoxina;
Algumas benzodiazepinas utilizadas para a ansiedade ou outras condições,por exemplo nefazodona;
Inibidores das proteases utilizados no tratamento do VIH;
Outros medicamentos que podem interagir com Atorvastatina APS incluemvarfarina (que reduz a coagulação sanguínea), contraceptivos orais, fenitona
(um anti-convulsivante para a epilepsia) e antiácidos (medicamentos para aindigestáo contendo alumínio ou magnésio).

Informe o seu médico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica, uma vezque eles podem interagir.

Tomar Atorvastatina APS com alimentos e bebidas

Sumo de toranja
Não tome mais do que um ou dois copos pequenos de sumo de toranja por dia,uma vez que grandes quantidades de sumo de toranja podem alterar os efeitosde Atorvastatina APS.

álcool
Evite beber grandes quantidades de álcool enquanto toma este medicamento.
Veja a secção ?Tome especial cuidado com Atorvastatina APS? para maisinformaçães.

Gravidez e aleitamento

Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.

Gravidez:
Não tome Atorvastatina APS se está grávida, se pensa que poderá estar grávidaou está a tentar engravidar. As mulheres em idade frtil devem utilizar métodoscontraceptivos adequados.

Aleitamento:
Não tome Atorvastatina APS se estiver a amamentar.

Condução de veículos e utilização de máquinas

Não conduza caso este medicamento afecte a sua capacidade para conduzir.
Não utilize quaisquer ferramentas ou máquinas caso este medicamento afecte A sua capacidade de as utilizar.

Informaçães importantes sobre alguns componentes de Atorvastatina APS

Este medicamento contém lactose. Se foi informado pelo seu médico que temintolerância a alguns açúcares, contacte-o antes de tomar este medicamento.

Modo de Usar: ATORVASTATINA APS

Tomar Atorvastatina APS sempre de acordo com as Indicaçõesdo médico. Falecom o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.

Posologi.

Modo de usar :
A dose inicial habitual de Atorvastatina APS 10 mg, uma vez ao dia. O seu médico poderá aument-la até atingir o a dose que necessite. O ajustamentoindividualizado da dose Deverá efetuar-se a intervalos mínimos de 4 semanas.
A dose máxima diária de Atorvastatina APS de 80 mg.

Antes de iniciar o tratamento, o seu médico irá receitar-lhe uma dieta pobre emcolesterol; enquanto tomar Atorvastatina APS, Deverá manter essa dieta.

A duração do tratamento com Atorvastatina APS deve ser definida pelo seu médico.

Informe o seu médico se sente que o efeito da dosagem de Atorvastatina APSque está a tomar muito fraco ou muito forte.

Modo de Administração.

Administração por via oral.

Atorvastatina APS comprimidos devem ser tomados inteiros, com água, aqualquer momento do dia, independentemente das refeições. No entanto,Deverá fazer um esforo para tomar o seu comprimido mesma hora todos osdias.

Se tomar mais Atorvastatina APS do que deveria

Se tomou, acidentalmente, comprimidos de Atorvastatina APS a mais, informeimediatamente o seu médico ou contacte o hospital mais próximo para seraconselhado.

Caso se tenha esquecido de tomar Atorvastatina APS

Se se esquecer de tomar o medicamento Deverá tomar a dose seguinte, horanormal. Não tome uma dose dobrada para compensar a dose que se esqueceude tomar.

Se parar de tomar Atorvastatina APS

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico ou farmacêutico.

Efeitos secundários possíveis

Como todos os medicamentos, Atorvastatina APS pode causar efeitos secundários, no entanto estes não se manifestam em todas as pessoas.

Os efeitos secundários seguintes são importantes e requerem ação imediata seos detectar:
Edema angioneurtico (a face, a lngua e a traqueia ficam inchados o quepode causar dificuldade em respirar). Esta é uma reação muito rara, no entantose ocorrer pode tornar-se grave. Se tiver este efeito secundário deve informarimediatamente o seu médico.
Ocasionalmente ocorre cansaço e inflamação muscular. Este efeito secundário
muito raro mas pode evoluir para uma condição que coloca a vida em risco
(chamada rabdomilise). Se sentir cansaço, flacidez ou dor muscular,particularmente se em simultâneo, se se sentir indisposto ou se a suatemperatura aumentou, pare de tomar Atorvastatina APS e informe o seu médicoimediatamente.

