Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Advantan Loção - Bula

Bula do fármaco, anti-inflamatório, na forma de loção, indicado no tratamento de dermatite atópica, e outras doenças dermatológicas.

Princípio ativo : aceponato de metilprednisolona.

Classe Terapêutica: anti-inflamatórios.

Apresentação : Cartucho contendo bisnaga com 20 g (50 g).

Fórmula :

Cada g de loção contém 1 mg (0,1%) de aceponato de metilprednisolona.
Excipientes: triglicerídeos de cadeia mista, triglicerídeos esteárico-mirístico-cáprico-caprílico, álcool polioxietileno-2-estearílico, álcool polioxietileno-21-estearílico, álcool benzílico, edetato dissódico, glicerol e água purificada.

Indicação :

Advantan (aceponato de metilprednisolona) contém um corticosteroide para utilização tópica no tratamento de doenças dermatológicas. Converse com o seu médico para obter maiores esclarecimentos sobre o produto e sua utilização.

Gravidez e lactação:

A utilização do produto deve ser cuidadosamente avaliada pelo médico durante gravidez e amamentação.

Deve-se evitar, principalmente, aplicações sobre a areas extensas e tratamentos prolongados.

Informe seu médico sobre a Ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após seu término.

Informe ao médico se está amamentando.

Cuidados de Administração:

Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Advantan (aceponato de metilprednisolona) destina-se apenas ao uso externo.

Evite o contato com os olhos quando o produto for aplicado no rosto.

Salvo recomendação médica em contrário, aplique uma camada fina de Advantan (aceponato de metilprednisolona) loção, uma vez ao dia nas regiões afetadas, friccionando levemente. Em eritema solar, aplique uma ou, no máximo, duas vezes ao dia.

De modo geral, a duração do tratamento com Advantan (aceponato de metilprednisolona) não deve exceder um período de 2 semanas. Utilize o produto somente durante o período necessário.

Interrupção do tratamento:

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Reações adversas:

Informe seu médico sobre o aparecimento de reações desagradáveis com o uso do produto.

Em casos isolados, podem ocorrer sintomas locais concomitantes como coceira, ardor, vermelhidão, ressecamento da pele ou formação de vesículas no local da aplicação.

De modo semelhante ao que ocorre com outros corticosteroides de uso tópico, -podem ocorrer, em casos raros, inflamação dos folículos pilosos, descoloração da pele e reações cutâneas alérgicas a quaisquer componentes da formulação.

Ingestão concomitante com outras substâncias:

Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do -início ou durante o tratamento.

Contra indicações:

A aplicação do produto é contra indicada na presença de processos tuberculosos ou sifilíticos na região a ser tratada, doenças causadas por vírus (por exemplo, varicela, herpes zoster), rosácea, dermatite perioral e reações cutâneas pós-vacinação na região a ser tratada.

A aplicação do produto é contra indicada em crianças com idade inferior a 4 -meses devido a falta de dados clínicos. A utilização em crianças pequenas, com -mais de 4 meses de idade, ficará a critério médico.

Hipersensibilidade ao princípio ativo ou a qualquer um dos componentes do produto.

Precauções:

O uso de terapia específica adicional é necessário no caso de doenças cutâneas -infeccionadas por bactérias e/ou por fungos.

Em caso de ressecamento excessivo da pele durante o uso do produto, consulte seu médico.

Se o produto for utilizado na face, deve-se ter cuidado para que não entre em contato com os olhos.

Advantan- (aceponato de metilprednisolona) não deve ser utilizado sob curativos oclusivos. Deve-se ter cuidado com a utilização de fraldas porque elas podem ter efeito oclusivo.

A aplicação tópica de corticosteroides em grandes superfícies do corpo ou durante períodos prolongados, em particular sob oclusão, aumenta significativamente o risco de reações adversas.

Pode ocorrer glaucoma em usuários de corticosteroides tópicos, por exemplo após administração de doses elevadas ou em áreas extensas por período -prolongado, uso de bandagem oclusiva ou aplicação sobre a pele ao redor dos olhos.

Informações técnicas:

Características:

Farmacodinâmica

Após aplicação tópica, Advantan (aceponato de metilprednisolona) reduz reações cutâneas alérgicas e inflamatórias, bem como reações associadas à hiperproliferação, proporcionando regressão dos sintomas objetivos (eritema, edema e exsudação) e subjetivos (prurido, ardor e dor).

