Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Adalat CR 60 - bula

Bula do Fármaco bloqueador dos canais de cálcio utilizado como hipotensor, vasodilatador e tocolítico. Indicado na hipertensão, angina de peito estável e na prevenção de parto prematuro.

Princípio ativo : nifedipina

Classe Terapêutica: bloqueador dos canais de cálcio

Apresentação :

Adalat CR 60 apresenta-se na forma de comprimidos de libertação prolongada.

Cada comprimido de libertação prolongada de Adalat CR 60 contém 60 mg da substância ativa nifedipina.

Encontra-se disponível em embalagens de 28 comprimidos de libertação prolongada

Adalat CR 60 contém a substância ativa nifedipina. A nifedipina pertence a um grupo de substâncias conhecidas como bloqueadores da entrada do cálcio cuja propriedade mais importante é a dilatação dos vasos sanguíneos. Desta forma a nifedipina diminui a resistência passagem de sangue, reduzindo a pressão arterial na hipertensão.

Foi demonstrado que a hipertensão arterial aumenta o risco de complicações cardio e cerebrovasculares que podem provocar morte.

O tratamento da hipertensão diminui o risco destas complicações.

A dilatação dos vasos sanguíneos provocada pela nifedipina permite também que maior quantidade de sangue chegue ao coração e nas extremidades, evitando assim a dor característica da angina de peito.

Os comprimidos de Adalat CR 60 permitem uma libertação contínua de nifedipina; obtém-se assim uma ação duradoura, por 24 horas, sendo suficiente um único comprimido por dia o que é mais vantajoso e cômodo.

Indicação :

Ao tratamento da doença coronária angina de peito crônica estável (angina de esforço).

Ao tratamento da hipertensão.

Antes de tomar - Não tome Adalat CR 60:

Se apresenta as situações abaixo descritas não deve utilizar Adalat CR 60:

Se for alérgico nifedipina ou a qualquer dos outros ingredientes de Adalat CR 60.

Consulte também o capítulo que qual a composição de Adalat CR 60.

Se não tem a certeza de já ter tido qualquer alergia devido à nifedipina, consulte o seu médico.

Se estiver grávida ou a amamentar.

Em caso de choque cardiogênico.

Se estiver a tomar algum medicamento contendo o antibiótico rifampicina.

Se pensa que um destes casos se aplica a si, informe o seu médico antes de tomar Adalat CR 60.

Tome especial cuidado com Adalat CR 60:

Em certos casos haver que tomar determinadas precauções antes de tomar Adalat CR 60, pelo que deverá informar o seu médico se acha que alguma das situações a seguir indicadas se aplica a si:

Se habitualmente sofre de pressão arterial muito baixa, de mau funcionamento do coração (insuficiência cardíaca) ou de uma situação conhecida como estenose ártica grave (estreitamento da aorta).

Se sofre de aperto grave do intestino pois podem ocorrer sintomas de obstrução (podendo em casos muito raros exigir intervenção cirúrgica), dado o tipo dos comprimidos de Adalat CR.

Se portador de bolsa de Kock (necessária após algumas operações ao abdômen).

Se sofre de alguma doença de fígado, pois nestes casos poderá ser necessário reduzir a dose do medicamento.

Em alguns exames radiológicos (contraste por brio) o facto de o doente estar a tomar Adalat CR 60 pode provocar uma interpretação errada do exame.

Necessário precaução, no caso de mulheres grávidas, quando a Nifedipina é administrada com sulfato de magnésio i.v.

Um comprimido de Adalat CR 60 contém 48 mg de sódio, que na dose máxima diária (120 mg) poderá resultar numa ingestão de 96 mg de sódio. Este facto Deverá ser tido em consideração em doentes com dieta restrita em sódio.

Interação Medicamentosa:

Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver tomando ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos sem receita médica.

Seguidamente são mencionadas algumas substâncias cujo efeito pode ser alterado se tomadas com Adalat CR 60 ou que podem influenciar o efeito de Adalat CR 60:

Outros medicamentos para o tratamento da pressão arterial elevada elevada (diuréticos, bloqueadores beta, IECAS, antagonistas A1, bloqueadores da entrada do cálcio, agentes bloqueadores a adrenérgicos, inibidores PDE5 e a-metildopa): podem aumentar o efeito de Adalat CR 60.

