Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Aricept - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Cloridrato de donepezilo

Apresentação :

Comprimidos brancos de 5 mg marcados com “ARICEPT” numa face e “5″ na outra.

Comprimidos amarelos de 10 mg marcados com “ARICEPT” numa face e “10″ na outra.

Os comprimidos são fornecidos em embalagens de 28 e 56 comprimidos.

Indicação :

ARICEPT (cloridrato de donepezilo) pertence a um grupo de medicamentos designados por inibidores da acetilcolinesterase.

é utilizado no tratamento de sintomas de demncia em pessoas a quem foi diagnosticada doença de Alzheimer, ligeira a moderadamente severa. Os sintomas incluem perda crescente de memria, confusão e alterações comportamentais. Como resultado, os doentes com doença de Alzheimer apresentam dificuldades cada vez maiores em executar as suas atividades diárias normais.

ARICEPT destina-se apenas a utilização em doentes adultos.

Antes de tomar ARICEPT

NO tome ARICEPT se tem alergia (hipersensibilidade) ao cloridrato de donepezilo, aos derivados da piperidina ou a qualquer outro componente de ARICEPT mencionado na secção 6 se está a amamentar.

Tome especial cuidado com ARICEPT.

Antes de tomar ARICEPT, informe o seu médico ou farmacêutico se tem ou já teve:

úlceras no estômago ou duodenais;

Ataques epilpticos ou convulsões;

Uma doença cardíaca (batimentos cardíacos irregulares ou muito lentos);

Asma ou outra doença pulmonar prolongada;

Problemas de fígado ou hepatite dificuldade em urinar ou doença renal ligeira;

Informe também o seu médico se estiver grávida ou pensa que pode estar grávida.

Ao tomar ARICEPT com outros medicamentos:

Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver tomando ou tiver tomado recentemente outros medicamentos. Isto inclui medicamentos que não lhe foram prescritos pelo seu médico mas que tenha comprado numa farmcia. também se aplica a medicamentos que possa vir a tomar no futuro caso continue a tomar ARICEPT. Tal deve-se ao facto de estes medicamentos poderem diminuir ou aumentar os efeitos de ARICEPT.

Informe especialmente o seu médico se estiver a tomar algum dos seguintes tipos de medicamento:

Outros medicamentos para a doença de Alzheimer, por exemplo galantamina medicamentos para a dor ou tratamento da artrite por exemplo ácido acetilsalicílico, anti-inflamatório não-esteroides (AINEs) como ibuprofeno ou diclofenac de sódio medicamentos anticolinrgicos, por exemplo tolterodina antibióticos, por exemplo eritromicina, rifampicina medicamentos antifúngicos, por exemplo cetoconazol anti-depressivos, por exemplo fluoxetina anticonvulsivantes, por exemplo fenitona, carbamazepina medicamentos para uma doença cardíaca, por exemplo quinidina, bloquedores-beta (propranolol e atenolol) relaxantes musculares, por exemplo diazepam, succinilcolina anestásicos gerais medicamentos obtidos sem receita médica, por exemplo medicamentos base de plantas.

Se for submetido a uma intervenção cirúrgica para a qual seja necessária anestesia geral, informe o seu médico e o anestesista que está a tomar ARICEPT. Tal deve-se ao facto de ARICEPT poder afectar a quantidade de anestásico necessária.

ARICEPT pode ser utilizado em doentes com doença renal e doença hepática ligeira a moderada.

Informe o seu médico se tem doença renal ou hepática. Os doentes com doença hepática grave não devem tomar ARICEPT.

Informe o seu médico ou farmacêutico sobre quem é o seu prestador de cuidados de Saúde. O seu prestador de cuidados de Saúde poderá ajudá-lo a tomar a medicação conforme lhe foi receitada pelo seu médico.

Ao tomar ARICEPT com alimentos e bebidas:

Os alimentos não influenciam o efeito de ARICEPT.

ARICEPT não deve ser tomado com álcool, pois o álcool pode alterar o seu efeito.

Gravidez e aleitamento:

ARICEPT não pode ser tomado durante a amamentação.

Se está grávida ou pensa poder estar grávida, aconselhe-se com o seu médico antes de tomar qualquer medicamento.

Condução de veículos e utilização de máquinas:

A doença de Alzheimer pode prejudicar a condução de veículos ou comprometer a capacidade de utilizar máquinas e não Deverá desempenhar estas atividades excepto se o seu médico lhe disser que seguro fazé-lo.

Adicionalmente, este medicamento pode causar cansaço, tonturas e cãibras musculares. Se for afectado por algum destes sintomas não Deverá conduzir ou operar máquinas.

Informaçães importantes sobre alguns componentes de ARICEPT:

Este medicamento contém lactose. Se foi informado pelo médico que tem intolerância a alguns açúcares, contacte-o antes de tomar este medicamento.

COMO TOMAR ARICEPT

Que quantidade deve tomar de ARICEPT?

Habitualmente, irá iniciar o tratamento com a toma de 5 mg (um comprimido branco) todas as noites. Ao fim de um mês, o seu médico poderá aumentar-lhe a dose para 10 mg (um comprimido amarelo) todas as noites.

Engula o comprimido de ARICEPT com uma bebida ou água à noite, antes de deitar.

A dose a tomar pode variar consoante a duração do tratamento e da recomendação do seu médico.

A dose máxima recomendada é de 10 mg por noite.

Siga sempre as instruções do seu médico ou farmacêutico sobre como e quando tomar o seu medicamento.

