Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Arnica Weleda – Arnica montana - Bula

Bula do Medicamento antroposófico, composto a base de arnica montana, indicado no tratamento auxiliar de contusões, fraturas, distensões, contraturas musculares, restrição aos movimentos.

Princípio ativo : Arnica montana D3

Medicamento Fitoterápico

Apresentação :

Solução oral de Arnica montana D3 - Frasco de vidro âmbar com 50 ml Glóbulos de Arnica montana D3 – Frasco de vidro âmbar com 20 gramas Comprimidos de Arnica montana D3 – Frasco de vidro âmbar com 80 comprimidos

Fórmula:

Solução Oral: Cada 1 ml de solução oral contém:

Arnica montana D3 (dinamizada em álcool 30%)........................... 1.000,0 mg

Graduação alcoólica 30%. Cada frasco contém 50 ml de solução oral.

Glóbulos: Cada 1 g do produto contém:

Arnica montana D3..................80,0 mg

Glóbulos inertes no 5.....................1,0 g Cada frasco contém 20 gramas de glóbulos.

Comprimidos: Cada comprimido de 200 mg contém:

Arnica montana D3.................185,0 mg

Excipientes* q.s.p...................200,0 mg

*Amido, estearato de magnésio vegetal e lactose. Cada frasco contém 80 comprimidos.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS AOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE

Indicação :

De acordo com os conhecimentos antroposóficos em relação ao ser humano e à natureza, ARNICA WELEDA atua no tratamento auxiliar de contusões, fraturas, distensões, contraturas musculares, restrição aos movimentos, excessos musculares, no pós-operatório, na angina pectoris, infarto do miocárdio, apoplexia, concussão cerebral, esclerose múltipla, consequências imediatas e tardias – locais ou gerais – de traumatismos, gota e reumatismo, consequências posteriores de traumas psíquicos.

Características Farmacológicas:

Ao processo de diluição seguido de agitação ritmada, damos o nome de dinamização. Os medicamentos antroposóficos são produzidos a partir de substâncias naturais dos reinos mineral, vegetal e animal que, em
função da relação evolutiva, estão em direta relação com o ser humano sadio e doente.

As relações primordiais entre ser humano e natureza podem ser desenvolvidas através de processos farmacêuticos até uma relação terapêutica. Isto resulta, por um lado, da compreensão dos processos patológicos no ser humano e por outro lado, do reconhecimento dos correspondentes processos da natureza, de acordo com os princípios antroposóficos.

O medicamento antroposófico pode agir, de acordo com sua composição, de três modos: (1) estimulando um processo contrário à doença; (2) agindo sinergicamente de modo corresponde à atividade geradora da doença e provocando uma reação contrária maior do organismo no sentido da cura; (3) proporcionando um modelo orientador para o órgão ou sistema doente levando à sua atividade sadia.

ARNICA WELEDA, como um medicamento produzido e indicado de acordo com o conhecimento antroposófico, age em primeira linha através do estímulo das forças auto curativas do organismo e age como estimulante e harmonizador dos processos metabólicos e formativos para regeneração do organismo após lesões de órgãos ou tecidos, particularmente após insultos mecânicos e isquêmicos.

Contraindicação:

O produto é contraindicado para pessoas com hipersensibilidade aos componentes da fórmula

Advertências e Precauções

Até o momento, não foi relatada a necessidade de precaução, se administrado conforme a posologia sugerida. As orientações e recomendações previstas na bula estão relacionadas à via de Administração indicada. O uso por outras vias não sugeridas por esta bula pode envolver risco e deve estar sob a responsabilidade do prescritor. Caso haja esquecimento de dose, não duplicar a dose subsequente.

Atenção: ARNICA WELEDA solução oral contém ÁLCOOL. Teor alcoólico de 30 %.

Atenção: ARNICA WELEDA glóbulos contém SACAROSE.

Atenção: ARNICA WELEDA comprimidos contém LACTOSE.

Gravidez e lactação:

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião- dentista.
Pacientes idosos: Não existem advertências ou recomendações especiais sobre o uso do produto por pacientes idosos.

Interação Medicamentosa :

Até o momento não houve relatos de Interações Medicamentosas:.