Medicamentos conhecidos como betabloqueadores usados no caso de hipertensão arterial e em certas doenças do coração: podem provocar descida muito acentuada depressão arterial ou agravar o mau funcionamento do coração.

Digoxina (usada para tratar doenças do coração): aumento dos efeitos da digoxina, pelo que se recomenda controlo do doente.

Quinidina (usada para tratamento das alterações do ritmo cardíaco): poderá ser necessário um ajustamento da dose de quinidina ao iniciar ou ao terminar o tratamento com Adalat CR 60.

Quinupristin/dalfopristin (antibióticos): aumentam o efeito da nifedipina, recomenda-se controlo da pressão arterial.

Cimetidina (usada no tratamento de úlceras do estômago ou intestinais): aumenta o efeito da nifedipina.

Rifampicina um antibiótico: não se pode utilizar em conjunto com nifedipina pois reduz o efeito da nifedipina (ver secção Não tome Adalat CR 60).

Diltiazem (usado no tratamento de certas doenças cardiovasculares): recomenda-se precaução na utilização em conjunto com nifedipina.

Fenitona (usada no tratamento de convulsões): reduz a eficácia da nifedipina pelo que se recomenda controlo do doente.

Cisaprida (usado no tratamento de certas doenças do estômago e intestinos): pode aumentar o efeito da nifedipina; recomenda-se controlo da pressão arterial.

O seu médico dispõe ainda de informação sobre outros medicamentos que também poderão interferir com a nifedipina. Informe o seu médico caso esteja a tomar medicamentos contendo:

Eritromicina (antibiótico);

Fluoxetina e nefazodona (antidepressivos);

Amprenavir, Indinavir, nelfinavir, ritonavir e saquinavir (antivirais usados no tratamento da sida);

Cetoconazol, itraconazol e fluconazol (antifúngicos);
Tacrolimus (usado em doentes transplantados);

Carbamazepina, fenobarbital e ácido valproico (antiepilépticos).

Tomar Adalat CR 60 com alimentos ou bebidas:

Deve também evitar beber sumo de toranja enquanto estiver a tomar Adalat CR 60, pois poderá verificar-se uma maior descida da pressão arterial. Após a ingestão regular de sumo de toranja, o efeito na descida da pressão arterial pode durar pelo menos 3 dias após a última ingestão.

A ingestão de bebidas alcoólicas com Adalat CR 60 poderá em alguns doentes acentuar reações (fadiga, tonturas) que alteram a capacidade de condução de veículos ou a utilização de máquinas (ver mais abaixo Condução de veículos e utilização de máquinas).

Gravidez e aleitamento:s

Se estiver grávida ou a amamentar consulte o seu médico antes de utilizar qualquer medicamento.

Adalat CR 60 não deve ser utilizado durante na gravidez antes da semana 20 e no período de aleitamento.

Se o médico receitar Adalat CR 60 durante o período de aleitamento, recomenda-se a interrupção prévia do aleitamento, uma vez que a nifedipina passa para o leite materno.

Nota: em casos raros de fertilização artificial em que os homens não conseguem repetidamente alcançar a fertilização e em que não se encontra outra explicação para este facto, pode considerar-se que o grupo de substâncias ao qual pertence a nifedipina são uma causa possível.

Crianças e idosos

Adalat CR 60 não deve ser dado a crianças ou adolescentes, mas pode ser dado apessoas idosas.

Condução de veículos e utilização de máquinas.

O medicamento pode provocar reações (fadiga, tonturas) que podem alterar a capacidade de condução ou o trabalho com máquinas.

Tais efeitos poderão ser mais acentuados no incio do tratamento, por mudança da medicação ou quando se verifica consumo de bebidas alcoólicas

Como tomar

Tome Adalat CR sempre de acordo com as Indicações do médico; não altere a dose nem a duração do tratamento.

Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.

Geralmente o médico receita 1 comprimido de Adalat CR 60 por dia.

Os comprimidos devem ser engolidos, sem mastigar, com um pouco de líquido, independentemente das refeições.

Os comprimidos não devem ser mastigados nem partidos!

Não tome mais comprimidos do que aqueles que o médico receitou.

Fale com o seu médico se tiver a impressão que Adalat CR 60 é demasiado forte ou demasiado fraco.

Duração do tratamento

Adalat CR 60 destina-se a tratamentos prolongados. O seu médico dir-lhe exatamente durante quanto tempo Deverá tomar Adalat CR 60.

