Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

AAS Infantil - Bula

Bula de AAS infântil, uma droga do grupo salicilato, indicado para alívio de dores de intensidade leve a moderada, como dor de cabeça.

Princípio ativo : ácido acetilsalicílico

Classe Terapêutica: analgésicos.

Algumas considerações.

O ácido acetilsalicílico, chamado abreviadamente de AAS, é uma droga do grupo salicilato, no mercado desde 1899 sob o nome comercial de Aspirina , lançado pela empresa alemã Bayer.

Uma parcela de mulheres pode se beneficiar do uso do AAS para aumentar as chances de ficar grávida. A aspirina, tem efeito anticoagulante. Em doses infantis, ela pode auxiliar mulheres com problemas vasculares tanto a engravidar quanto a manter a gravidez.

Vários estudos comprovaram que o uso do Ácido Acetil Salicílico provoca alteração na agregabilidade das plaquetas (componentes do sangue que participam da coagulação), diminuindo significativamente a incidência de eventos trombóticos, como por exemplo, o Infarto Agudo do Miocárdio e o Acidente Vascular Encefálico.

Indicação : AAS Infantil é indicado para alívio de dores de intensidade leve a moderada, como dor de cabeça, dor de dente, dor de garganta, dor menstrual, dor muscular, dor nas articulações, dor nas costas, dor da artrite e o alívio sintomático da dor e da febre nos resfriados ou gripes.

Farmacocinética :

AAS Infantil contém a substância ativa ácido acetilsalicílico, do grupo de substâncias anti-inflamatórias não-esteroides, eficazes no alívio de dor, febre e inflamação.

O Ácido acetilsalicílico inibe a formação excessiva de substâncias mensageiras da dor, as prostaglandinas, reduzindo assim a sensibilidade à dor.

Contra indicação :

Não tome AAS Infantil se: for alérgico ao Ácido acetilsalicílico ou a salicilatos ou a qualquer dos outros ingredientes do medicamento.

Se não tiver certeza se é alérgico ao ácido acetilsalicílico, consulte o seu médico; tiver tendência para sangramentos; tiver úlceras do estômago ou do intestino; já tiver tido crise de asma induzida pela administração de salicilatos ou outras substâncias semelhantes; estiver em tratamento com metotrexato em doses iguais ou superiores a 15 mg por semana; estiver no último trimestre de gravidez.

Modo de Usar :

Crianças de:

6 meses a 1 ano: ½ a 1 comprimido;
1 a 3 anos: 1 comprimido;
4 a 6 anos: 2 comprimidos;
7 a 9 anos: 3 comprimidos;

Acima de 9 anos: 4 comprimidos.

Estas doses podem ser repetidas em intervalos de 4 a 8 horas, se necessário, até um máximo de 3 doses por dia.

Para crianças maiores recomendam-se outras Apresentações de Ácido acetilsalicílico com concentrações maiores.

Em pacientes com mau funcionamento do fígado ou dos rins, as doses devem ser diminuídas ou o intervalo entre elas aumentado.

Como usar - tome AAS Infantil com líquido, e se possível após a ingestão de alimentos.

Não tome AAS Infantil com o estômago vazio.

Duração do tratamento: AAS Infantil é indicado para o alívio de sintomas ocasionais.

Não trate dor ou febre com AAS Infantil por mais de 3 ou 4 dias sem consultar seu médico ou dentista.

Efeito Colateral :

Efeitos gastrintestinais - Dor abdominal, azia, náusea, vômito. Hemorragia gastrintestinal oculta ou evidente (hematêmese, melena) que pode causar anemia por deficiência de ferro. Esse tipo de sangramento é mais comum quando a posologia é maior.

Efeitos sobre o sistema nervoso central - Tontura e zumbido, que geralmente indicam superdose.

Efeitos hematológicos - Devido ao efeito sobre a agregação plaquetária, o Ácido acetilsalicílico pode ser associado com aumento do risco de sangramento.

Reações de hipersensibilidade - Por exemplo, urticária, reações cutâneas, reações anafiláticas, asma e edema de Quincke.

Advertências e Precauções

Nos casos seguintes, AAS Infantil só deve ser usado em caso de absoluta necessidade e sob cuidados especiais. Consulte um médico se alguma das situações abaixo for seu caso ou já se aplicou no passado.

O uso de AAS Infantil requer cuidados especiais, por exemplo, doses mais baixas ou intervalo maior de tempo entre as doses, nas seguintes condições:

Alergia a outros medicamentos analgésicos, anti-inflamatórios e antirreumáticos ou presença de outras alergias;
uso de medicamentos anticoagulantes; por exemplo, heparina e derivados da cumarina (exceto se a heparina for usada em doses baixas); asma brônquica; distúrbios gástricos ou duodenais crônicos ou recorrentes e úlceras gastrintestinais;
mau funcionamento do fígado ou dos rins.