Assim como para todos os outros glicocorticoides, o mecanismo de ação do aceponato de metilprednisolona, até o momento, não está completamente esclarecido. Sabe-se que o aceponato de metilprednisolona liga-se ao receptor intracelular de glicocorticoide do mesmo modo que seu principal metabólito, 17-propionato de 6-metilprednisolona, o qual é formado após clivagem do éster na pele.

O complexo receptor-esteroide liga-se a determinadas regiões do DNA, promovendo, assim, uma série de efeitos biológicos.

O mecanismo da ação anti-inflamatória é melhor entendido: a ligação do complexo receptor esteroide induz a síntese de macrocortina, a qual inibe a liberação do ácido araquidônico e, consequentemente, a formação de mediadores da inflamação, tais como prostaglandinas e leucotrienos.

A ação imunossupressora dos glicocorticóides pode ser explicada pela inibição da síntese de citocina e um efeito antimitótico que, por enquanto, não está completamente esclarecido.

A inibição da síntese de prostaglandinas vasodilatadoras ou a potencialização do efeito vasoconstritor da adrenalina resulta, finalmente, na atividade vasoconstritora dos glicocorticóides.

Farmacocinética

Após aplicação de Advantan loção, o aceponato de metilprednisolona torna-se disponível na pele. A concentração da substância no estrato córneo e nas demais camadas cutâneas diminui de acordo com a profundidade da pele.

O aceponato de metilprednisolona é hidrolisado na epiderme e derme, produzindo seu principal metabólito, 17-propionato de 6-metilprednisolona, o qual se liga mais firmemente ao receptor de corticosteróide, indicando a Ocorrência de uma bioativação na pele.

O grau e a extensão da absorção percutânea de um corticosteróide tópico depende de uma série de fatores: estrutura química do composto, composição da base utilizada na formulação, concentração da substância na formulação, condições de exposição (área de aplicação, duração da exposição, aplicação aberta ou oclusiva) e condições da pele (tipo e gravidade da patologia, local de aplicação, etc.).

Para investigação da absorção percutânea do aceponato de metilprednisolona a partir da formulação loção, a condição da pele foi alterada artificialmente.

Comparou-se pele íntegra com pele artificialmente inflamada (eritema produzido por UV-B) e lesão artificial da pele (remoção de estrato córneo). A extensão da absorção através da pele inflamada artificialmente foi muito baixa (0,27% da dose) sendo apenas levemente mais elevada que a absorção através da peleíntegra (0,17% da dose).

A absorção percutânea do aceponato de metilprednisolona através da pele previamente lesada por escoriação resultou em valores distintamente mais elevados (15% da dose). Baseado nestes dados, a carga sistêmica após tratamento de corpo inteiro (por exemplo, em eritema solar) poderia alcançar aproximadamente 4 mcg de equivalente de aceponato de metilprednisolona por kg de peso corporal por dia, o que excluiria um efeito sistêmico do corticosteróide.

Após atingir a circulação sistêmica, o principal produto da hidrólise do aceponato de metilprednisolona, 17-propionato de 6-metilprednisolona, é rapidamente conjugado com ácido glicurônico e, assim, inativado.

Os metabólitos do aceponato de metilprednisolona (o principal metabólito é 21-glicuronídeo-17-propionato de 6-metilprednisolona) são eliminados primariamente por via renal, com tempo de meia-vida de aproximadamente 16 horas. Após Administração intravenosa, a excreção de substâncias marcadas com 14C pela urina e fezes foi completada em 7 dias. Não há acúmulo da substância ou de seus metabólitos no corpo.

Indicações:

Eczema exógeno agudo (dermatite de contato alérgica, eczema degenerativo tóxico, eczema seborréico, eczema numular (microbiano), eczema disidrótico, eczema de estase, eczema vulgar) e dermatite atópica (eczema endógeno, neurodermatite), eritema solar.

Contra-indicações:

Presença de processos tuberculosos ou sifilíticos na região a ser tratada, doenças virais (por exemplo, varicela e herpes zoster), rosácea, dermatite perioral e reações cutâneas pós-vacinação na região a ser tratada.

A aplicação do produto é contra-indicada em crianças com idade inferior a 4 meses, devido à ausência de dados clínicos nesta faixa etária. A utilização em crianças pequenas, com mais de 4 meses de idade, deve ser precedida de cuidadosa avaliação do risco/benefício.

Advantan (aceponato de metilprednisolona) loção não deve ser usado em casos de hipersensibilidade a qualquer um dos componentes do produto.

Precauções e advertências:

Em patologias cutâneas infectadas por bactérias e/ou fungos é necessário tratamento específico adicional.