Nota importante: as características técnicas dos comprimidos de Adalat CR 60 permitem uma libertação lenta da substância ativa no organismo que garante uma ação ao longo das 24 horas. Uma vez concluído este processo, o comprimido vazio eliminado pelo organismo, podendo ser detectado nas fezes.

Não interrompa o tratamento por iniciativa própria.

Caso se tenha esquecido de tomar Adalat CR 60

Não tome uma dose dobrada para compensar um comprimido que se esqueceu de tomar. Deverá aguardar até ao momento da próxima toma e continuar normalmente o tratamento.

Medidas a tomar em caso de sobredosagem (dose em excesso)

No caso de uma sobredosagem contate o seu médico ou o hospital mais próximo. Se possível leve a embalagem com os comprimidos ao seu médico ou hospital. poderá também consultar o Centro Antivenenos (Tel. 808 250 143).

Se tomou mais que a dose prescrita ou no caso de uma dose excessiva (intoxicação ) poderão ocorrer os seguintes sintomas: perturbações da consciência que podem atingir o coma, descida muito acentuada da pressão arterial, perturbações do ritmo cardíaco, hiperglicemia (aumento de açúcar no sangue), acidose metabólica, hipoxia (diminuição do oxigênio no sangue), choque cardiogênico. com edema pulmonar.

O tratamento feito em meio hospitalar.

Efeitos secundários

Como todos os medicamentos Adalat CR 60 pode causar efeitos secundários, no entanto estes não se manifestam em todas as pessoas.

Indicam-se seguidamente os efeitos indesejáveis que podem surgir com Adalat CR 60, agrupados por ordem decrescente, segundo a sua frequência:

Efeitos frequentes:

Dores de cabeça, edema, dilatação dos vasos, prisão de ventre e sensação de mal estar geral.

Efeitos pouco frequentes:

Reação alérgica e inchaço alérgico/angioedema (reação alérgica com inchaço nos olhos, língua e garganta podendo dificultar a respiração); alterações do sono,ansiedade; vertigens, enxaqueca; tonturas, tremores; alterações visuais; aumento das pulsações do coração, palpitações; descida da pressão arterial, desmaio; sangramento do nariz, nariz entupido; dores gastrointestinais e no ventre, enjoos, dificuldades na digestão, gases intestinais, secura na boca; aumento transitório das enzimas do fígado; aparecimento de lesões ou vermelhidão da pele; cãibras musculares, inchaço das articulações; aumento da vontade de urinar, diminuição da vontade de urinar; disfunção erétil; dores não específicas e arrepios.

Efeitos raros:

Comichão, urticária, reações cutâneas; diminuição da sensibilidade do tacto; alterações e inflamação das gengivas.

Reação alérgica, arrepios, inchaço da cara, febre.

Efeitos muito raros:

Reação alérgica grave com manifestações na pele e dificuldades respiratórias.

Ezoar (cálculos intestinais), dificuldade em respirar, dificuldade em engolir, obstrução intestinal e úlcera intestinal.

Alguns destes efeitos são de natureza passageira e desaparecem gradualmente com a continuação do tratamento.

Outras informações:

Os outros componentes são: hidroxipropilmetilcelulose, óxido de polietileno, estearato de magnésio, cloreto de sódio, óxido vermelho de ferro, acetato de celulose, polietilenoglicol 3350, hidroxipropilcelulose, propilenoglicol e dióxido de titânio.

Fabricante :

Centrofarma Indústria e Comércio de Produtos farmacêuticos Unipessoal Ltda.
Rua Quinta do Pinheiro, n. 5.
2794-003 Carnaxide - Portugal

Situa-se na freguesia de Carnaxide, concelho de Oeiras, distrito de Lisboa. Código de freguesia: 111003

Telefone: 214 164 200 Fax: 214 164 297

Medicamentos dos mesmos fabricantes :

Adalat CR, Glucobay.


Modo de Conservar :

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Os comprimidos devem ser conservados na embalagem original, dentro do blister.

Verifique sempre o prazo de validade dos medicamentos inscrito na embalagem. Não use Adalat CR 60 depois de passado o prazo de validade (indicado na embalagem e no blister com VAL.).

A substância ativa de Adalat CR 60 sensível luz, encontrando-se devidamente protegida da luz dentro e fora da embalagem. Os comprimidos devem ser protegidos da humidade pelo que só deverão ser retirados do blister imediatamente antes da sua administração.

Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.