Modo de Usar :

Solução oral: Crianças até 12 anos: Administrar 10 gotas de 2 em 2 horas nos casos agudos, durante 3 a 5 dias e depois 3 a 4 vezes ao dia. A posologia poderá ser alterada a critério médico. Adultos e crianças maiores de 12 anos: Administrar 15 a 20 gotas de 2 em 2 horas nos casos agudos, durante 3 a 5 dias e depois 3 a 4 vezes ao dia. A posologia poderá ser alterada a critério médico.

Glóbulos: Crianças até 12 anos: Administrar 6 glóbulos de 2 em 2 horas nos casos agudos, durante 3 a 5 dias e depois 3 a 4 vezes ao dia. A posologia poderá ser alterada a critério médico. Adultos e crianças maiores de 12 anos: Administrar 9 a 12 glóbulos de 2 em 2 horas nos casos agudos, durante 3 a 5 dias e depois 3 a 4 vezes ao dia. A posologia poderá ser alterada a critério médico.

Comprimidos: Crianças até 12 anos: Administrar 1 comprimido de 2 em 2 horas nos casos agudos, espaçando as doses conforme melhora durante 3 a 5 dias e depois, na fase de manutenção, 3 vezes ao dia. A posologia poderá ser alterada a critério médico. Adultos e crianças maiores de 12 anos: Administrar 2 comprimidos de 2 em 2 horas nos casos agudos, espaçando as doses conforme melhora durante 3 a 5 dias e depois, na fase de manutenção, 3 vezes ao dia. A posologia poderá ser alterada a critério médico.

Reações Adversas:

Ainda não são conhecidas a intensidade e frequência das reações adversas. Caso ocorra suspenda o uso do medicamento.

Superdosagem:

Até o momento, não foram relatados ou verificados casos de superdosagem durante o tratamento com o produto.

Em caso de intoxicação ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações sobre como proceder.

Referências Bibliográficas:

- CAIRO, N. - Guia de Medicina Homeopática - São Paulo: Livraria Teixeira, 21a ed. ,1991 - VIJNOVSKY, B. - Tratado de Matéria Médica (vol I, II e III) - São Paulo: Ed. Organon, 2003.

Dizeres legais :

ARNICA WELEDA D3 solução oral: 1.0061.0004.002-5 ARNICA WELEDA D3 glóbulos: 1.0061.0004.004-1

ARNICA WELEDA D3 80 comprimidos: 1.0061.0004.009-2 Farm. Resp.: Sherlise de Cassia Vieira Marcelino
CRF-SP no 13.096

Fabricante :

Weleda do Brasil – Laboratório e Farmácia Ltda.

Rua Brig. Henrique Fontenelle, 33
CEP.: 05125-000 - São Paulo - SP
CNPJ: 56.992.217/0001-80

Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC)
0800 55 32 66
Central de Pedidos (Compra de Produtos)
0800 77 22 777
Indústria Brasileira
S.A.C. - 0800 55 32 66

Medicamentos do mesmo fabricante :

Ansiodoron, Arnica Montana, Arnica Weleda, Briophyllum Argento Cultum, Erysiodoron, Infludo, Infludoron, Previgripe, Pyrit Zinnober, Rinidon, Sinudoron, Stressdoron, Weletuss.


Armazenamento e Cuidados:

Antes e depois da abertura da embalagem, proteger da luz solar, e de fontes de radiação eletromagnética, como por exemplo: forno de microondas, aparelho celular, televisão, computador, raios X, caixa acústica, etc. de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem. Não use medicamento com prazo de validade vencido. Prazo de validade do medicamento: 24 meses Para sua segurança, mantenha o medicamento na embalagem original.

ARNICA WELEDA solução oral é uma solução hidroalcoólica, límpida, transparente e levemente amarelada.

ARNICA WELEDA glóbulos são grãos esféricos, homogêneos, regulares e consistentes, inodoros e de cor branca. ARNICA WELEDA comprimidos são comprimidos cilíndricos, biconvexos, de consistência sólida, textura granular e de cor branca.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso você observe alguma mudança no aspecto do medicamento que ainda esteja no prazo de validade, consulte o médico ou o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.