As afecções muito raras afectam menos de 1 em cada 10.000 doentes a tomaratorvastatina (o que quer dizer que em cada 10.000 doentes a tomaratorvastatina, em 9.999 estas afecções não são esperadas.

Se desenvolver hematomas ou feridas não esperadas ou não usuais, podeestar relacionado com uma afecção hepática. Deve informar imediatamente oseu médico

Outros efeitos adversos possíveis com Atorvastatina APS:
As afecções comuns afectam pelo menos 100 em cada 10.000 doentes a tomaratorvastatina (o que quer dizer que em cada 10.000 doentes a tomaratorvastatina, em 9.900 estas afecções não são esperadas).
Estas incluem:
Nuseas, dor abdominal, obstipação, flatulência, indigestáo, dor de cabeça,dor muscular, diarreia, insônia, tonturas, dor torácica, reações alérgicas,dormncia, dores nas articulações (artralgias) e nas costas, falta de fora
(astenia), edema perifrico e prurido.

Outros efeitos adversos menos comuns tém sido detectados em doentes atomar atorvastatina ou do mesmo grupo. Nem todos estes efeitos estáo ligados
utilização destes medicamentos. As afecções pouco frequentes afectammenos de 100 em cada 10.000 doentes a tomar atorvastatina (o que quer dizerque em cada 10.000 doentes a tomar atorvastatina, em 9.900 estas afecçõesnão são esperadas).
Estas incluem:
Anorexia (perda de apetite), entorpecimento ou formigueiro nos dedos dasmos ou dos Pós, vômitos, urticária, cãibras musculares, hematomas ou feridasnão esperadas, zumbidos, aumento de peso, perda de memria, borbulhas, mdisposição, impotncia, queda do cabelo, pancreatite (inflamação do Póncreasque origina dor abdominal).

As afecções raras afectam menos de 10 em cada 10.000 doentes a tomaratorvastatina (o que quer dizer que em cada 10.000 doentes a tomaratorvastatina, em 9.990 estas afecções não são esperadas.
Estas incluem:
Redução da sensibilidade da pele ao toque suave ou dor, fraqueza muscular,erupção cutânea, edema perifrico (ex. inchao dos tornozelos), hepatite
(inflamação do fígado), icterícia (amarelecimento da pele e da zona branca doolho), rabdomilise (dor e fraqueza muscular grave, frequentemente associada afebre).

As afecções muito raras afectam menos de 1 em cada 10.000 doentes a tomaratorvastatina (o que quer dizer que em cada 10.000 doentes a tomaratorvastatina, em 9.999 estas afecções não são esperadas.
Estas incluem:

Edema angioneurtico (inchao da face, lngua e traqueia, o que pode causardificuldade em respirar), síndrome de Stevens-Johnson (afecção grave comformação de bolhas na pele, na boca, olhos e orgãos genitais), eritemamultiforme (erupção cutânea vermelha não uniforme). Registou-se igualmenteaumento ou diminuição do nível de glucose no sangue (se tem diabetes devecontinuar a monitorizar cuidadosamente os seu níveis de glucose no sangue).

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundários não mencionados nesta bula, informe o seu médico oufarmacêutico.

5. COMO CONSERVAR ATORVASTATINA APS

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Não conservar acima de 30 C.

Não utilize Atorvastatina APS após o prazo de validade impresso na embalagem.

Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixodoméstico. Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos deque já não necessita. Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.

6. Outras informações

Qual a composição de Atorvastatina APS

- A substância ativa é a atorvastatina célcica.

- Os outros componentes são: lactose monohidratada, estearato de magnésio,laurilsulfato de sódio, celulose microcristalina/slica coloidal anidra,butilhidroxianisol (E320), crospovidona, bicarbonato de sódio, polidimetilsiloxanoe Opadry OYL-28900 Branco (revestimento).

Qual o aspecto do Atorvastatina APS e conteúdo da embalagem

A Atorvastatina APS apresenta-se na forma farmacêutica de comprimidosrevestidos por película, estando disponível em blister de 14, 20, 28, 56 e 60unidades.

Fabricante :

FARMA-APS, Produtos farmacêuticos, S.A.
Rua João de Deus, n19
Venda Nova
2700 - 487 Amadora
Portugal

Medicamentos do mesmo fabricante :

amoxicilina ácido clavulanico aps, atorvastatina aps, cardiolite, cisplatina, finasterida aps, gabapentina generis


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.