AAS infantil na gravidez e amamentação - Você deve informar a seu médico se engravidar durante o tratamento prolongado com AAS Infantil.

Nos dois primeiros trimestres da gravidez, você só deverá usar AAS Infantil por recomendação médica, em casos de absoluta necessidade.

Você não deve tomar AAS Infantil nos últimos três meses de gravidez por risco de complicações para a mãe e o bebê durante o parto.

Pequenas quantidades do Ácido acetilsalicílico e de seus produtos de metabolismo passam para o leite materno. Como até o momento não se relatou nenhum efeito prejudicial para os bebês, não é necessário parar de amamentar ao se usar AAS Infantil para tratar a dor ou a febre nas doses recomendadas e por períodos curtos.

Se em casos excepcionais houver necessidade de tratamento prolongado ou de doses maiores (mais de 30 comprimidos por dia), deve-se considerar a possibilidade de suspender a amamentação.

Interação Medicamentosa :

Uso de AAS Infantil com outros medicamentos podem influenciar o seu efeito. Esses efeitos também podem ser relacionados com medicamentos tomados recentemente.

AAS Infantil aumenta:

O efeito de medicamentos anticoagulantes (por ex. derivados de cumarina e heparina);

O risco de hemorragia gastrintestinal se for tomada com álcool ou medicamentos que contenham cortisona ou seus derivados;

O efeito de certos medicamentos usados para baixar a taxa de açúcar no sangue (sulfonilureias);

Os efeitos desejados e indesejados do metotrexato;

Os níveis sanguíneos de digoxina, barbitúricos e lítio;

Os efeitos desejados e indesejados de um grupo particular de medicamentos analgésicos/anti-inflamatórios e antirreumáticos esteroides;

O efeito de sulfonamidas e suas associações;

O efeito do ácido valproico, um medicamento usado no tratamento de epilepsia.

AAS Infantil diminui a ação de: certos medicamentos que aumentam a excreção de urina (antagonistas de aldosterona e diuréticos de alça); medicamentos para baixar a pressão arterial; medicamentos para o tratamento da gota, que aumentam a excreção de ácido úrico (por ex.probenecida, sulfimpirazona).

Portanto, AAS Infantil não deverá ser usada sem orientação médica junto com uma das substâncias citadas acima.

Deve-se evitar tomar bebidas alcoólicas durante o uso de AAS Infantil.

Superdosagem :

Se alguém tomar uma dose muito grande, poderão ocorrer efeitos indesejáveis como tonturas e zumbido, sobretudo em crianças e idosos.

Esses sintomas podem indicar envenenamento grave.

No caso de superdose, contate seu médico, que decidirá sobre as medidas necessárias de acordo com a gravidade da intoxicação.

Se possível, leve a embalagem com os comprimidos.

Fórmula :

Cada comprimido contém 100 mg de ácido acetilsalicílico.

Componentes inertes: sacarina, amido, aroma, celulose microcristalina e corante.

AAS Infantil é apresentadona forma de comprimidos com 100 mg de Ácido acetilsalicílico em embalagens de 20 e 100 comprimidos.

Armazenamento

Os comprimidos devem ser guardados na embalagem original, em temperatura ambiente (15 - 30°C).

Os comprimidos devem ser protegidos da umidade, portanto só devem ser retirados da embalagem na hora de tomar.

Fabricante :

Bayer S/A.

R. Domingos Jorge, 1100 - Socorro
São Paulo - SP, 04761-000
(11) 5694-5166
Parque Industrial de Belford Roxo - RJ
(21) 2189-0700
SAC: 0800 702 1241
Bayer HealthCare - Saúde Humana
Bayer Pharma (Produtos Farmacêuticos) 0800 7021241
Consumer Care (Medicamentos Isentos de Prescrição) 0800 7231010
Diabetes Care (Monitores de Glicose) 0800 7231010

Medicamentos do mesmo fabricante :

Advocate, Alka Seltzer, Androcur 50 mg, Androcur 100 mg, Androcur Depot, Ass Infantil, Becozyme, Canesten Creme, Diane 35 Ciproteronanto, Diane 35, Diastabol Miglitol, Elevit, Filipendula, Gino Canesten, Gynera, Luminal, Miranova, Mirena, Nifedipino, Primolut Nor, Redoxon, Xarelto, Yasmin, Yaz.

Talvéz isso possa lhê interessar :

Anvisa alerta para contraindicação da pílula Diane 35 em pacientes com risco de trombose.

Conheça os verdadeiros riscos da pílula Diane 35.

Ginecologista esclarece como funciona cada tipo de pílula anticoncepcional. Yasmin, Diane 35, Selene e outras.

Esclarecimentos do fabricante sobre Diane 35.

Proibição de Diane 35 na França levanta debate sobre o uso de contraceptivos


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.


Emagrecimento e Aumento de Massa Muscular