Se ocorrer ressecamento cutâneo excessivo com o uso da loção, deve-se fazer a substituição por outra formulação mais oleosa do produto (pomada ou unguento).

Deve-se evitar que o produto entre em contato com os olhos.

Durante o uso de Advantan (aceponato de metilprednisolona) loção em superfícies cutâneas extensas (40 - 60% da superfície corporal) ou mesmo em tratamentos oclusivos, não foi observada diminuição na função adrenocortical em adultos ou crianças. Mesmo assim, Advantan (aceponato de metilprednisolona) loção não deve ser utilizado sob condição de oclusão. Observar que o uso de fraldas pode representar condição oclusiva.

A aplicação tópica de corticosteróides em grandes superfícies do corpo ou durante períodos prolongados, em particular sob oclusão, aumenta significativamente o risco de reações adversas.

A exemplo do que ocorre com os corticosteróides sistêmicos, também se pode verificar a ocorrência de glaucoma em usuários de corticosteróides tópicos (por exemplo, após Administração de doses elevadas ou em áreas extensas por período prolongado, uso de técnica oclusiva ou aplicação sobre a pele ao redor dos olhos).

Gravidez e lactação

Estudos clínicos com glicocorticóides, realizados em animais, demonstraram toxicidade reprodutiva.

Estudos epidemiológicos sugerem que poderia haver aumento do risco de fissuras labiais em recém nascidos de mulheres que foram tratadas com glicocorticóides sistêmicos durante o primeiro trimestre de gravidez.

Fissuras labiais são alterações raras e, se for considerado que os glicocorticóides sistêmicos são teratogênicos, eles podem ser responsáveis pelo aumento de um ou dois casos/1.000 mulheres tratadas durante a gravidez.

Os dados sobre o uso tópico de glicocorticóides durante a gravidez são insuficientes, no entanto, pode-se esperar baixo risco uma vez que a disponibilidade sistêmica do glicocorticóide aplicado topicamente é muito baixa.

Como regra geral, as preparações tópicas contendo corticóides não devem ser aplicadas durante o primeiro trimestre de gravidez. A indicação clínica para o tratamento com Advantan (aceponato de metilprednisolona) deve ser cuidadosamente avaliada considerando-se os riscos/benefícios para a gestante ou a lactante. Particularmente, deve-se evitar o uso por período
prolongado ou em área extensa.

Não se deve aplicar o produto sobre as mamas em mulheres lactantes.

Interações Medicamentosas:

Não são conhecidas até o momento.

Reações adversas:

Em casos isolados, podem ocorrer sintomas locais concomitantes como prurido, ardor, eritema, ressecamento da pele, descamação ou formação de vesículas durante o tratamento com

Como ocorre com outros corticóides para aplicação tópica, em casos raros, podem ocorrer as seguintes reações adversas: foliculite, descoloração da pele e reações alérgicas cutâneas a qualquer um dos componentes do produto.

Modo de usar :

Aplicar uma camada fina de Advantan (aceponato de metilprednisolona) loção uma vez ao dia nas regiões afetadas, friccionando levemente. Em eritema solar, aplicar uma ou, no máximo, duas vezes ao dia. Advantan (aceponato de metilprednisolona) loção deve ser usado somente pelo período necessário.

De modo geral, a duração do tratamento não deve exceder 2 semanas.

Superdosagem:

Os resultados dos estudos de toxicidade aguda com aceponato de metilprednisolona não indicaram qualquer risco de intoxicação aguda após umaúnica aplicação tópica de uma superdose (aplicação sobre uma área extensa sob condições favoráveis de absorção) ou ingestão oral inadvertida.

Pacientes idosos:

Não há recomendação especial para pacientes idosos.

Venda sob prescrição médica

MS ­ 1.6204.0002
Farm. Resp.: Gisélle Bunn CRF-SP nº 30864
CRF-SP nº 30864
Lote, data de fabricação e validade: vide cartucho.

Fabricante :

Intendis do Brasil Farmacêutica Ltda.

Rua Portugal, 400, Galpão 2A, Itaqui, Itapevi - São Paulo,
Telefones: (11)21652600 / (11)21652601

SAC: 0800 724 4444


Medicamentos do mesmo fabricante :

Advantan Creme, Advantan Emulusao, Advantan Loção, Advantan, Azelan Creme, Azelan Gel, Berlison.

Cuidados de armazenamento:

O medicamento deve ser mantido em temperatura ambiente (entre 15°C e 30°C).

Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.