Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Alzen - 25

Bula do medicamento da classe de neurolépticos conhecidos como antipsicóticos atípicos, muito populares nas duas últimas décadas, usados como alternativa aos antipsicóticos típicos, como o haloperidol.

Princípio ativo: Quetiapina

Classe terapêutica: antipsicóticos.

Apresentação:

Alzen-25 apresenta-se sob a forma farmacêutica de comprimidos revestidos por película, e em embalagens de 6, 20, 30, 50, 60 ou 100 comprimidos de 25 mg. Alzen pode também apresentar-se numa embalagem combinada contendo 6 comprimidos de 25 mg e 2 comprimidos de 100 mg, destinada aos primeiros dias de tratamento. Possível que não sejam comercializadas todas as Apresentações.

Indicação:

- Alucinações (por exemplo, vozes inexplicáveis), pensamentos estranhos e assustadores, alterações no seu comportamento e sensação de solidão e confusão.
- Efeitos no seu humor se sentir ?agitado? ou excitado. Pode sentir que necessita de dormir menos que o habitual, está mais falador e possui pensamentos ou ideias rápidas.

Antes de Tomar:

Não tome Alzen se:
- tem alergia (hipersensibilidade) à substância ativa, quetiapina ou a qualquer outro componente de Alzen (ver secção 6: Outras informações).

- está a tomar algum dos seguintes medicamentos:
- alguns medicamentos para a SIDA
- medicamentos do tipo azole (para infecções fúngicas)
- eritromicina ou claritromicina (para infecções)

- nefazodona (para a depressão).

Não tome Alzen se alguma das situações acima descritas se aplica a si. Caso tenha dúvidas, fale com o seu médico ou farmacêutico antes de tomar Alzen.

Tome especial cuidado com Alzen:

Alzen não deve ser tomado por pessoas idosas com demência (perda da função cerebral). Isto porque Alzen pertence a um grupo de medicamentos que pode aumentar o risco de acidente vascular cerebral, ou em alguns casos o risco de morte, em pessoas idosas com demência.

Antes de tomar o seu medicamento, informe o seu médico se:
- Tem, ou se algum da sua família tem problemas cardíacos, por exemplo problemas de ritmo cardíaco.
- Tem pressão arterial baixa.
- Teve um acidente vascular cerebral, especialmente se for idoso.
- Tem problemas de fígado.
- Teve alguma vez um ataque epiléptico (convulsões).
- Tem diabetes ou risco de ter diabetes. Nestes casos, o seu médico poderá monitorizar os seus níveis de açúcar no sangue enquanto estiver a tomar Alzen.
- Sabe que no passado teve níveis baixos de glóbulos brancos no sangue (que pode ter sido originado ou não por outros medicamentos).

Informe o seu médico se teve:
- Temperatura elevada (febre), rigidez muscular, sensação de confusão.
- Movimentos incontroláveis, principalmente da face ou língua.
Estas situações podem ser causadas por este tipo de medicamento.

Ao tomar Alzen com outros medicamentos:
Informe o seu médico ou farmacêutico se está a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, porque podem afetar a forma como o medicamento Atua,incluindo aqueles que comprou sem receita médica e medicamentos base de plantas.

Não tome Alzen se estiver a tomar algum dos seguintes medicamentos:

- Alguns medicamentos para a SIDA.
- Medicamentos do tipo azole (para infecções fúngicas).
- Eritromicina ou claritromicina (para infecções).
- Nefazodona (para a depressão).

Informe o seu médico se estiver a tomar algum dos seguintes medicamentos:

- Medicamentos para a epilepsia (tais como fenitona ou carbamazepina).
- Medicamentos para a pressão arterial elevada.

- barbitúricos (para dificuldade em dormir).
- Tioridazina (outro medicamento antipsicótico).

Fale primeiro com o seu médico, antes de parar de tomar qualquer um dos seus medicamentos.

Ao tomar Alzen com alimentos e bebidas
- Alzen pode ser administrado, com ou sem alimentos.

