Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Aerojet

Bula do Fármaco da categoria dos bromcodilatadores, indicado em casos de prevenção dos broncoespasmos diurnos e noturnos.

Princípio ativo : salbutamol

Classe Terapêutica: broncodilatador

Medicamento de Referência: Salbutamol comprimidos e xarope.

Apresentação :

Spray: Recipiente doseador com bocal para 200 erogações. Cada erogação contém 100 mcg da salbutamol.

Comprimidos: Cada comprimido contém 2 a 4 mg de salbutamol. Caixas com 20 comprimidos.

Xarope: Cada 5 ml contém 2 mg de salbutamol. Vidros com 100 ml.

Indicação : No controle e prevenção dos broncoespasmos diurno e noturno. O produto é essencialmente utilizado como broncodilatador.

Modo de Usar :

AEROJET Spray:

Adultos: Uma a duas erogações em dose única.

Caso necessário, repetir a cada 4 horas.

Manutenção ou profilaxia: 2 erogações 3 a 4 vazes ao dia.

Crianças: Uma erogação. Caso necessário, repetir a cada 4 horas.

Manutenção e profilaxia: 1 erogação, 3 a 4 vezes ao dia.

AEROJET Comprimidos e Xarope:

Adultos: 2 a 4 mg, 3 a 4 vezes ao dia.

Crianças: 1 a 2 mg, 3 e 4 vezes ao dia.

Características farmacológicas:

O salbutamol, princípio ativo do Aerojet®, exerce ação farmacológica seletiva sobre os receptores beta 2, proporcionando broncodilatação. Por outro lado, não causa os habituais efeitos cardiovasculares indesejáveis comuns a outros brocodilatadores.
Como o salbutamol possui ação seletiva sobre os brônquios sem influir no aparelho cardiovascular, praticamente não apresenta limitações de uso para cardiopatas e hipertensos.
O salbutamol é metabolizado no fígado e excretado pela urina, sob forma de um metabólito inativo.
Embora o salbutamol sob outras formas farmacêuticas seja utilizado como inibidor do trabalho de parto prematuro, a forma aerossol só é indicada como broncodilatador.

Superdosagem:

Em casos de superdosagem com Aerojet® deve ser utilizado um beta-bloqueador cárdio-seletivo com a cautela necessária em pacientes com broncoespasmo.
Nos estudos clínicos não foram ainda estabelecidos os limites e o significado clínico de interações medicamentosas com outras substâncias.

Posologia:

Adultos: Uma a duas inalações em dose única ou, se necessário, a cada quatro horas para o alívio das crises de asma ou de broncoespasmo. Para o tratamento de manutenção ou profilaxia 2 inalações 3 a 4 vezes ao dia.
Crianças: Visto que a utilização de medicamentos sob a forma de aerossol apresenta certas dificuldades de natureza aerodinâmica, como a retenção da respiração após expiração completa e inspiração profunda, tornam-se necessários certos cuidados com pacientes de tenra idade.

Reações adversas / Efeitos colaterais:

Ocasionalmente podem ocorrer náusea e cefaléia após a utilização do salbutamol aerossol ou por via oral. Em raros casos foi descrito o aparecimento de taquicardia e discreto tremor passageiro nas mãos. Este último efeito, observado após a administração oral, foi mais acentuado com doses de 4 a 5 mg do que após a ingestão de 2mg.
Não foram relatados efeitos colaterais significativos associados ao tratamento com o Aerojet®nas doses indicadas.


Fabricante :

FARMALAB Indústrias Químicas e Farmacêuticas Ltda.
Uma empresa do Grupo Chiesi Farmaceutici S.p.A.
Rua Dr. Giacomo Chiesi, nº 151 – Estrada dos Romeiros Km 39,2
Santana de Parnaíba – SP
CNPJ n° 61.363.032/0001-46 - ® Marca Registrada – Indústria Brasileira
Reg. MS nº 1.0058.0047 – Farmacêutica Responsável: C.M.H. Nakazaki - CRF-SP nº 12.448
SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor): 0800-114525 .

Armazenagem:

O medicamente deve ser conservado em temperatura ambiente ( 15ºC a 30°C).

Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.