Não altere a dose sem indicação do seu médico.

Durante quanto tempo Deverá tomar ARICEPT?

O seu médico ou farmacêutico indicar-lhe-o durante quanto tempo Deverá continuar a tomar os seus comprimidos. Deve consultar o seu médico regularmente, para revisão do seu tratamento e avaliação dos sintomas.

Se parar de tomar ARICEPT:

Não interrompa a toma dos comprimidos excepto se o seu médico lhe indicar. Se parar de tomar

ARICEPT os benefícios do tratamento serão atenuados gradualmente.

Se tomar mais ARICEPT do que deveria:

NO TOME mais do que um comprimido por dia. Contacte o seu médico imediatamente se tomar mais do que deveria. Caso não consiga contactar o seu médico, contacte a urgência hospitalar mais próxima. Leve consigo os comprimidos e a embalagem para o hospital para que o médico saiba o que foi tomado.

Os sintomas de sobredosagem incluem sensação de mal-estar, escorrer baba, suores, batimentos cardíacos lentos, pressão arterial baixa (flutuação ou tonturas quando está de Pó), problemas em respirar, perda de consciência e ataques epilpticos ou convulsões.

Caso se tenha esquecido de tomar ARICEPT:

Se se esquecer de tomar um comprimido, tome um comprimido no dia seguinte e hora habitual. Não tome uma dose dobrada para compensar a dose esquecida.

Se se esquecer de tomar o medicamento por mais de uma semana, contacte o seu médico antes de retomar a medicação .

Efeitos secundários possíveis

Como todos os medicamentos, ARICEPT pode causar efeitos secundários, no entanto estes não se manifestam em todas as pessoas.

Os efeitos secundários seguintes foram comunicados por pessoas a tomar ARICEPT.

Informe o seu médico se algum destes efeitos ocorrer enquanto tomar ARICEPT.

Efeitos secundários graves:

Informe o seu médico imediatamente se detectar estes efeitos secundários graves mencionados.

Pode necessitar de tratamento médico urgente. Lesão no fígado, por exemplo hepatite. Os sintomas de hepatite são sensação de mal-estar, perda de apetite, sentir-se doente de um modo geral, febre, comicháo, amarelecimento da pele e olhos e urina com coloração escura (afectando provavelmente menos de 1 em 1000) úlceras no estômago ou duodenais. Os sintomas de úlcera são dor no estômago e desconforto (indigestáo) sentido entre o umbigo e o esterno (afectando provavelmente menos de 1 em 100) sangramento no estômago ou intestinos. Isto pode causar fezes negras ou sangue visível do recto (afectando provavelmente menos de 1 em 100) ataques epilpticos ou convulsões (afectando provavelmente menos de 1 em 100).

Efeitos secundários muito frequentes (afectando provavelmente mais de 1 em 10):

diarreia;

sensação de mal-estar;

dor de cabeça.

Efeitos secundários frequentes (afectando provavelmente até 1 em 10):

cãibras musculares;

cansaço;

Dificuldade em dormir (insônia);

Constipação comum;

Perda de apetite;

Alucinações (ver ou ouvir coisas que não existem na realidade);

Agitação;

Comportamento agressivo;

Desmaio;

Tonturas;

Sensação de desconforto no estômago;

Erupção cutânea;

Comicháo;

Incontinncia urinária;

Dor;

Acidentes (os doentes podem estar mais propensos a quedas e lesões acidentais).

Efeitos secundários pouco frequentes (afectando provavelmente menos de 1 em 100):

Batimentos cardíacos lentos;

Efeitos secundários raros (afectando provavelmente menos de 1 em 1000):

Rigidez, tremores ou movimentos incontrolveis, sobretudo na face e lngua mas também dos membros.

Informe seu médico se detectar quaisquer efeitos secundários não mencionados nesta bula enquanto tomar ARICEPT.

COMO CONSERVAR ARICEPT

Não conservar acima de 30ºC. Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Não utilize ARICEPT comprimidos após o prazo de validade impresso no rótulo. O prazo de validade corresponde ao últim dia do mês indicado.

Caso o seu médico diga para parar de tomar este medicamento, Deverá devolver o que não utilizou ao seu farmacêutico.

Outras informações

Qual a composição dos comprimidos de ARICEPT?

A substância ativa é o cloridrato de donepezilo. O comprimido de 5 mg contém 5 de cloridrato de donepezilo e o comprimido de 10 mg contém 10 mg de cloridrato de donepezilo.

Os outros componentes são lactose mono-hidratada, amido de milho, celulose microcristalina,

hidroxipropilcelulose, estearato de magnésio, hipromelose, talco, macrogol e dióxido de titânio (E171).

Adicionalmente, os comprimidos de 10 mg contém xido de ferro amarelo (E172).

Fabricante :

Fabricante : s Pfizer Ltda.

Rua Alexandre Dumas, 1860 - Santo Amaro
São Paulo - SP
(11) 5185-8500

Medicamaentos do mesmo fabricante :

Aricept, Arthrotec, Cardura, Dalacin t, Depo medrol, Depo provera 1000, Detrusitol comprimidos, Detrusitol retard, Diflucan solução, Diflucan, Discotrine, Fasigyn, Feldene gel, Genotropin 53, Genotropin miniquick, Genotropin mixer, Macugen 3, Provera, Sortis, Zeldox solução, Zithromax


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Emagrecimento e Aumento de Massa Muscular