- Tenha cuidado com a quantidade de álcool que bebe, uma vez que o efeito combinado de Alzen e álcool pode fazer com que se sinta sonolento.
- Não deve beber sumo de toranja enquanto estiver a tomar Alzen, uma vez que pode afetar a forma como o medicamento Atua.

Gravidez e aleitamento:
Se está grávida, planeia engravidar, ou se está a amamentar, fale com o seu médico antes de tomar Alzen. Não deve tomar Alzen durante a gravidez, a não ser que já tenha discutido este assunto com o seu médico. Não deve tomar Alzen se estiver a amamentar.

Condução de veículos e utilização de máquinas:
Os seus comprimidos podem fazê-lo sentir sonolento. Não deve conduzir ou operar máquinas antes de saber como os seus comprimidos o afetam.

Informações importantes sobre alguns componentes de Alzen:
Os comprimidos de Alzen contém lactose na sua composição. Se foi informado pelo seu médico que tem intolerância a alguns açúcares, contate-o antes de tomar este medicamento.

Modo de Usar:

Tome Alzen sempre de acordo com as Indicações do seu médico. Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas. O seu médico decidirá qual a dose inicial e quantos comprimidos de Alzen deve tomar por dia. A dose irá depender da sua doença e das suas necessidades mas ser, geralmente, entre 150 mg e 800 mg.

O seu médico pode iniciar o tratamento com uma dose mais baixa e aumentar a dose lentamente se:
- For idoso, ou
- Tiver problemas de fígado.

- Deve tomar os seus comprimidos duas vezes ao dia.
- Não parta, mastigue ou esmague os comprimidos.
- Engula os seus comprimidos inteiros com água.

- Pode tomar os seus comprimidos com ou sem alimentos.
- Não deve beber sumo de toranja enquanto estiver a tomar Alzen, uma vez que pode afetar a forma como o medicamento Atua.
- Não pare de tomar os seus comprimidos mesmo que se esteja a sentir bem, a não ser que o seu médico o recomende.

Crianças e adolescentes:

Alzen não está recomendado nos indivíduos com idade inferiora 18 anos.

Se tomar mais Alzen do que deveria:
Se tomou mais Alzen do que o que lhe foi prescrito pelo médico, poderá sentir sonolência, tonturas e batimento cardíaco anormal. Contate imediatamente o seu médico ou dirija-se ao hospital mais próximo. Mantenha os comprimidos de Alzenconsigo.

Caso se tenha esquecido de tomar Alzen:
Se se esqueceu de tomar uma dose, tome-a assim que se lembrar. No entanto, se estiver quase na altura de tomar a dose seguinte, ignore a dose esquecida e aguarde até próxima dose. Não tome uma dose dobrada para compensar um comprimido que se esqueceu de tomar.

Se parar de tomar Alzen:
Se parar de tomar Alzen repentinamente, poderá não conseguir dormir (insônias),poderá sentir-se enjoado (náuseas) ou poderá sentir dores de cabeça, diarreia, sentir-se doente (vômitos), tonturas ou irritabilidade. O seu médico poderá sugerir que reduza a dose gradualmente antes de interromper o tratamento.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico ou farmacêutico.

Efeitos secundários possíveis

Como todos os medicamentos, Alzen pode causar efeitos secundários, no entanto estes não se manifestam em todas as pessoas. Se algum dos efeitos secundários se agravar ouse detectar quaisquer efeitos secundários não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Muito frequentes (afetam. mais de 1 doente em cada 10):
Tonturas, dores de cabeça, boca seca.
Sensação de sonolência (que pode poderá desaparecer ao longo do tempo durante o tratamento com Alzen).
Sintomas de descontinuação (sintomas que ocorrem quando Póra de tomar Alzen),incluindo não conseguir dormir (insônia), sentir-se enjoado (náuseas), dores de cabeça,

diarreia, sentir-se doente (vômitos), tonturas e irritabilidade. Os sintomas normalmente desaparecem uma semana depois da sua última dose.

