Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Asmoquinol - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo: Sulfato de salbutamol

Classe Terapêutica: broncodilatador

Apresentação: Frasco com 100 ml.

Indicação: alívio do broncospasmo, na asma brônquica de qualquer tipo, bronquite crônica e enfisema. Salbutamol xarope é adequado para crianças ou para aqueles adultos que preferem medicamentos sob a forma líquida.

Efeito Colateral:

O único efeito colateral com salbutamol oral é um tremor fino da musculatura esqueltica, que ocorre em alguns pacientes e que afeta principalmente as mos. Este efeito está relacionado com a dose, sendo comum a todos os estimuladores beta-adrenérgicos. Um pequeno nmero de pacientes queixa-se de tensão.
Isto deve-se também aos efeitos sobre a musculatura esqueltica e não a uma estimulação direta do sistema nervoso central. Com doses de salbutamol maiores que as recomendadas ou em pacientes que são sensíveis aos estimulantes beta-adrenérgicos, pode ocorrer uma vasodilatação perifrica e, em conseqncia, um aumento compensatério da frequência cardíaca.

Precauções:

Salbutamol deve ser administrado com precaução a pacientes portadores de tireotoxicose. Não é aconselhável a administração de salbutamol no primeiro trimestre de gravidez. O uso em pacientes idosos (acima de 65 anos) requer um rigoroso controle médico com ajuste de posologia. - Interações Medicamentosas:: efeitos metabólicos de altas doses de salbutamol foram exacerbados pelo uso concomitante com altas doses de corticosteróides; propranolol e outros bloqueadores adrenoceptor, agem como antagonistas aos efeitos de salbutamol.

Fórmula:

Sulfato de salbutamol 4,0 mg; excipientesq.s.p. 5,0 ml. Excipientes: nipagin, nipasol, corante vermelho bordeaux, essência de framboesa, álcool etlico 96 GL, açúcar cristal, glicerina, citrato de sódio, ácido cítrico.

Contra indicação:

Apesar do salbutamol ser usado no controle do parto prematuro não complicado, não deve ser usado na ameaa de aborto durante o primeiro ou segundo trimestre da gravidez. As preparações orais de salbutamol e os agentes betabloqueadores, como o propranolol, não devem, usualmente, ser prescritas concomitantemente.

Modo de Usar:

Adultos: 1 colher de sobremesa (10 ml) ou 1 comprimido 3 a 4 vezes ao dia. Caso não seja obtida adequada broncodilatação, a dose pode ser aumentada para 8 mg (2 colheres de sobremesa) ou 2 comprimidos. Nos pacientes idosos ou naqueles muito sensíveis s substâncias estimulantes beta-adrenérgicos é aconselhável iniciar o tratamento com 2 mg 3 a 4 vezes ao dia. Crianças: as seguintes doses devem ser administradas 3 a 4 vezes ao dia. Crianças de 2 a 5 anos: 1-2 mg, 2,5 - 5 ml do xarope.
Crianças de 6 a 12 anos: 2 mg, 5 ml do xarope. Acima de 12 anos: 2-4 mg. O salbutamol muito bem tolerado pelas crianças, de modo que, se necessário, estas doses podem ser aumentadas, a critério médico. - Superdosagem: a superdosagem com salbutamol deve ser tratada pela lavagem gástrica e, se conveniente, administrando-se um betabloqueador adrenérgico cardiosseletivo.

Fabricante:

Fabricante: Ducto Indústria e Farmácia Ltda.

Distrito Daia, 0 - Vpr 3 Qd. 2 A Modulos - Daia
Anápolis - GO - CEP 75133-600

FONE: (62) 3310-5700
SAC: 0800 704 9909

Medicamentos do mesmo fabricante:

Asmoquinol, Buclimax, Ductoveran, Gonopac, Lincomicina, Metildopa, Miorrelax, Vitamina b 12


Advertências:

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos:

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma:

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.