Frequentes (afetam. 1 a 10 doentes em cada 100):
Batimento cardíaco rápido.
Nariz entupido. Prisão de ventre, mal-estar de estômago (indigestão).
Sensação de fraqueza, desmaio.
Inchaço dos braços e pernas.
Aumento de peso, principalmente nas primeiras semanas de tratamento.
Pressão arterial baixa quando se está de Pó, o que poderá causar tonturas ou desmaio.
níveis de açúcar no sangue aumentados.

Pouco frequentes (afetam. 1 a 10 doentes em cada 1.000):
Convulsões ou ataque epiléptico
reações alérgicas que podem incluir protuberâncias, inchaço da pele e volta da boca.
Sensações desagradáveis nas pernas ( também conhecido por síndrome das pernas irrequietas)

Raros (afetam. 1 a 10 doentes em cada 10.000):
Temperatura elevada (febre), úlceras prolongadas da garganta ou boca, respiração rápida, sudação, rigidez muscular, muita sonolência ou desmaio.
Ereção prolongada e dolorosa (priapismo)
Coloração amarela da pele e dos olhos (icterícia).

Muito raros (afetam. menos de 1 doente em cada 10.000):
- Agravamento de diabetes pré-existente.
- Movimentos incontroláveis, principalmente da face ou língua.
- Inflamação do fígado (hepatite).
- Exantema grave, vesículas ou manchas vermelhas na pele.
- Uma reação alérgica grave (designada por anafilaxia) que pode causar dificuldade em respirar ou choque.
- Inchaço rápido. da pele, geralmente volta dos olhos, lábios e garganta (angioedema).

A classe de medicamentos qual pertence o Alzen pode causar problemas de ritmo cardíaco, que podem ser graves e em casos graves podem ser fatais.

Pode ter movimentos musculares anormais, incluindo dificuldade em iniciar movimentos musculares, tremor, agitação e rigidez muscular sem dor. Contate o seu médico se tiver algum destes sintomas.

Alguns efeitos secundários s podem ser detectados através de análises ao sangue,incluindo aumento dos níveis de alguns lípidos (triglicéridos e colesterol total) ou açucar no sangue e diminuição na contagem de algumas células sanguíneas.
Ocasionalmente, o seu médico pode pedir-lhe que faça análises ao sangue.

Conservação:

Manter fora do alcance e da vista das crianças.
Não utilize Alzen após o prazo de validade impresso na embalagem exterior após VAL.
O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.
Não conservar acima de 30ºC.
Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico.
Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já não necessita.
Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.

Outras informações :

Qual a composição de Alzen
A substância ativa é a quetiapina. Cada comprimido contém 25 mg ou 100 mg de quetiapina (como fumarato de quetiapina).

Os outros componentes são: hipromelose, povidona, hidrogeno fosfato de cálcio,amidoglicolato de sódio, celulose microcristalina, macrogol, lactose monoidratada,estearato de magnésio, dióxido de titânio (E171), óxido de ferro amarelo (E172)
(comprimidos de 25 mg e 100 mg), óxido de ferro vermelho (E172) (comprimidos de
25 mg).

Fabricante:

Zeneca Farmacêutica do Brasil Ltda.
Rod. Raposo Tavares, Km 26,9 - Cotia - SP - CEP 06707-000
CNPJ 60.318.797/0001-00
Cotia - SP - CEP 06707-000
SAC: 0800-0145578

Medicamentos do mesmo fabricante:

Accolate, Alzen 25 Quetiapina, Alzen 150 Quetiapina, Alzen 300 Quetiapina, Alzen Quetiapina, Arimidex, Budecort Aqua, Casodex, Diprivan, eEmla Creme, Emla Penso, Foscavir, Lidopass, LPisinopril, Meronem IM, Meronem IV, Mysoline, Nexium-20, Nexium, Nolvadex, Omeprazol, Propofol, Pulmicort Inalado, Pulmicort, Xylocaina Pomada, Zestoretic, Zestril, Zoladex.

Advertências:

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos:

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma:

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.